NOTÍCIAS

Jovem Senador 17:06, 5 out 2017 Senado tem 27 novos "jovens senadores"

Foto:


O Senado divulgou hoje, 4 de outubro, o resultado do 10º Concurso de Redação do Senado Federal com o tema “Brasil plural: para falar de intolerância”. Os 27 alunos selecionados, um de cada unidade da Federação, atuarão como jovens senadores em Brasília, no próximo mês de novembro.

A comissão julgadora do Jovem Senador 2017 se reuniu na manhã desta quarta-feira (4/10), no Senado Federal, e escolheu os três melhores textos do país. Nesta edição, foram apresentadas ao projeto 153.955 redações em todo o país, um aumento de 35% em comparação com a Edição de 2016. A lista dos 27 jovens senadores vencedores está disponível no site www.senado.leg.br/jovemsenador.

O grupo foi composto por um representante do Ministério da Educação - MEC, Vanessa Cristini da Silva Matos, um do Conselho Nacional dos Secretários de Educação – Consed, Kelly Cristina de Almeida Moreira e pelos servidores do Senado Federal: Dario Alberto de Andrade Filho, pela Consultoria Legislativa; Ana Carolina Dias Sarres de Fernández Y Alcázar, da Secretaria-Geral da Mesa; Daniel Pandino Werneck, pela Secretaria de Comunicação Social.

Jovens Senadores de 2017:

O primeiro lugar ficou com a aluna Bruna Neri Cardoso Brandão, do Colégio Militar Dom Pedro II, de Brasília, Distrito Federal, com a redação “Intolerância: barreira para a igualdade de gênero”.

Venceu em segundo lugar o aluno Silmark de Araújo Alencar, da cidade de Dom Pedro, no Maranhão, Centro de Ensino Ana Isabel Tavares, com a redação “Brasil: intolerância miscigenada”.

O terceiro lugar na etapa nacional ficou com a aluna Raissa de Souza Reis, da Escola Estadual Ernesto Pena Fort, de Manaus, Amazonas, com a redação “Brasil: superar a intolerância para seguir em frente”.

Em 2017, o Jovem Senador mobilizou mais de 323.755 mil alunos matriculados no ensino médio de escolas públicas estaduais em todo o país, com até 19 anos, um aumento de 14% em relação à edição anterior. Os professores orientadores das redações selecionadas serão premiados com uma viagem a Brasília e acompanharão seus alunos, participando de uma programação específica na capital, incluindo um curso de formação. Ao todo, o Jovem Senador contou diretamente com o apoio de 10.033 professores orientadores, um crescimento de 53% em relação à Edição de 2016. O Projeto atingiu, ainda, a marca de mais de um milhão de alunos mobilizados, totalizando 1.240.597 alunos desde sua primeira edição em 2011.

Os primeiros colocados nacionais foram escolhidos num universo de 27 redações, uma por unidade da Federação. Os textos passaram por duas seleções: uma na escola e outra na Secretaria de Educação do Estado e do Distrito Federal. A lista de todos os alunos classificados em segundo e terceiro lugares nos Estados e no DF também está disponível no site www.senado.leg.br/jovemsenador.

Os jovens senadores estarão em Brasília de 27/11 a 02/12 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

SERVIÇO

10º Concurso de Redação do Senado Federal e 7º Projeto Jovem Senador

JOVENS SENADORES DE 2017:

