14:47, 22 jan 2016
Alfabetização

Secretários de Educação do NE reunidos no Piauí definem Pacto pela Alfabetização

Foto: Raoni Barbosa/Seduc-PI

Encontro marca início das atividades do PNAIC Nordeste - edição 2016, com a participação das redes municipais e estaduais.

O Estado do Piauí recebeu, na manhã desta sexta-feira (22/01), os secretários da Educação dos Estados Nordestinos e dirigentes municipais de Educação da região em mais um encontro promovido pelo Conselho Nacional dos Secretários de Educação – Consed Nordeste sobre o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC Nordeste). Este encontro é o último de uma sequência iniciada em Salvador e, a partir de hoje, será dado início às atividades do PNAIC Nordeste - edição 2016, com a participação das redes municipais e estaduais.

Os gestores têm o objetivo de trabalharem juntos pela capacitação e formação continuada dos professores e pela elevação das taxas de alfabetização da população estudantil dos anos iniciais do ensino fundamental. “Estamos trabalhando para que este seja um ano de atividades bem intensas de renovação e queremos, no final do ano, termos esses resultados comprovados”, afirma Manuel Palácios, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação - SEB-MEC.

De acordo com Manuel, a avaliação nacional da alfabetização da região Nordeste tem resultados pouco satisfatórios. “Temos taxas de alguns estados que alcançam 40% dos alunos do 3º ano do ensino fundamental ainda analfabetos e o objetivo é fazer com que essas taxas alcancem, por exemplo, o patamar do Ceará que, no Nordeste, tem um resultado bastante significativo, já que apresentou 15% de taxa de analfabetismo na avaliação de alfabetização em 2014”, explica.

O Governador do Estado do Piauí, Wellington Dias, esteve presente no evento e destacou a importância da parceria entre estados e municípios. Para ele, os secretários têm a missão de montar uma estratégia para o grande desafio que é trabalhar a alfabetização na idade certa, na primeira infância. “Queremos alcançar a alfabetização de toda uma geração até os 8 anos de idade. Para isso, precisamos do apoio dos estados aos municípios, já que essa parte da primeira infância é de responsabilidade dos municípios”, afirma o governador.

A secretária de Educação do Piauí, Rejane Dias, reafirma o compromisso feito por meio do PNAIC. “Fizemos o Pacto Nacional no sentido de que pudéssemos resolver o analfabetismo do país e temos o ideal de atingir 100% das nossas crianças. Vamos persistir em políticas que sejam capazes de trazer bons resultados, por isso estamos aqui alinhando estratégias para que todos os estados do Nordeste consigam avançar e, em alguns anos, alcancemos patamares que outros estados do Brasil já conseguiram obter”, garante Rejane Dias.

Durante a reunião, os secretários discutiram o suporte que deve ser dado ao professor e a importância de fazer com que a administração dos estados e municípios acompanhem os trabalhos em sala de aula. Os gestores debateram ainda sobre a quantidade de salas e professores, financiamentos e materiais didáticos que serão utilizados durante o ano.

por Joely Rocha com alterações da ASCOM/Consed

Compartilhar

Outras Notícias