NOTÍCIAS

Professores do Brasil 16:30, 16 nov 2015 Seis educadoras representam Mato Grosso

Foto:

Seis professoras de Mato Grosso são finalistas na etapa estadual da 9ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) – parte integrante da Inciativa Educadores do Brasil, realizada pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB), e Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). As experiências pedagógicas inovadoras desenvolvidas por elas no âmbito escolar foram selecionadas entre outros 152 projetos de todo estado inscritos no concurso. 


Três das finalistas são da rede estadual de Educação. Na categoria Ciclo de Alfabetização, a selecionada foi Luziete Rodrigues Ferreira, da EE Hermelinda de Figueiredo, de Cuiabá, com o projeto Mala do Conto; na categoria de 6º ao 9º anos, se classificou Agda Lemes dos Santos, da EE João Brienne de Camargo, também da capital mato-grossense, com o projeto Aprendendo com a Cabeça; e na categoria Ensino Médio, a escolhida foi Andréia de Cássia Heinst, da EE Arnaldo Estevão Figueiredo, do município de Jangada, com o projeto Agrotóxico: herói ou vilão. 


As outras três selecionadas para a final integram redes municipais. Na categoria Pré-Escola, Rosely Marmet, da EMPG Comandante Fontoura, de São José do Xingu, com o projeto Panelinha Feliz; na categoria de 4º e 5º anos, Solange de Lima Souza, da EM Cecilia Meirelles, de Lucas do Rio Verde, com O desperdício de alimentos na escola; e completando a lista, na categoria Creche, Márcia de Lima Xavier, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) São José, de Sorriso, que desenvolve o projeto Meio Ambiente e os Animais. 


Para a coordenadora estadual do Prêmio, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Eliza Maria Pinto, a iniciativa é uma forma de valorizar o trabalho do educador e compartilhar novos modelos de ensino, que podem ser trabalhados em outras regiões do país. "A intenção é incentivar projetos que, comprovadamente, tenham sido ou apresentem bons resultados, considerando as diretrizes propostas, metas e estratégias do Plano Nacional de Educação", explica. 


O PPB premiará cinco professores com R$ 7.000,00, em cada uma das seis categorias, totalizando 30 experiências selecionadas. Em cada categoria deverá ser premiado um professor por região geográfica do país. Dentre os cinco professores premiados em cada categoria, um será selecionado para receber premiação extra de R$ 5.000,00 por categoria. 


Dos trinta premiados, dois educadores terão o direito de carregar a tocha no evento de revezamento da Tocha Olímpica em 2016, tendo como critério de seleção a identificação de valores ligados ao espírito olímpico e/ou estímulo à prática de atividade física nas experiências pedagógicas, se houver. 


Critérios 


Entre os critérios de avaliação estão a qualidade da experiência inscrita, no que se refere ao sucesso escolar dos alunos e a qualidade da aprendizagem; permanência do aluno na escola, a partir de práticas que favoreçam o sucesso escolar dos alunos e que reduzam a repetência, e o abandono e a evasão. 


Terão prioridade os relatos que indicarem participação da família no processo de aprendizagem dos alunos e a abertura da escola à comunidade na qual ela está inserida; inclusão educacional, social, racial e digital; e formação ética, artística, cultural e cidadã dos alunos. Além da clareza e objetividade do relato da experiência e do conteúdo exposto; respeito às normas da Língua Portuguesa e consistência pedagógica e conceitual. 


Os vencedores do Prêmio Educadores do Brasil serão conhecidos entre os dias 23 de novembro e 11 de dezembro, em data a ser definida pelo MEC e divulgada no site http://premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br/ 


VIVIANE SAGGIN
Assessoria/Seduc-MT

Tags: Professores do Brasil MT