NOTÍCIAS

Caderno de atividades 12:23, 1 set 2017 Seduce Goiás lança segunda etapa da Caravana do Aprender +

Foto:

A Caravana Aprender + deu início ao segundo semestre de ações nos municípios goianos, levando visitas pedagógicas às escolas e o Enem Express Móvel, por meio de aulões. O objetivo é promover e aprofundar o uso do Caderno Aprender +, estimular boas práticas de estudo, além de fornecer dicas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A segunda fase do programa vai atender 448 escolas e 65 mil alunos.

Lançada em maio deste ano pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), a Caravana já percorreu 13 mil quilômetros em 180 cidades goianas, levando as ações para 83.700 alunos de 646 escolas. O roteiro do segundo semestre terá início pela região do entorno do DF, passando por mais de 50 municípios, entre eles Novo Gama, Águas Lindas, Formosa, Planaltina, Inhumas, Goianira, Trindade, Aparecida de Goiânia e Goiânia.

“A caravana é mais do que uma viagem pelas cidades de Goiás. É uma viagem para o mundo do conhecimento e uma oportunidade que nós estamos construindo para que todos os alunos da rede pública tenham chance de aprender mais”, ressalta a secretária Raquel Teixeira.

A caravana concentra várias ações, entre elas o incentivo ao uso do Caderno Aprender +, distribuído para alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e 3ª ano do Ensino Médio de todo o Estado. O material didático, desenvolvido pela Superintendência de Inteligência Pedagógica da Seduce, é um instrumento de sistematização, ampliação e continuidade dos estudos, tanto dentro quanto fora do ambiente escolar

O Caderno

Projeto inovador, o Aprender + contém atividades que exploram habilidades de pensamento como: identificar, compreender, aplicar, resolver problemas e interpretar enunciados e textos. Direcionado aos alunos dos 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio, o caderno foi pensado para que o professor consiga identificar as dificuldades de cada aluno proporcionando o desenvolvimento de habilidades e competências.

“Até o erro foi pensado. Quando ele erra uma alternativa, o professor consegue saber qual a dificuldade dele, se é jogo de sinais ou contas simples, por exemplo, e dessa forma, o educador consegue trabalhar e solucionar as dúvidas daquele estudante. Outro diferencial é de que o aluno só estará apto a passar para as próximas questões se conseguir resolver as anteriores. “Não adianta ele querer pular etapas, porque aquele conhecimento específico vai fazer falta lá na frente”, explica Marcelo Jerônimo.

Desde a sua concepção até a sua primeira distribuição foram seis meses de muito trabalho de 10 professores de matemática, outros 10 professores de português, quatro revisores e três diagramadores, todos funcionários do Estado, que fizeram nascer um rico material pedagógico. Todos os itens do caderno – baseados na Matriz Referência, que diz o que o aluno tem que saber exatamente – foram desenvolvidos por esses profissionais da rede.

O professor da rede estadual Wagner Alceu, que coordenou a equipe de produção do caderno, reforça que o Aprender + vai além de um simples caderno de atividades. “Esse material foi criado pensando no crescimento do estudante. Cada item proposto explora uma ou várias habilidades e exige conhecimentos adquiridos nas aulas. O material veio para facilitar o trabalho do professor e a aprendizagem do aluno. O professor tem autonomia e pode trabalhar as questões como atividades para casa ou em sala, exercícios avaliativos, ou da forma como ele quiser”, diz Wagner, que acredita que a aplicação correta do dinheiro público em boas iniciativas de educação é também um exercício de cidadania. “O caderno devolve para a sociedade o investimento que ela fez ao pagar impostos”.

2018

O conteúdo do material incluirá em 2018 habilidades socioemocionais, cuja importância ganhou corpo no mundo inteiro ao longo das últimas décadas.  Elas serão trabalhadas ao lado das competências cognitivas visando dar suporte ao estudante do século 21. “A educação precisa acompanhar as mudanças da sociedade. A preparação do aluno de hoje para ser um profissional do futuro exige habilidades como criatividade, resiliência, liderança, pensamento crítico, controle de emoções, tomada de decisões de forma responsável, entre outras ações. O Aprender + vai auxiliar justamente nisso”, explica Marcos das Neves.

Instituto Ayrton Senna

Para auxiliar na implementação do novo formato, a Seduce já assinou parceria com o Instituto Ayrton Senna, que começará os treinamentos com a comunidade escolar neste segundo semestre. “Esse mês a equipe do instituto nos visitará e, a partir disso, fará uma análise da rede para entender onde e como determinados aspectos poderão ser encaixados, já que são mais de 100 habilidades socioemocionais a serem trabalhadas. Todo o trabalho será orientado pelo instituto”, frisa o superintendente executivo de educação.

A rápida atualização do material é um ponto positivo destacado pela secretária Raquel Teixeira. “Um livro didático, para ser publicado, passa por vários trâmites e, até chegar na sala de aula, algumas informações já não estão mais atuais. O Aprender + tem essa capacidade de atualização permanente, caminhando junto com as mudanças da sociedade e do mundo”, reforça.

Outra novidade de 2018 é a ampliação da distribuição do caderno, que atenderá todos os alunos do 5º ao 9º anos do Ensino Fundamental II e da 1ª a 3ª séries do Ensino Médio.

Aceitação

Durante a Caravana do Aprender +, a equipe pedagógica da Seduce constatou, por meio de avaliações, que mais de 80% dos professores aceitaram bem o material e fazem uso correto do caderno. “Entende-se como uso correto, o aluno usar e o professor corrigir, avaliando e identificando dificuldades”, comenta Marcelo. As unidades educacionais que ainda não conseguiram inserir o material na rotina escolar passam por novas capacitações ministradas pelas equipes de tutoria da Secretaria.

 

Leia mais: Caderno Aprender + é exemplo de uso correto e otimizado de dinheiro público


Confira a agenda da Caravana:

Alto Paraíso – 4, 5 e 6 de setembro

Cavalcante – 6 de setembro

Goianira – 11 de setembro

Trindade – 12 e 13 de setembro

Piracanjuba – 14 de setembro

Bela Vista – 15 de setembro

Pires do Rio – 18 de setembro

Aparecida de Goiânia – de 19 a 29 de outubro

Goiânia – De 2 a 6 de outubro




Tags: GO seduce goiás APRENDER+ CARAVANA APRENDER+ Caderno de atividades