NOTÍCIAS

Consed 10:41, 13 abr 2015 Secretários Estaduais prestigiam posse do ministro Renato Janine

Foto:

“Renato Janine Ribeiro é um ministro educador numa pátria educadora. Tenho certeza que ele irá criar, transformar, melhorar e fazer avançar a educação no nosso país”, disse a Presidente Dilma Rousseff

A Cerimônia de Posse do Ministro da Educação Renato Janine Ribeiro, na manhã desta segunda-feira (06/04), no Palácio do Planalto, foi concorrida com representantes de entidades nacionais e internacionais ligadas à educação, reitores, ministros, parlamentares e membros da academia que estiveram presentes. O Consed foi representado pelo vice-presidente e secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, também prestigiaram o evento os secretários Júlio Gregório, do Distrito Federal; Jorge Carvalho, de Sergipe; Adão Francisco, do Tocantins; Raquel Teixeira, de Goiás; Carlos Eduardo Vieira da Cunha, do Rio Grande do Sul e secretária executiva do Conselho, Nilce Rosa da Costa.

A Presidente Dilma Rousseff iniciou garantindo, que apesar da necessidade imperiosa de promover ajustes na economia e reduzir despesas no governo, os programas essenciais e estruturantes do Ministério da Educação não serão afetados. A presidente disse que no seu governo a educação tem como princípios a geração de conhecimento articulada a todas as políticas sociais e também na consolidação de economia do conhecimento. "É com a Pátria Educadora que o Brasil se tornará uma nação desenvolvida".

A presidente enumerou os quatro eixos que norteiam a Pátria Educação: o federalismo cooperativo entre estados municípios e união com um padrão nacional de investimentos e de qualidade; a mudança dos currículos por meio da Base Nacional Comum; Valorização dos profissionais tendo os diretores e professores bem remunerados, capacitados e estimulados e os investimentos em técnicas e tecnologias que potencializem ação pedagógica no dia a dia da escola.

A presidente comparou o novo ministro aos grandes pensadores da educação brasileira como Anísio Teixeira, Paulo Freire dentre outros e disse que confia na dedicação e competência de Ribeiro para conduzir o MEC a partir de agora. “Renato Janine Ribeiro é um ministro educador numa pátria educadora. Tenho certeza que ele irá criar, transformar, melhorar e fazer avançar a educação no nosso país”.

Por fim a presidente Dilma reafirmou o compromisso do governo com a educação e o esforço conjunto que será necessário para vencer os desafios sintetizando sua ideia em um pensamento de Paulo Freire que disse "se nossa opção é progressista, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito e não do arbítrio, da convivência com o diferente e não de sua negação, não temos outro caminho senão viver plenamente a nossa opção."

Transmissão do Cargo – Em seguida, no período da tarde, ocorreu a cerimônia de transmissão de cargo, na sede do MEC, e que também contou com a presença de parlamentares, secretários de estado, secretários do MEC e presidentes das autarquias e reitores de universidades.

O secretário executivo do MEC e até então ministro interino, Luiz Cláudio, falou sobre acolhida com entusiasmo do ministro Renato Janine e entendeu a indicação como um sinal concreto do compromisso da Presidente Dilma com a questão da educação.  Luiz Cláudio também afirmou que se analisarmos "qualquer indicador da educação nos últimos anos. Temos um atestado que o Brasil avançou” e completou afirmando que ainda temos muito a fazer para se alcançar novos índices com as metas do PNE.

O secretário executivo disse ao novo ministro, como uma forma também de mobilização de gestores e educadores, que “não faltará em todo Brasil a vontade e a força de vontade” que o país precisa para uma educação libertadora.

Renato Janine, que recebeu do ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, o cargo que pertenceu até março a Cid Gomes, disse em seu primeiro pronunciamento como titular da pasta que "chegou a hora de converter em realidade o bordão repetitivo de que a solução de boa parte dos nossos problemas está na educação. Isso requer a responsabilidade de cada um".

Ele destacou a educação infantil como uma dessas metas. "Devemos pensar nas crianças, no futuro daqueles que daqui a meio século estarão em nossos lugares". O novo ministro agradeceu à presidenta Dilma Rousseff a decisão de não cortar verbas de programas essenciais do MEC e disse que a pasta dará a sua contribuição aos ajustes econômicos.

Novos nomes do MEC - O novo ministro anunciou os nomes de dois novos colaboradores para as secretarias que estavam sendo ocupadas interinamente. O reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, assume a Secretaria de Educação Superior – SESU/MEC e o reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Paulo Nacif, comandará a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão SECADI/MEC.

Com informações da Agência Brasil.


Tags: Consed Portal Gestão da Educação MEC Ministro Secretários Posse Presidência do Consed