NOTÍCIAS

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais 16:05, 5 set 2019 Secretaria de Educação realiza busca ativa de alunos infrequentes e cerca de 15 mil estudantes voltam às escolas

Secretaria de Educação realiza busca ativa de alunos infrequentes e cerca de 15 mil estudantes voltam às escolas

Objetivo é apoiar a permanência dos estudantes em sala de aula e garantir a conclusão de sua trajetória escolar

Os esforços da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) para levar de volta para a sala de aula o aluno que estava infrequente ou que estava quase deixando de frequentar a escola em 2019 apresentaram resultados expressivos. Em um mês de intenso trabalho, em parceria com os diretores e toda a equipe escolar, cerca de 15 mil estudantes retornaram aos estudos em todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SRES) e vão recuperar o tempo perdido neste segundo semestre do ano.

A busca ativa de alunos infrequentes teve início em julho com o objetivo de reverter um grave quadro identificado pela SEE/MG: a partir do lançamento de frequência feito pelos professores da rede estadual de ensino foi observado que 79 mil estudantes eram infrequentes em salas de aula. A situação detectada foi reforçada pelo Censo Escolar 2018, que mostrou que 82 mil jovens abandonaram os estudos nas escolas estaduais mineiras naquele ano, sendo 75% deles do ensino médio.

A secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, comemora o resultado obtido e afirma que o alcance deste tipo de campanha só é possível por meio do lançamento sistêmico de frequência dos alunos. “O registro da presença do estudante no Diário Escolar Digital (DED) é uma ferramenta que não só auxilia a identificar de que tipo de assistência o aluno precisa, mas também a pensar políticas públicas com foco na garantia da trajetória escolar de crianças e jovens, como esta busca ativa daqueles que, por algum motivo, pararam de frequentar a escola”, reforçou a secretária.

Na Escola Estadual Marques Afonso, em São Domingos do Prata, região Central de Minas Gerais, a equipe pedagógica já havia feito o levantamento de frequência dos estudantes e, no mesmo dia do lançamento da campanha de busca ativa, conseguiu fazer com que vários alunos retornassem.

“Um deles, que está matriculado no primeiro ano do ensino médio no turno da noite, voltou em julho e ainda chegou a tempo de fazer as provas de recuperação. Ele tirou notas ótimas, vai seguir o segundo semestre normalmente e diz estar com novas perspectivas para sua trajetória escolar”, disse a diretora da Marques Afonso, Hially Vieira Araújo Pessoa.

O aluno mencionado pela diretora é André Felipe de Carvalho que, após um mês sem ir à escola, repensou seus planos para o futuro. “Após um tempo ausente, vi que continuar os estudos era primordial. O telefonema da coordenadora me animou, me motivou”, disse.

Para levar de volta à sala de aula vários alunos que pararam de frequentar a Escola Estadual Professor José Saint Clair Alves, em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, a vice-diretora Carmen Lúcia Valotti partiu, literalmente, para a busca ativa. “Fui às ruas atrás dos meus estudantes. Trabalho na escola há anos, moro na comunidade, conheço todos. Conversei com eles, com seus responsáveis, anunciei até em um carro de som que eles tinham que voltar a estudar. Conseguimos o retorno de mais de 20 jovens”, disse Carmen.

Os estudantes que retornarem à escola após a busca ativa terão sua frequência monitorada por meio dos lançamentos realizados no DED e receberão acompanhamento pedagógico para que tenham condições de acompanhar os colegas.

Lançamento de frequência
Para que a campanha de busca ativa dos alunos infrequentes tenha sucesso, é fundamental que os professores façam cotidianamente o lançamento de frequência dos estudantes. E é isso que está acontecendo em toda a rede estadual de ensino. Leia mais sobre o lançamento de notas e presença.


Tags: MG Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais seemg