NOTÍCIAS

Mato Grosso do Sul 10:07, 3 mai 2018 Seminário destaca o papel da educação profissional em Mato Grosso do Sul

Foto:

Campo Grande (MS) – Discutir as demandas de emprego, formação profissional e mundo do trabalho e consolidar o mapa de demanda que subsidiará o financiamento de cursos técnicos ofertados pelo MedioTec são os objetivos do Seminário “Educação Profissional Articulada ao Setor Produtivo de Mato Grosso do Sul”, realizado pela Secretaria de Estado de Educação (SED), em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) nesta quarta-feira (2), no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

As federações da indústria, comércio e agropecuária apresentam um panorama desses setores e dialogar sobre as possibilidades de fortalecimento e desenvolvimento desse segmento a partir da implementação da oferta de cursos profissionalizantes nas diversas regiões do Estado. “O Governo do Estado tem investido muito na educação profissional, mas precisamos saber quais são as potencialidades de cada município. Queremos oferecer cursos profissionalizantes para o ensino médio que tenham um nicho de trabalho. O estudante poderá então, ao concluir o ensino médio, trabalhar ou seguir para universidade”, explicou a secretária de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul e presidente do Consed, Maria Cecilia Amendola da Motta.

A fim de promover a análise e reflexão do cenário atual das demandas por formação profissional e estimular a proposição de estratégias conjuntas e integradas para o aprimoramento da oferta de cursos profissionalizantes, com maior aderência às necessidades do mercado de trabalho, o Seminário contará com mesas redondas compostas por representantes de intuições parceiras. “Nosso objetivo é aprofundar a discussão com o setor produtivo, olhar as potencialidades regionais, olhar cada setor e qual o crescimento de demanda de mão de obra especifica e direcionar cursos técnicos profissionalizantes para atender a estas áreas”, afirmou o Governador Reinaldo Azambuja.

Programação

Nesse evento, que conta com parceiros como o Itaú BBA, representado por Ana Innoue, o Ministério da Educação (MEC) apresenta o MedioTec, que constitui uma ação de aprimoramento da oferta de cursos técnicos concomitantes para o estudante do ensino médio. O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) fala sobre a Plataforma SuperTEC, que visa integrar as demandas por formação profissional e tecnológica no Brasil.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) faz exposição do Mapa de Demanda do Trabalho da Indústria em Mato Grosso do Sul. Esse instrumento provém de estudos realizados pela CNI e retrata a empregabilidade do setor nas diversas regiões do Estado. A Semagro traz uma avaliação do desempenho recente do conjunto das atividades que formam os setores produtivos e de serviços, bem como sua dinâmica demográfica em Mato Grosso do Sul.

As instituições ofertantes dos cursos profissionalizantes que aderiram ao Programa MedioTec apresentam um panorama da oferta e as perspectivas de novos cursos a serem oferecidos à população sul-mato-grossense. E os Serviços Nacionais da Aprendizagem (Sistema S) produzem um debate acerca da importância da formação profissional para o desenvolvimento socioeconômico do estado e as demandas associadas a cada sistema.

Educação Profissional

A Secretaria de Estado de Educação implantou nas escolas da Rede Estadual de Ensino cursos de formação profissional que visam a elevação dos níveis de escolaridade da população, sua inserção no mundo do trabalho e o desenvolvimento humano e social do Estado.

Em parceria com o Governo Federal, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul inaugurou seis Centros de Educação Profissional, localizados em Campo Grande, Dourados, Naviraí, Camapuã e Aquidauana. Mais um, em Chapadão do Sul, está em fase de equipagem.

Atualmente, a Rede Estadual de Ensino oferta cursos profissionalizantes em 102 escolas estaduais, cobrindo mais de 60% dos municípios de Mato Grosso do Sul com 45 cursos, nas formas integrado, concomitante e subsequente ao ensino médio, beneficiando 9.500 estudantes no primeiro quadrimestre deste ano.

Os distribuídos em 9 eixos tecnológicos: Ambiente e Saúde. Controle e Processos Industriais; Desenvolvimento Educacional e Social; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Produção Cultural e Design; Produção Industrial; Recursos Naturais; e Turismo, Hospitalidade e Lazer.


Tags: Educação Profissional Mato Grosso do Sul MS