NOTÍCIAS

Secretaria da Educação do ES 13:41, 1 mar 2021 Secretaria da Educação inicia Avaliação Diagnóstica dos alunos

Secretaria da Educação inicia Avaliação Diagnóstica dos alunos

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, anunciou, nesta segunda-feira (1º), durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais da Secretaria da Educação (Sedu), as Diretrizes Operacionais e Pedagógicas da Avaliação Diagnóstica 2021. Essa avaliação tem como principal objetivo diagnosticar as aprendizagens/habilidades desenvolvidas pelos estudantes em 2020 para nortear o planejamento das equipes pedagógicas escolares.

Vitor de Angelo, iniciou sua fala lembrando a importância da Avaliação Diagnóstica, para o processo de ensino e aprendizagem. “Até início do ano passado, tínhamos um ambiente estrutural escolar basicamente conhecido. Com a pandemia, tivemos que tomar medidas de imediato. Todo nosso esforço, em primeiro lugar, buscou estruturar as condições de ensino para que o estudante pudesse aprender e implantamos o Programa Escolar. No segundo semestre, essa preocupação com a aprendizagem estava muito explicita. É fato que os avanços não foram tão grandes como a gente desejava, parte porque até julho as escolas continuaram fechadas, parte pois outubro a escola voltou, mas a presença dos estudantes foi baixa e menor do que precisaria para uma avaliação maciça”, disse.

“Para 2021, nos organizamos para fazer uma grande Avaliação Diagnóstica. A ideia é que neste primeiro trimestre possamos fazer a avaliação dos alunos que estão matriculados e frequentando as aulas. Com esse resultado, a gente espera fazer as intervenções pedagógicas para o segundo e terceiro trimestre. Fazemos um apelo para que todos façam essa avaliação. É muito importante que os estudantes se engajem nesse processo, assim como professores, pedagogos e todos das equipes escolares. Quanto mais próximo chegarmos ao número de pessoas, mais efetiva será a política de intervenção pedagógica”, explicou o secretário.

A subsecretária de Avaliação e Planejamento da Sedu, Isaura Nobre, reiterou a importância no processo educativo. “Buscamos mediar a aprendizagem escolar com a Avaliação Diagnóstica e identificar as deficiências ao longo de 2020, pensando na radiografia para que possamos traçar políticas mais efetivas dessas aprendizagens defasadas”, afirmou Isaura Nobre.

A avaliação é um ato pedagógico, pelo qual, mediante seus resultados, os estudantes tomam consciência de sua progressão na aprendizagem e de suas necessidades. Ao mesmo tempo, os professores a utilizam como subsídio para tomar decisões, avaliar sua própria prática, e buscar outras formas de planejamento, conteúdos, estratégias e maneiras de abordar os contextos, visando oferecer novas possibilidades de aprendizagem.

Além disso, a Avaliação Diagnóstica possibilita realizar o levantamento da situação do aluno em relação às aprendizagens adquiridas e ao currículo proposto, identificando as possíveis defasagens no aprendizado, e, a partir dessas análises, ter uma melhor compreensão da turma em relação às habilidades e pré-requisitos necessários à continuidade do processo educativo. Nesse sentido, a avaliação diagnóstica orienta o trabalho docente, sendo, portanto, extremamente importante para a retomada do ano letivo.

As Avaliações Diagnósticas 2021 foram elaboradas pela Secretaria de Estado da Educação (Sedu), em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF), com base no Currículo do Espírito Santo (Educação Infantil e Ensino Fundamental) de 2018 e no Currículo Básico Escola Estadual (Ensino Médio) de 2009.

Avaliação Diagnóstica 2021

A Avaliação Diagnóstica será realizada, por ano/série, entre 01 e 14 de março, por meio impresso e digital. O formato impresso será aplicado para todos os alunos das séries iniciais (3º ao 5º ano) do Ensino Fundamental. Já a avaliação digital será aplicada aos estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio Regular que tenham acesso à internet, em casa ou na escola. O estudante poderá ter acesso às avaliações por meio da plataforma Google Sala de Aula ou pelo Aplicativo EscoLAR. O link da avaliação estará disponível na sala de aula do estudante.

Confira o cronograma de aplicação:

Ensino Fundamental - Anos Iniciais (3º ao 5º ano)01/03 a 14/03: Língua Portuguesa e Matemática

Ensino Fundamental - Anos Finais (6º ao 9º ano)01/03 a 07/03: Língua Portuguesa, Ciências e Geografia
08/03 a 14/03: Matemática, História e Inglês

Ensino Médio Regular (1ª à 3ª série)01/03 a 07/03 : Língua Portuguesa, Física e Geografia, Filosofia e Sociologia (somente para 2ª e 3ª série)
08/03 a 14/03 : Matemática, Biologia, Química, História e Inglês

Dúvidas frequentes:

Como podemos ajudar os estudantes que não conseguem realizar as avaliações em formato digital em suas residências?Cada escola, a partir de sua realidade, deverá organizar a disponibilização das avaliações em formato impresso ou em formato digital (por meio da utilização dos laboratórios de informática, chromebooks ou dispositivos eletrônicos dos próprios alunos) a todos os estudantes.

