NOTÍCIAS

dia do professor 11:05, 20 out 2017 Seduc homenageia educadores em sessão especial de cinema

Foto: Valdir Rocha

Durante encontro foi apresentado um vídeo com a homenagem de alunos aos educadores que mudaram suas vidas.

Texto de Lucas Leite
Fotos de Valdir Rocha

Acostumada a exibir produções internacionais e blockbusters, a sala 3 do cinema Kinoplex, do Maceió Shopping, contou uma história diferente nesta quinta-feira (19): a dos professores alagoanos. Para celebrar o Dia do Professor, comemorado no dia 15 deste mês, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) reuniu cerca de 500 educadores no cinema.

Antes das atividades terem início, um vídeo com o depoimento de alunos foi transmitido. Nele, os estudantes falaram sobre a dedicação e importância dos professores em suas vidas. Por cumprir agenda em Brasília, o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, não pode participar do evento, mas mandou um vídeo parabenizando os docentes.

“Estes dois anos e 10 meses foram a melhor experiência da minha vida. Eu tive a oportunidade de sentir a alegria dos professores e perceber o cuidado que eles têm com os seus alunos. O Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] não representa o esforço dos nossos professores, por isso temos que mudar esta realidade. Temos que mudar, não por mim, pelo governador ou pelas autoridades, mas pelos nossos alunos e pelos alagoanos”, afirma o titular da pasta estadual da Educação.

A secretária executiva Laura Souza conduziu as atividades e falou dos desafios que os profissionais da Educação têm para conseguir proporcionar um ensino de qualidade na rede pública.

“Vivemos um novo tempo, mas ainda assim encontramos muitos desafios. Ao ver o depoimento dos estudantes, assim como vocês, eu me emocionei bastante, pois, além de lembrar dos professores que nos marcaram, nós percebemos a diferença que estes alunos fazem para a gente. O único presente que eu posso dar para vocês é o meu reconhecimento e o compromisso para construir uma educação melhor”, conta a secretária executiva.

Após o discurso, o documentário ‘Nunca Me Sonharam’, da VideoCamp, do diretor Cacau Rhoden, foi exibido aos presentes. O longametragem traz o depoimento de estudantes do ensino médio nas escolas públicas do Brasil, sob diferentes perspectivas, levando uma reflexão sobre os desafios e valores da educação.

Homenageados

Por e-mail e vídeo, a Secretaria de Estado da Educação colheu depoimentos para a campanha ‘Meu Professor é Top!’. Nela, os alunos puderam explicar, com as próprias palavras, porque consideram seu educador especial. Pelas 13 Gerências Regionais de Educação (Geres), distribuídas em toda a Alagoas, os jovens fizeram questão de participar da campanha, mandando mensagens.

Durante o vídeo exibido foram homenageados os seguintes professores: José Amorim, da Escola Estadual Rosa de Castro (Tanque D'Arca); Wanessa Padilha, da Escola Estadual Izaura Antônia de Lisboa (Arapiraca); Ayslan Carvalho, da Escola Estadual Laura Chagas de Assis (Santana do Ipanema); Luana da Silva Tavares, da Escola Estadual Rocha Cavalcante (União dos Palmares); Emerson, da Escola Estadual Bráulio Cavalcante (Pão de Açúcar); Lirane Barbosa, da Monsenhor Sebastião Alves (Água Branca); Danilo Nere, da Firmo de Castro (Porto Real do Colégio); e José Wagner, da Moreira e Silva (Maceió).

Ariana do Nascimento, professora da Paulo de Castro Sarmento (União dos Palmares), foi uma das educadoras que recebeu o certificado ‘Meu Professor é Top!’. Ela aproveitou a oportunidade para agradecer à mãe, que a obrigou a prestar um vestibular, e, sem saber, tornou-a, uma transformadora de vidas.

“Os alunos sentem faltas de professores atenciosos. Eu gostei muito da homenagem e do reconhecimento que recebemos. Às vezes, nós, professores, não temos a dimensão da importância do nosso trabalho, e ações assim nos ajudam a perceber o quão somos importantes”, conta Ariana.

Com a experiência de 25 anos em sala de aula, a professora Marluce Santana de Magalhães, das escolas Aurino Maciel e Adriano Jorge, ambas em Arapiraca, emocionou-se ao ser homenageada.

“São 25 anos dando aula e, nesse tempo, eu tentei parar durante dois anos. Eu não consegui ficar sem meus alunos, pois cada um representa um pedacinho de mim, me fazem lembrar de onde eu saí e onde eu estou hoje em dia. Eles são tudo o que tenho, eu amo fazer o que faço, pois me deixa mais viva”, relata Marluce.

Mesmo sem ser citado nominalmente, o professor Cássio Fagundes da Silva, de Rio Largo, reconhece a importância do evento promovido pela Seduc. “Gostei demais da homenagem. Vivi um filme e voltei à adolescência, lembrando de todas as dificuldades que tivemos que enfrentar. Acredito que, ao sair do encontro, nós vamos ver nossos jovens de maneira diferente e transpassar os muros das escolas”, diz.

Tags: Alagoas AL dia do professor Maceió