NOTÍCIAS

Currículo de Sergipe 17:40, 5 jan 2021 Seduc reforça orientações para priorização do Currículo de Sergipe

Josué Modesto Ana Lúcia Lima Izabella Santos Kelly Valença
Foto:

O documento está disponível no Portal Estude em Casa e prioriza os objetivos da aprendizagem e desenvolvimento do currículo de Sergipe

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), juntamente com a equipe do Programa de Implementação da Base Nacional Comum Curricular  (ProBNCC), com o objetivo de oferecer suporte pedagógico para o replanejamento docente e das escolas das redes públicas de ensino e rede particular, construiu um documento com a priorização dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento do Currículo de Sergipe da Educação Infantil e das habilidades do Ensino Fundamental, além da priorização das habilidades do Referencial Curricular do Estado de Sergipe de 2013, que é a proposta curricular vigente para o Ensino Médio, até que o Currículo de Sergipe Etapa Ensino Médio seja homologado pelo Conselho Estadual de Educação.

Disponível no portal Estude em Casa, podendo ser acessado por meio do endereço: www.seduc.se.gov.br/estudeemcasa/#/1035, o documento de Priorização Curricular aborda os seguintes temas: Contexto Geral que gerou a demanda pela priorização, base legal, importância, fluxo para implementação, metodologia e critérios utilizados na priorização, estrutura do documento e os organizadores curriculares.

De acordo com o secretário da Seduc, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, a priorização curricular é um passo relevante na continuidade das ações pedagógicas, estratégia que define o direcionamento intencional do processo de aprendizagem a partir de objetivos de aprendizagem e desenvolvimento e habilidades focais. “É importante apoiar as escolas de Sergipe na conclusão do ano letivo de 2020 e no planejamento para 2021. Nesse sentido, a priorização curricular configura-se como requisito imprescindível para que as escolas foquem no que é essencial para garantir a progressão das aprendizagens ano a ano”, disse o gestor

A professora Ana Lúcia Lima Muricy, coordenadora Estadual do Currículo de Sergipe pela Seduc, explica que, diante do contexto atual, será necessário fortalecer entre as comunidades escolares o aprender fora da escola. Nesse cenário, há o desafio de consolidar as aprendizagens essenciais nas Atividades Escolares Não Presenciais e Presenciais, alinhadas ao ensino híbrido. “Teremos que desenvolver um trabalho de consolidação e reforço das aprendizagens concernentes ao currículo trabalhado em 2020 para que todos os estudantes tenham condições concretas de prosseguirem os estudos com sucesso, e certamente a priorização curricular apoiará os nossos professores para o alcance desse objetivo”.

Entre as premissas, a priorização do Currículo visa ainda a combater o atraso escolar. A coordenadora do Serviço do Ensino Fundamental (SEF/DED) e coordenadora da Etapa do Ensino Fundamental do Currículo de Sergipe, professora Kelly Valença, destaca que “no processo de priorização curricular almeja-se que os professores planejem suas aulas, ensinem e avaliem seus estudantes com base nos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento e habilidades prioritárias. Nesse contexto, o currículo priorizado deverá orientar o planejamento docente e a prática pedagógica e ser referência na avaliação da aprendizagem, além de balizar as ações de combate à defasagem idade-série e apoiar o mapeamento do déficit de aprendizagem dos estudantes.”

Segundo a coordenadora do Serviço de Ensino Médio (Semed/DED), professora Isabella Silva, os técnicos do Semed elaboraram o documento de priorização a partir do Referencial Curricular para a etapa Ensino Médio, visto que o novo currículo ainda não foi homologado pelo Conselho Estadual de Educação. “Com este trabalho esperamos que possamos minimizar os desafios na elaboração dos planejamentos de aula dos nossos docentes e que assim nossos estudantes sejam beneficiados”, pontuou.

Já o professor João Manoel de Faro Neto, assessor do DED e redator do Componente Curricular Educação Física, do Currículo de Sergipe – Ensino Fundamental, informou que, para realizar a priorização curricular, as equipes de professores contemplaram os critérios de progressão e interdisciplinaridade. “Na prática pedagógica, as escolas irão considerar o contexto e as necessidades dos estudantes, o tempo em que a aprendizagem acontece, os recursos disponíveis para a aprendizagem e a finalidade da aprendizagem a partir do contexto atual”.


Tags: SE Base Nacional Comum BNCC Currículo de Sergipe