Campanha Aprender para Prevenir

Campanha Aprender para Prevenir

Conceitos

Acesse o site oficial da Campanha

Alguns conceitos básicos

  • Desastres: quando pensamos em desastre geralmente relacionamos à destruição, seja de qual origem for. Um desastre traz perdas e danos às pessoas, ao meio ambiente (fontes de alimentação, água, saúde) e à infraestrutura (moradias, transportes) devido ao impacto de um perigo que ultrapassa a capacidade local de responder e atender às consequências.
  • Risco de Desastre: Probabilidade de ocorrer a perda de vidas e danos materiais provenientes de desastres. Pode ser explicado em termos da equação (r=a.v), risco (r) é a relação entre duas variáveis, as ameaças (a) e as vulnerabilidades (v).
  • Vulnerabilidade: Condições determinadas por fatores ou processos físicos, sociais, econômicos, políticos, culturais, educacionais e ambientais, que aumentam a fragilidade de uma comunidade ao impacto de ameaças e deixam as pessoas mais expostas e sensíveis ao perigo.
  • Inundação: transbordamento das águas de um curso d’água, atingindo a planície de inundação ou área de várzea.http://www.cemaden.gov.br/inundacao/
  • Enxurradas: escoamento superficial concentrado e com alta energia de transporte, provocado por chuvas intensas e concentradas. http://www.cemaden.gov.br/enxurrada/
  • Deslizamentos de terra, escorregamentos, movimentos de massa: movimentos de solos, rocha e/ou vegetação sob o efeito da gravidade, geralmente agravados pela ação da água http://www.cemaden.gov.br/deslizamentos/
  • Secas: fenômeno climático com período prolongado de baixa ou nenhuma pluviosidadehttp://www.cemaden.gov.br/secas/
  • Incêndios florestais: queimadas de origem natural ou antrópica com destruição total ou parcial da vegetação florestal.
  • Ressacas: elevação anormal do nível do mar provocada por ventos fortes sobre o oceano.
  • Granizo: chuva de pedras, com precipitação de pedras de gelo.
  • Desastres tecnológicos: eventos associados a acidentes tecnológicos ou industriais que podem causar perda de vidas, danos a propriedades, impactos socioeconômicos e degradação ambiental.