UF

Nome

Redação

Escola

Professor

Cidade

AC

Sarah Evellyn Oliveira Borges

Crise de Identidade

Escola Estadual José Rodrigues Leite

Imara Regina Silva Oliveira dos Santos Garrafiel

Rio Branco

AL

Jonatha Marcone Silva de Deus

Brasil: uma aquarela de intolerância

Escola Estadual Professora Edite Machado

Mércia Monteiro Marinho

Capela

AP

Judhy Jael Serrao de Lima

Igualdade: o esteio da diversidade

Escola Estadual de Ensino Médio Maria Carmelita do Carmo

Odiceia Maciel de Almeida

Macapá

AM

3º Lugar

Raissa de Souza Reis

Brasil: superar a intolerância para seguir em frente

Escola Estadual Ernesto Penafort

José Edson Castro da Silva

Manaus

BA

Rafael Ramon Santos Sena da Silva

“Abaporu”: deglutição da brasilidade

Colégio Estadual Edgar Silva

João Lima Barbosa Neto

Andaraí

CE

Antonio Weberton Lopes da Silva

Consciência coletiva e aceitação recíproca

EEEP Maria Dolores Alcântara e Silva

Geraldo Pereira da Costa Filho

Horizonte

DF

1º lugar

Bruna Neri Cardoso Brandão

Intolerância: barreira para a igualdade de gênero

Colégio Militar Dom Pedro II

Rogério da Silva Pacheco

Brasília

ES

Felipe Poggian Afonso

Brasilidade: intolerância e pluralidade

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Agostinho Simonato

Rosângela Venturi Barros

Cachoeiro de Itapemirim

GO

Gilberto Gonçalves Gomes Filho

Mosaico

Colégio Estadual Jalles Machado

Ledyna Karla de Carvalho

Goianésia

MA

2º Lugar

Silmark de Araujo Alencar

Brasil: intolerância miscigenada

Centro de Ensino Ana Isabel Tavares

Maria Edilene Ladislau Jadão

Dom Pedro

MT

Victor Matheus de Campos Leite Neves

Intolerância: Transformação por meio da aprendizagem

Escola União e Força

Luciene Castilho Queiroz

Cáceres

MS

Amanda da Silva Duarte

A pluralidade brasileira e as raízes da intolerância

Escola Estadual General Malan

Jane Laura Cruz de Melo

Campo Grande

MG

Elienaira Adriele dos Reis

Para poder voar

Escola Estadual Clóvis Salgado

Neuzimar Pereria Amorim de Paula

São Sebastião do Paraíso

PA

Gabriela da Silva Nascimento

Diversas raízes

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cônego Calado

Fernanda Valeska Mendes da Silva

Igarapé-Açu

PB

Maria Eduarda Pereira de Oliveira

Temos que ser “plural”

Escola Estadual de Curso Normal em Nível Médio São José

Márcia Suzette de Sousa França Rolim

São José de Piranhas

PR

Vitória Caroline de Almeida

No meio do caminho tinha uma pedra

Colégio Estadual 14 de Dezembro Ensino Fundamental Médio Profissionalizante e Normal

Maria do Livramento Machado Santoro

Alvorada do Sul

PE

Willyane Fernanda Barbosa de Pontes

O mal da ignorância

EREM Professor Antônio José Barboza dos Santos

Laurinete Oliveira da Silva

Timbaúba

PI

Ana Leticia de Sousa Fialho

É na soma das diferenças que se forma uma nação plena

Centro Estadual de Tempo Integral José Alvez Bezerra

Satírio Francisco de Sousa

Monselhor Hipólito

RJ

Matheus Braga Couto

Terra intolerante, entre outras mil, és tu, Brasil!

Colégio Estadual Francisco Varella

Julianna Branco de Matos

Carmo

RN

Maria Luisa Baracho de Souza

Tolerância: um respeito à vida em sociedade

Escola Estadual Padre Sinval Laurentino de Medeiros

Edvanilson de Oliveira

Tenente Laurentino Cruz

RS

Geysa Berton

Uma Nação de Pluralidade Singular

Escola Estadual de Ensino Médio São Rafael

Edolesia Fontoura da Rosa Andreazza

Flores da Cunha

RO

Maique Suile Carmo dos Santos

Educação: melhor caminho para o combate à intolerância

EEEFM Carlos Drumond de Andrade

Lucimara Lopes França

Presidente Médici

RR

Darlan Paulino da Silva Filho

Combatendo a intolerância religiosa para exercer o respeito

Escola Estadual Mário David Andreazza

Deives de Oliveira Barbosa Cavazza

Boa Vista

SC

Vanessa Loss Secchi

As diversas facetas da intolerância

Escola de Educação Básica João XXIII

Solange Puntel Marostica Turcatto

Maravilha

SP

Luiz Gabriel Natividade Lima

Muros ideológicos que separam a humanidade

EE Dr. Oscar Rodrigues Alves

Ana Maria Pissato Ferreira

Mogi Mirim

SE

Leticia Soares Ramalho

Não a intolerância. Viva a “Aquarela do Brasil”

Colégio Estadual Professora Roberta Ramalho de Souza

Roberta Brito Lima

Japoatã

TO

Gabriel Fernandes Mendes

Efeitos da imensidão

Escola Estadual Madre Belém

Gleice Fernandes Carvalho

Palmas

Todos os alunos finalistas por unidade da Federação:

Lugar na UF

UF

Nome Aluno

Título da Redação

Escola

Município Escola

1

Acre

Sarah Evellyn Oliveira Borges

Crise de Identidade

Escola Estadual José Rodrigues Leite

Rio Branco

2

Acre

Lucas Nascimento Alencar

O Brasil de todas as cores seria o Brasil de todos os amores?

