NOTÍCIAS

Bahia 14:59, 7 jul 2020 Estudantes baianos participam de festival multicultural virtual promovido pelos Centros Juvenis

Estudantes baianos participam de festival multicultural virtual promovido pelos Centros Juvenis

Os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC), unidades pertencentes à Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), inciaram, nesta segunda-feira (6), o Festival Multicultural On-line dos Centros Juvenis. O evento virtual prossegue até o dia 10 de julho, com diversas atividades, como cursos, oficinas, desafios, lives, games e mostras das produções realizadas pelos estudantes nas oficinas ofertadas nas nove unidades dos CJCC, localizadas em Salvador, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, Barreiras, Itabuna, Jequié, Feira de Santana, Serrinha e Irecê. 

O festival tem o objetivo de estimular a comunidade escolar e os internautas a trocarem experiências pedagógicas culturais e científicas, bem como divulgar as propostas de metodologia e práticas dos Centros Juvenis. Os estudantes e professores da rede estadual podem participar das atividades através do link: (https://lkt.bio/festivalmulticulturalCJCC).

A programação foi aberta com uma live, no canal do Youtube dos CJCC, sobre o tema "Desafios e perspectivas da Educação Integral pós-pandemia e a importância dos CJCCs", que foi introduzida por uma apresentação musical da banda Os Desatinados. A atividade, mediada pela diretora do CJCC de Senhor do Bonfim, Janair Bordes, contou com a participação do diretor de Educação Integral da SEC, Astor Viana; do professor do CJCC de Salvador, Ives Quaglia; e do estudante da mesma unidade, Anderson Conceição. 

O diretor de Educação Integral da SEC, Astor Viana, falou da importância do evento virtual. "O festival multicultural é uma ação pedagógica que busca ampliar as conexões através de novas práticas para o aprendizado, centradas na autonomia das juventudes e em diálogo com as demandas e linguagens da contemporaneidade. O objetivo é estimular a comunidade escolar, mesmo em tempos de afastamento social, a trocar experiências nas perspectivas da formação integral e integradora", destacou.

O estudante Anderson Conceição, 17, que cursa a oficina "Biotec", aprovou a iniciativa. "O festival é muito importante neste momento que estamos passando de tantas incertezas e que nos sentimos solitários. Além disso, agrega muitos conhecimentos de forma exponencial, através das diversas atividades criativas que podemos participar virtualmente", afirmou o jovem criador do jogo "Coronagames". 

A diretora Janair Torres falou do diferencial da atividade "O festival tem como proposta a abordagem de temáticas que surgiram na vida da sociedade durante o contexto do distanciamento social, em consequência da pandemia, bem como temas que contemplem as perspectivas do período pós-pandemia. São atividades e debates on-line propostos para estudantes, professores, coordenadores, gestores e demais atores da comunidade", explicou. 

Outros destaques do primeiro dia foram o game "Gartic", que envolve desenhos e adivinhações; a exibição do documentário "Festas juninas no território de Irecê em tempos de pandemia", no YouTube do CJCC; e o desafio "Fotografia - projeção ilusão de ótica", com o qual os participantes são desafiados na produção de fotos com ilusão de ótica. Além disso, houve um bate-papo sobre "A arte afro-brasileira na Educação", também realizado no YouTube, que envolveu a participação da pesquisadora em Cultura Afrobrasileira, Jedjane Mirtes, com a mediação do professor do CJCC de Itabuna, Aderbal Santana. 

Próximas atividades

Nesta terça-feira (7), serão realizadas as seguintes atividades: a oficina "Mão na massa: edição de vídeo usando o celular"; o jogo "Simbiontes"; a oficina "Mão na massa: nós do infinito vídeo, com atividade de aprendizagem criativa"; o curso de formação para professores Google Forms"; a live sobre "Mobilidade social urbana em tempos de pandemia", no instagram @cjccbahia; o desafio "Turbina Stories"; a exibição do vídeo "O que aprendi no CJCC", no instagram @cjccbahia; o desafio "Produza uma molécula de RNA, no instagram @cjccbahia; e a live "Modelagem 3D no Blender: Machado de Draven - League of legends", com o professor Jaime Azevedo, no YouTube do CJCC.

Sobre os CJCC

Voltados aos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) são uma iniciativa da Secretaria de Educação do Estado da Bahia para promover a ampliação da jornada escolar e a diversificação do currículo dos estudantes. O objetivo das unidades – localizadas em Salvador, Senhor do Bonfim, Vitória da Conquista, Barreiras, Itabuna, Jequié, Feira de Santana, Serrinha e Irecê – é cumprir um papel de extensão em relação à educação formal e ampliar o acesso de estudantes baianos às temáticas culturais e científicas modernas. O CJCC oferece diversas atividades culturais e de acesso ao conhecimento científico, como cursos, eventos e oficinas.


Tags: Bahia BA Portal da Educação