NOTÍCIAS

Amazonas 17:05, 18 jun 2019 Seduc-AM tem cerca de 600 iniciativas aprovadas na seleção inicial do Projeto Ciência na Escola

Seduc-AM tem cerca de 600 iniciativas aprovadas na seleção inicial do Projeto Ciência na Escola

Programa incentiva prática científica na rede pública de ensino do Estado

Cerca de 600 projetos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) foram aprovados na primeira triagem do Programa Ciência na Escola (PCE) (fase de enquadramento). Neste ano, mais de 700 iniciativas foram submetidas ao edital, uma parceria entre a Seduc-AM, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed).

O programa tem como objetivo incentivar a prática científica nos ensinos Fundamental e Médio da rede pública de ensino do Estado.

De acordo com o coordenador institucional do PCE na Seduc-AM, professor Mailson Rafael Ferreira, do Departamento de Políticas e Programas Educacionais (Deppe), os projetos que se enquadraram nas exigências do programa serão encaminhados, agora, a professores e pesquisadores para análise de méritos.

As iniciativas que passarem por essa “peneira” devem ser anunciadas ao longo do mês de junho, para, enfim, serem implementadas e executadas, com bolsas de iniciação científica júnior para os estudantes e de coordenador para os professores – com valores de R$ 150 e R$ 560, respectivamente, durante a vigência do projeto.

No total, o PCE poderá beneficiar até 600 trabalhos, sendo 200 da capital e 400 do interior do Amazonas. “Manteve-se a mesma média de inscrição dos anos anteriores, com os propostas de projetos cada vez mais aperfeiçoadas. Em maio, a Fapeam e a Seduc ofereceram oficinas de orientação na qual ensinamos como fazer esses trabalhos”, destacou Mailson.

Para o coordenador institucional do PCE na Seduc-AM, o programa não somente desperta a aptidão para pesquisa, como, também, revela novos talentos na área. “Anteriormente, a iniciação científica se dava apenas no Ensino Superior, mas o PCE permite que o professor desenvolva essa prática já na Educação Básica, a partir do 5º ano do Ensino Fundamental”, pontuou.

Projetos não enquadrados – A Fapeam enviou um esclarecimento por e-mail a cada professor que submeteu uma proposta que não foi enquadrada no edital do PCE.

Em 2019, o PCE celebra 15 anos de existência e teve seu primeiro edital lançado no ano 2004. Desde então, a cada ano vem se repetindo anualmente, totalizando aproximadamente mais 5 mil projetos, 5 mil professores, 24 mil alunos e 25 mil famílias envolvidas direta e diretamente ao longo dessa trajetória.

Fotos: Reprodução/Facebook


Tags: Amazonas AM Projeto Ciência na Escola