NOTÍCIAS

Base Nacional Comum Curricular 16:07, 20 ago 2019 Conselho de Educação homologa currículo da BNCC no Piauí

Foto:

Uma nova sala de aula está sendo discutida em todo o país com a adoção da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) já iniciou a implementação do novo currículo com as orientações pedagógicas para a Educação Infantil e Ensino Fundamental. Nesta quinta-feira (15), a Seduc garantiu junto ao Conselho Estadual de Educação do Piauí a homologação do documento que será referência para o ensino no Estado do Piauí.

O secretário da Educação, Ellen Gera, esteve reunido com os conselheiros estaduais durante a leitura do documento normativo que define o conjunto de aprendizagens essenciais a que todas as crianças têm direito, iniciando com a Educação Infantil (de 0 a 5 anos) e Ensino Fundamental (de 6 a 14 anos): divididos em anos iniciais e anos finais.

"Hoje é uma data importante para a educação do Piauí com a homologação do currículo pelo CEE. O currículo produzido traz como base a BNCC que reorganiza o trabalho pedagógico na escola com o foco nas competências e habilidades que os estudantes devem adquirir na sua vida escolar. A ideia é ampliar o espaço da escola para toda a comunidade para que façam parte do processo de ensino e aprendizagem dentro de uma organização por áreas de conhecimento", disse.

Ellen Gera destaca ainda que, no Piauí, o documento foi elaborado pela equipe ProBNCC composta com professores (as) especialistas em um regime de colaboração que envolve o Estado e os Municípios.

"A Seduc tem trabalhado em uma construção coletiva junto aos municípios e agora temos a homologação um documento para que possamos avançar no ensino-aprendizagem dos estudantes de todas as escolas do Piauí, pois a implementação do currículo deve acontecer para a rede pública, municipal, privada e particular que fazem a etapa da educação básica", completa o secretário.

O Presidente do CEE/PI, Carlos Alberto Pereira, ressalta que a elaboração do currículo pela SEDUC em parceria com as secretarias municipais, conselhos de educação municipais é um marco para a educação estadual.

"Hoje o Piauí estabeleceu um marco legal que direciona a todos os piauienses um cenário de construção da educação. Agora temos outra missão que é transformar o currículo em real atividade no chão da escola com os professores aplicando o currículo", afirma Carlos Alberto.

Mudanças na prática de ensino

A coordenadora de Etapa da BNCC pela Seduc, Marília Aragão, explica que após o Piauí aplicar o currículo os alunos passarão a ter o ensino garantido sem prejuízo a eventuais trocas de escolas, mudanças de turno ou regiões.

"O novo currículo reorganiza o espaço escolar, metodologias e concepções de aprendizagem na rede estadual, municipal e privada para que o aluno, independente da rede ou região em que estude tenha os conhecimentos de aprendizagem garantidos naquele ano. Ou seja, mesmo com eventual transferência de escolaou turno não haverá impacto na aprendizagem essenciais pois estas estão garantidas pelo cumprimento do currículo", disse.

Marília destaca que a partir do novo currículo os professores passarão por formações continuadas voltadas para o ensino contextualizado em sociedade a partir da realidade do aluno.

"Teremos uma formação ampla para todos os profissionais da educação (gestores, coordenadores, professores) incluindo alunos e pais. A formação especifica por componente curricular com mudanças nos PCN não vai focar somente no ensino no cognitivo, mas também no socioemocional e como desenvolver estas competências e habilidades apoiando desde o processo de planejamento de aula dos professores até o acompanhamento das aprendizagens dos estudantes nesta nova perspectiva", explica.


Tags: PI Piaui Base Nacional Comum Curricular