NOTÍCIAS

Mato Grosso 15:34, 3 mar 2021 Seduc realiza primeira grande entrega de aparelhos de ar-condicionado para climatizar 100% das escolas

Seduc realiza primeira grande entrega de aparelhos de ar-condicionado para climatizar 100% das escolas

Secretário Alan Porto enfatizou importância de todos os profissionais da educação nas conquistas

Com a meta de climatizar todas as escolas estaduais de Mato Grosso até o fim de 2022, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) realizou, na manhã desta segunda-feira (1º), a primeira entrega de 364 aparelhos de ar-condicionado para 11 escolas estaduais de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), além de mobiliários. Os investimentos são do Programa Mais MT.

Hoje, o município possui três escolas estaduais que ainda precisam ser climatizadas, das 36 em atividade. Os prédios passarão por avaliação de uma equipe técnica da Seduc-MT ainda nesta segunda-feira e as adequações necessárias serão feitas até junho.

O ato de entrega foi realizado na Escola Estadual Professora Renilda da Silva Morais, no bairro Coophalis.

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto reforçou a importância da climatização na melhoria do ambiente escolar e, consequentemente, na qualidade do aprendizado.

“São grandes entregas que vão ajudar a melhorar o ambiente escolar e, com isso, a qualidade da aprendizagem. Os profissionais da educação merecem o melhor, assim como nossos estudantes, e o governo de Mato Grosso está proporcionando o melhor para toda a comunidade escolar”, disse.

A E.E. Professora Renilda Silva Moraes, que recebeu 46 aparelhos de ar-condicionado, tem aproximadamente 800 alunos matriculados e oferece do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A diretora da unidade, Simone Marques, assim como os representantes das outras escolas beneficiadas, afirma que as melhorias na unidade refletem na qualidade da educação.

“Em se tratando do clima que nós temos em Mato Grosso, nós sabemos que ar-condicionado não é algo dispensável. Tem tudo a ver com a melhoria da qualidade do processo de ensino e de aprendizagem. Com certeza vai ter influência sobre a parte pedagógica e melhorar a qualidade da educação em nosso Estado”.

Profissionais comprometidos

O secretário agradeceu o empenho e a perseverança dos profissionais da educação, afirmando que os investimentos acontecem porque lá na ponta há profissionais comprometidos com a causa.

“É preciso reconhecer o trabalho de todo mundo. Conheço as escolas de Rondonópolis e sei que essa luta pela climatização é antiga, uma luta de 10 anos. E todos foram muito perseverantes até aqui”, disse.

Alan Porto ainda elogiou o empenho dos servidores públicos da Seduc, ressaltando que uma boa gestão só se faz com uma boa equipe. “São guerreiros e gigantes que estão fazendo a diferença”.

Além dos aparelhos de ar, foram entregues também 40 cadeiras fixas almofadadas, 02 cadeiras longarinas, 930 conjuntos escolar aluno, 19 conjuntos professor, 57 conjuntos refeitório, 08 estantes dupla face, 14 fogões industrial e 04 computadores.

Reflexo na aprendizagem

A climatização das escolas vai melhorar o ambiente de aprendizagem, levando mais conforto a estudantes e professores. A avaliação é das diretoras das unidades contempladas.

Diretora da Escola Ramiro Bernardo da Silva, Rosana Gonçalves conta que os planos para ter todas as salas climatizadas são desde 2014. “Quando chega no período da tarde as crianças estão cansadas, e aí o rendimento já é mínimo. Com o ar vai ficar mais tranquilo para que elas realmente possam se concentrar na aprendizagem”.

Gonçalves enfatiza que vai melhorar até mesmo o rendimento dos professores. A escola atende do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio e hoje tem 601 alunos matriculados.

Já a diretora Márcia Garuzzi, da Escola Estadual Professora Maria Elza Ferreira Inácio, acredita que as salas de aulas climatizadas serão um dos maiores incentivos para os alunos retornarem para a escola quando a pandemia permitir.

“Era uma reivindicação antiga das escolas do estado de Mato Grosso, porque a gente pensa que é o mínimo que os alunos devem ter nesse momento para que melhorem o ensino e a aprendizagem”, conclui.

A escola possui 920 alunos. São 35 turmas no Ensino Fundamental e Ensino Médio regular e na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Cronograma

O secretário Alan Porto reforçou que o primeiro passo para climatizar as escolas, em todo o Estado, é fazer as adequações necessárias na parte elétrica, já que não adianta entregar ar-condicionado se ele não poderá ser ligado.

“A gente começou pela cidade de Rondonópolis, mas os outros municípios também estão passando por essas manutenções preventivas, adequação na parte elétrica. Tem um cronograma que estamos seguindo e até o final de 2022 a orientação do governador, a decisão dele, é de climatizar todas as escolas do nosso Estado”.


As escolas que receberam ar-condicionado nesta segunda-feira foram:

EE Antônio Guimarães Balbino – 30

EE Prof. Eunice Souza dos Santos – 28

EE Marechal Dutra – 32

EE Prof. Domingos Aparecido – 43

EE Sebastiana Rodrigues de Souza – 30

EE Ramiro Bernardes da Silva – 24

EE Joaquim Nunes Rocha – 36

EE Prof. Carlos Pereira Barbosa – 38

EE Prof. Maria Elza Ferreira Inácio – 32

EE Prof. Amélia de Oliveira Silva – 25

EE Prof. Renilda da Silva Morais - 46


Tags: Mato Grosso MT seducmt infraestrutura