Escola de Ensino Médio Craveiro Costa

Cruzeiro do Sul

3

Acre

Aldemir Victor de Araújo Silva

Jovem: o protagonista da pluralidade

Escola de Ensino Fundamental e Médio Dr. João Batista Aguiar

Rio Branco

1

Alagoas

Jonatha Marcone Silva de Deus

Brasil: uma aquarela de intolerância

Escola Estadual Professora Edite Machado

Capela

2

Alagoas

Maria Eugênia Cavalcante Ferreira Santos

A diversidade é uma geradora de riquezas incomparáveis

Escola Estadual Padre Aurélio Góis

Junqueiro

3

Alagoas

Eduarda Chagas Santos Brandão

Pluralidade: estabelecendo um diálogo entre as convicções

Escola Estadual Luiz Bastos

Canapi

1

Amapá

Judhy Jael Serrao de Lima

Igualdade: o esteio da diversidade

Escola Estadual de Ensino Médio Maria Carmelita do Carmo

Macapá

2

Amapá

Cleyson Nascimento Silva

Intolerância: um pretexto histórico-social

Escola Estadual Tiradentes

Macapá

3

Amapá

Lucas Dias Coelho

Religião no Brasil: identidade, preconceitos e lutas

Escola Estadual Professor Nilton Balieiro Machado

Macapá

1

Amazonas

Raissa de Souza Reis

3º lugar nacional

Brasil: superar a intolerância para seguir em frente

Escola Estadual Ernesto Penafort

Manaus

2

Amazonas

Gandle Richard Paz Nogueira

As dores da intolerância

Escola Estadual Brigadeiro João Camarão Telles Ribeiro

Manaus

3

Amazonas

Jayana Cerdeirinha Bernardes

O desrespeito causado pela intolerância

Escola Estadual São João Bosco Ramos de Lima

Manaus

1

Bahia

Rafael Ramon Santos Sena da Silva

“Abaporu”: deglutição da brasilidade

Colégio Estadual Edgar Silva

Andaraí

2

Bahia

Samuel Silva Alcântara

Equilíbrio ético e democrático

Colégio Estadual Antonio Carlos Magalhães

Érico Cardoso

3

Bahia

Angélica Maria Ferreira

A ausência de tolerância

Colégio Estadual Coronel Horácio de Mattos

Piatá

1

Ceará

Antonio Weberton Lopes da Silva

Consciência coletiva e aceitação recíproca

EEEP Maria Dolores Alcântara e Silva

Horizonte

2

Ceará

Rafael Saraiva de Lima

Intolerância: doença crônica de um Brasil Plural

Escola de Ensino Médio Dione Maria Bezerra Pessoa

Pacajus

3

Ceará

Carolina Marinho Marcelo

Brasil: ainda há peças a encaixar

Escola de Ensino Fundamental e Médio Professora Estefânia Matos

Itapajé

1

Distrito Federal

Bruna Neri Cardoso Brandão

1º lugar nacional

Intolerância: barreira para a igualdade de gênero

Colégio Militar Dom Pedro II

Brasília

2

Distrito Federal

Maria Clara Araújo dos Santos

Todos são iguais perante a lei, mas...

Centro Educacional Darcy Ribeiro

Paranoá

3

Distrito Federal

Brenda Miliane Silva de Jesus

Influências da Colonização

Centro Educacional 05 de Taguatinga

Taguatinga

1

Espírito Santo

Felipe Poggian Afonso

Brasilidade: intolerância e pluralidade

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Agostinho Simonato

Cachoeiro de Itapemirim

2

Espírito Santo

Lucas Vieira Gomes de Abreu

Diversidade e pluralidade: um caminho para o combate à intolerância

CEEFMTI Pastor Oliveira de Araújo

Vila Velha

3

Desclassificada

Espírito Santo

Ana Paula Tristão Brumatti

“Para não dizer que não falei das cores!”

