NOTÍCIAS

Escola da Autoria 18:47, 23 nov 2017 SED realiza formação com jovens protagonistas acolhedores

Foto:

Campo Grande (MS) – O acolhimento dos novos estudantes é uma prática educativa de extrema importância na Escola da Autoria. No início do ano, estudantes “veteranos” desempenham esse papel, sendo um rosto amigo para auxiliar na adaptação dos colegas. Por essa razão, a Secretaria de Estado de Educação (SED) realiza nesta quinta e sexta-feira (23 e 24.11), a Formação dos Jovens Protagonistas Acolhedores, que ao voltarem para a escola terão uma dupla missão: captar colegas e executar sua formação para atuar no acolhimento no início do próximo ano letivo.

Taís Brito Dias, da Escola Estadual Presidente Médici, saiu de Naviraí para participar da formação na Capital e acredita que este momento deixará os jovens mais motivados e preparados para o ano que vem. “Quero ajudar como eu fui ajudada”, afirmou. “Estou me preparando para receber e acolher os novos alunos, para que eles percebam como é maravilhoso essa metodologia do período integral. A gente faz novas amizades e aprende até a ser uma pessoa melhor”, completou Kelvin William França Correia, da EE Julia Gonçalves Passarinho, de Corumbá.

O encontro, no Centro de Formação Mariluce Bittar, em Campo Grande, conta com a participação de cinco estudantes, do 2º ou 3º ano, de cada uma das Escolas da Autoria de Ensino Médio em Tempo Integral de Mato Grosso do Sul, acompanhados pelo diretor e um coordenador pedagógico. Weslley Amarilha, da EE Amélio de Carvalho Baís contou que quando este ano começou ele só conhecia uma pessoa na escola e que o acolhimento o ajudou na integração. “Ajuda muito quem tem vergonha de se aproximar dos colegas e estreita os laços de quem vai passar nove horas por dia juntos no colégio”, destacou.

No início deste ano, os estudantes foram acolhidos por jovens pernambucanos, egressos das Escolas da Escolha, modelo que inspirou a Escola da Autoria de Mato Grosso do Sul. “Nos primeiros dias de aula costumamos ficar sozinhos, sem muitos amigos, descobrindo um mundo novo, então esse acolhimento ajuda muito na entrada do novo aluno, dá mais segurança. Agora, estamos sendo preparados, de uma forma dinâmica, para ajudar como fomos ajudados também”, disse Alcides Prado Neto, estudante da EE Amélio de Carvalho Baís.

Na manhã desta quinta-feira, a secretária de Estado de Educação Maria Cecilia Amendola da Motta conversou com os estudantes e compartilhou um pouco da experiência vivida no Canadá, país onde esteve na semana passada para conhecer o sistema educacional, em especial o ensino médio. “A grande meta do século 21 são as competências conhecer, fazer, ser e conviver, estas duas últimas foram as que fizeram o Canadá dar um salto e justamente são as que estão faltando para gente, mas que já estamos aprendendo com este programa, incentivando o protagonismo juvenil e buscando essas competências, que nós chamamos de competências socioemocionais”, explicou Maria Cecilia.

Escola da Autoria

Mais do que ampliar o tempo de permanência dos jovens na escola, A Escola da Autoria promove a formação para a vida, buscando ampliar as referências do estudante com relação aos valores e princípios que ele constitui ao longo de sua vida nos diversos meios com os quais interage; desenvolve um conjunto pleno de competências cognitivas, bem como um conjunto de outras competências essenciais nos domínios da emoção e da natureza social; e contribui para a redução do índice de abandono e aumenta a aprovação dos estudantes no ensino médio da Rede Estadual de Ensino.

A proposta da Escola da Autoria trabalha sobre a perspectiva da formação do jovem autônomo, solidário e com as competências necessárias para o século 21. Para que isso aconteça, a matriz dessas escolas atende de forma articulada as disciplinas da Base Nacional Comum e Parte Diversificada, que incluem disciplinas eletivas, projeto de vida, estudo orientado, pós-médio, práticas experimentais e ambientes de aprendizagem entre outras práticas.

A Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul conta atualmente com 12 Escolas da Autoria de ensino médio em tempo integral: EE Amélio de Carvalho Baís, EE Professor Emygdio Campos Widal, EE José Barbosa Rodrigues, EE Lúcia Martins Coelho, EE Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, EE Severino de Queiroz, EE Maria Constança Barros Machado e EE Waldemir Barros da Silva, em Campo Grade; EE Julia Gonçalves Passarinho, Corumbá; EE Rita Angelina Barbosa Silveira, Dourados; EE Padre Constantino do Monte, Maracaju; e EE Presidente Médici, Naviraí.


Tags: Mato Grosso do Sul MS Escola da Autoria