Deve-se garantir a disponibilização das avaliações diagnósticas, em formato impresso para realização domiciliar, aos estudantes que não têm acesso à internet e que estejam amparados por legislação específica (com comorbidade, enfermos, gestantes e outros), devidamente comprovado por meio de atestado médico.

O estudante que não tenha acesso à internet e não esteja frequentando as aulas presenciais poderá, por meio da autorização de seu responsável, permanecer na unidade de ensino (apenas para a realização das avaliações diagnósticas), nos dias e horários previamente agendados pela unidade de ensino.

Os estudantes, público-alvo da educação especial, farão as avaliações diagnósticas?É de responsabilidade da unidade de ensino, organizar a dinâmica de aplicação das avaliações diagnósticas garantindo o apoio e o suporte necessário (intérprete, leitor, prova ampliada...) ao estudante, público-alvo da educação especial, assegurando todas as condições necessárias para que tenha acesso adequado à avaliação diagnóstica, de acordo com a deficiência apresentada.

Além das avaliações, os estudantes, nas semanas de aplicação, também realizarão as APNPs?Os professores dos componentes curriculares contemplados pela avaliação diagnóstica ficarão isentos de postagem de APNP, em sua respectiva semana de aplicação, a fim de possibilitar que auxiliem a escola na inserção das respostas dos alunos (que realizarão as avaliações em formato impresso) na plataforma do CAEd e monitorem/apoiem os estudantes, incentivando a participação de todos.

O que fazer se o aluno acessar o Google Sala de Aula, mas não aparecer a postagem da Avaliação Diagnóstica?

Conferir o cronograma, verificando se está no período correto da postagem; verificar se houve a postagem, com o link de acesso, na Sala Google do referido aluno; conferir se o aluno está acessando a aba “Atividades” do Google Sala de Aula; caso o aluno esteja acessando a avaliação por computador, pedir que atualize a página, utilizando o comando F5 do teclado ou diretamente no navegador de internet. Lembre-se: o ideal é usar o navegador Google Chrome para evitar incompatibilidade; caso o aluno esteja acessando a avaliação pelo Aplicativo EscoLAR, solicitar que ele saia totalmente da conta institucional e faça o login novamente; caso o aluno esteja acessando a avaliação pelo Aplicativo EscoLAR e o problema persistir, solicitar ao estudante que desinstale o aplicativo e o instale novamente.

O que fazer se o aluno acessar o Google Sala de Aula, clicar no link da Avaliação Diagnóstica, mas não conseguir fazer o login para acessar a prova?

Verificar a data de efetuação de matrícula do aluno: existe o prazo de até sete dias para liberação do acesso às Avaliações Diagnósticas após a data de matrícula. A liberação de acesso ao Google Sala de Aula é mais rápida, assim o aluno pode acessar a Sala Google, mas ainda não conseguir acessar a Avaliação Diagnóstica; ultrapassado o prazo de sete dias, pode tratar-se de instabilidade momentânea da internet; Caso o problema persistir, enviar e-mail para avaliacao@sedu.es.gov.br com o nome completo do aluno, o RA (nº de matrícula) e o e-mail institucional do estudante.

O aluno fez a avaliação de um componente curricular, porém as outras não aparecem no Google Sala de Aula, o que fazer?

As provas serão postadas em blocos (por semana), ou seja, para cada bloco há um único link que direciona diretamente à plataforma do CAEd, onde estarão as avaliações de vários componentes curriculares, conforme cronograma.

Oriente o aluno a, quando acessar a plataforma do CAEd, rolar a página. Assim, ele verá os outros cadernos de teste (dos demais componentes curriculares). É só clicar sobre o caderno de teste desejado para ter acesso às avaliações. Conferir os passos das perguntas de Nº4 e Nº5.

Como concluir a avaliação? Aparece a opção de encerrar a avaliação?

Não existe um botão ou opção de concluir a avaliação. As respostas são salvas automaticamente a cada questão que o aluno responde.

O aluno pode reabrir e editar as respostas durante todo o período em que a prova estiver disponível, conforme o cronograma.

A orientação é que, ao chegar à última questão do caderno de teste, o aluno clique em REVISAR, assim, aparecerá a lista de todas as questões (atividades) e suas respectivas situações (preenchida ou em aberto). Se o aluno já preencheu todas as questões, ele já finalizou a avaliação diagnóstica daquele componente curricular.

8) Consta para a escola que o aluno não realizou a prova?

Caso o aluno tenha feito a avaliação diagnóstica corretamente, o sistema pode demorar até duas horas para processar essa informação, até que esteja disponível no painel de monitoramento.

Dúvidas e informações: Subgerência de Avaliação Educacional (SAE), através do e-mail avaliacao@sedu.es.gov.br ou dos telefones 3636-7812 / 3636-7813.

ALUNO: Confira AQUI o Manual de Instruções para acesso às Avaliações Diagnósticas

DIRETORES E SREs: Confira AQUI o Manual de Instruções para acesso às Avaliações Diagnósticas

Diretrizes Operacionais e Pedagógicas

Confira a live na íntigra pelos canais:

▶️ Youtube: https://bit.ly/3qU9yhh

▶️ Instagram: https://bit.ly/3dQlehA

Informação à Imprensa:Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon


Tags: ES Sedu ES Secretaria da Educação do ES