EEEFM Irineu Morello

Governador Lindenberg

1

Goiás

Gilberto Gonçalves Gomes Filho

Mosaico

Colégio Estadual Jalles Machado

Goianésia

2

Goiás

Samara Vieira Lima

Miscigenação é sinônimo de riqueza, não de intolerância

Centro de Ensino em Período Integral Garavelo Park

Aparecida de Goiânia

3

Goiás

Heloísa Alves dos Santos

Penso, logo respeito

CPMG Silvio de Castro Ribeiro

Jaraguá

1

Maranhão

Silmark de Araujo

Alencar

2º lugar nacional

Brasil: intolerância miscigenada

Centro de Ensino Ana Isabel Tavares

Dom Pedro

2

Maranhão

Maria Claudia Passos

Convivendo com as diferenças

Centro de Ensino Professor Antônio Carlos Beckman

Açailândia

3

Maranhão

Moises Aguiar Araújo

Intolerância à brasileira: diversidade em risco

Centro de Ensino Thales Ribeiro Gonçalves

Caxias

1

Mato Grosso

Victor Matheus de Campos Leite Neves

Intolerância: Transformação por meio da aprendizagem

Escola União e Força

Cáceres

2

Mato Grosso

Emanuelly Beatriz de Oliveira Souza

A aversão àqueles que são diferentes

Escola Estadual Desembargador Milton Armando Pompeu de Barros

Colíder

3

Mato Grosso

Alex Kuznetsov

Intolerância: Um problema antigo, uma palavra recente

Escola Estadual Campo Massapé

Primavera do Leste

1

Mato Grosso Sul

Amanda da Silva Duarte

A pluralidade brasileira e as raízes da intolerância

Escola Estadual General Malan

Campo Grande

2

Mato Grosso Sul

Jéssica Jeung Amodia de Cesero

Junto ao Progresso, o Legado!

Escola Estadual Senador Filinto Müller

Fátima do Sul

3

Mato Grosso Sul

Karina Sijanas Ribeiro Albuquerque

Brasil diverso: por uma sociedade harmônica e livre

Escola Estadual José Maria Hugo Rodrigues

Campo Grande

1

Minas Gerais

Elienaira Adriele dos Reis

Para poder voar

Escola Estadual Clóvis Salgado

São Sebastião do Paraíso

2

Minas Gerais

Lauanda Raissa Reis Gamboge

Contradição que fere: Brasil, o maior plural e intolerante

Escola Estadual Nossa Senhora da Piedade

Lagoa Formosa

3

Minas Gerais

Helen Cristina Barcelos Silva

A intolerância às camadas étnicas-sociais brasileiras

Escola Estadual Frei Afonso Maria Jordá

Aimorés

1

Pará

Gabriela da Silva Nascimento

Diversas raízes

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Cônego Calado

Igarapé-Açu

2

Pará

Ana Karoline Oliveira Nunes

Caminhos para a construção de uma sociedade tolerante

EE Professor Florentina Damasceno

Santa Luzia do Pará

3

Pará

Douglas Barbosa da Costa

As raízes da intolerância sob a terra da diversidade

Escola Estadual de Ensino Médio Maria Benta Oliveira de Sousa

Redenção

1

Paraíba

Maria Eduarda Pereira de Oliveira

Temos que ser “plural”

Escola Estadual de Curso Normal em Nível Médio São José

São José de Piranhas

2

Paraíba

Emilly Alves Brito

Pluralidade: Símbolo de beleza ou motivo de intolerância?

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Galdino Filho

Pocinhos

3

Paraíba

Sâmela Kaline Nunes Alixandre

Brasil: um plural, tão singular!

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Melquíades Vilar

Taperoá

1

Paraná

Vitoria Caroline de Almeida

No meio do caminho tinha uma pedra

Colégio Estadual 14 de Dezembro Ensino Fundamental Médio Profissional

Alvorada do Sul

2

Paraná

Guilherme Fernandes dos Anjos Mendonça

Brasil, diversidade fragilizada

Colégio Estadual Lysímaco Ferreira da Costa

Paranapoema

3

Paraná

Ana Gabriela Brizola

As diferenças incomodam. Por quê?

Colégio Estadual do Campo Contestado

Lapa

1

Pernambuco

Willyane Fernanda Barbosa de Pontes

O mal da ignorância

EREM Professor Antônio José Barboza dos Santos

Timbaúba

2

Pernambuco

Paulo Henrique da Silva

Conhecer o “Eu” para acabar com a intolerância

EREM Justulino Ferreira Gomes

Bom Jardim

3

Pernambuco

Estevão Teixeira Gomes

Bendita Geni

EREM de Beberibe

Recife

1

Piauí

Ana Leticia de Sousa Fialho

É na soma das diferenças que se forma uma nação plena

Centro Estadual de Tempo Integral José Alvez Bezerra

Monselhor Hipólito

2

Piauí

Calebe Rodrigues da Silva

Diversidade: a palavra que define o Brasil

CETI – Aurora Barbosa de Oliveira

Regeneração

3

Piauí

Mariana Ribeiro Silva

Seria bom, se Brás Cubas estivesse errado

CEEP Antônio Gentil Dantas Sobrinho

Pimenteiras

1

Rio de Janeiro

Matheus Braga Couto

Terra intolerante, entre outras mil, és tu, Brasil!

Colégio Estadual Francisco Varella

Carmo

2

Rio de Janeiro

Rebeca Oliveira de Carvalho

Uso da Cordialidade no Combate à Intolerância

Colégio Estadual Álvaro Negromonte

Duque de Caxias

3

Rio de Janeiro

Felippe Juan Diniz Santos

Brasil: da intolerância colonial a uma cultura de paz

Colégio Estadual Erick Walter Heine

Rio de Janeiro

1

Rio Grande do Norte

Maria Luisa Baracho de Souza

Tolerância: um respeito à vida em sociedade

Escola Estadual Padre Sinval Laurentino de Medeiros

Tenente Laurentino Cruz

2

Rio Grande do Norte

Natan da Silva Barbosa

Orgulho Sartriano

Escola Estadual Monsenhor Paiva

Vera Cruz

3

Rio Grande do Norte

Thalyta Luana Barbosa Segundo

Nas entranhas da sociedade

CEEP Professora Lourdinha Guerra

Parnamirim

1

Rio Grande do Sul

Geysa Berton

Uma Nação de Pluralidade Singular

Escola Estadual de Ensino Médio São Rafael

Flores da Cunha

2

Rio Grande do Sul

Tatiane Lange

História, tecnologia e intolerância

Escola Estadual de Ensino Médio Doutor João Caruso

Erechim

3

Rio Grande do Sul

Gabriela Ahne

A intolerância religiosa no Brasil

Escola Estadual de Ensino Médio Monselhor Seger

Travesseiro

1

Rondônia

Maique Suile Carmo dos Santos

Educação: melhor caminho para o combate à intolerância

EEEFM Carlos Drumond de Andrade

Presidente Médici

2

Rondônia

Letícia Ribeiro da Silva

Pelas Marcas do Passado

EEEFM Buriti

Buritis

3

Rondônia

Andressa Cordeiro Prates

Conhecer para tolerar, um caminho para a paz

Escola Estadual de Ensino Médio Jovem Gonçalves Wilela

Ji-Paraná

1

Roraima

Darlan Paulino da Silva Filho

Combatendo a intolerância religiosa para exercer o respeito

Escola Estadual Mário David Andreazza

Boa Vista

2

Roraima

Maria Eduarda de Azevedo Oliveira

A liberdade não conquistada

Escola Estadual Ayrton Senna da Silva

Boa Vista

3

Roraima

José Vitor Monteiro

O cenário da intolerância de um país plural

Escola Estadual Professor Camilo Dias

Boa Vista

1

Santa Catarina

Vanessa Loss Secchi

As diversas facetas da intolerância

Escola de Educação Básica João XXIII

Maravilha

2

Santa Catarina

Laís de Souza Botega

Como progredir enquanto a intolerância existir?

Escola de Educação Básica Henrique Fontes

Tubarão

3

Santa Catarina

Antonio Carlos Valentini

Menos Intolerância, mais pluralidade

Escola de Educação Básica Santa Lúcia

Novo Horizonte

1

São Paulo

Luiz Gabriel Natividade Lima

Muros ideológicos que separam a humanidade

EE Dr. Oscar Rodrigues Alves

Mogi Mirim

2

São Paulo

Ruan Vitor Pereira Soares

Construindo um país para todos

Escola Estadual “Oswaldo Luiz Sanchez Toschi”

Praia Grande

3

São Paulo

Naiara Silva Bispo

Voto: a arma democrática

EE Professor Gabriel Ortiz

São Paulo

1

Sergipe

Leticia Soares Ramalho

Não a intolerância. Viva a “Aquarela do Brasil”

Colégio Estadual Professora Roberta Ramalho de Souza

Japoatã

2

Sergipe

Beatriz Lima Barreto

A intolerância no Brasil tem jeito sim!

Colégio Estadual Athena Sergipense

Aracaju

3

Sergipe

Aline Barbosa da Silva

A intolerância como falta de compreensão

Colégio Estadual Professor Gonçalo Rollemberg Leite

Aracaju

1

Tocantins

Gabriel Fernandes Mendes

Efeitos da imensidão

Escola Estadual Madre Belém

Palmas

2

Tocantins

Thiago Aparecido da Silva

Entre diferenças e respeito, vidas em jogo

Colégio Estadual Lavandeira

Lavandeira

3

Tocantins

Marcos Paulo Araújo Moreira

A intolerância enfraquece a dinâmica social

Colégio Estadual Dr. João D’Abreu

Novo Alegre

Tags: Consed Jovem Senador Portal Senado