14:09, 20 ago 2015
Mobilização

Secretaria da Educação debate novo currículo para 2016

Foto:

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abre o debate para construção de novo currículo para 2016. Para isso, está mobilizando educadores e profissionais da Educação para discutir os assuntos que os estudantes deverão aprender na sala de aula. As contribuições dos educadores baianos serão enviadas para compor a Base Nacional Comum Curricular, do Ministério da Educação (MEC), que vai valer para todo o país.

“Nós precisamos assegurar a inserção de questões importantes não apenas para a formação do povo baiano, mas para a formação do brasileiro. É necessário discutirmos as questões que devem ressoar no currículo nacional, como a História da Bahia e a cultura do rio São Francisco, que fazem parte da construção deste país”, explica a professora Valdirene Oliveira Souza, diretora de Currículo e Inovações Pedagógicas da Secretaria da Educação.

Para assegurar a maior participação no debate, a Secretaria da Educação do Estado está realizando ações junto às Secretarias Municipais de Educação, Conselhos de Educação, Universidades, Fóruns de Educação e Núcleos Regionais de Educação, além de associações ligadas a professores e escolas da rede pública e privada. “Estamos buscando a aproximação com todas as entidades educacionais, pois queremos contar com a participação do maior número de professores tanto na capital, como no interior”, afirma a professora Valdirene Souza.

Todas as contribuições para a construção do novo currículo serão registradas por meio de um sistema, que será disponibilizado no portal do Ministério da Educação, a partir do dia 15 de setembro. Até lá, a Secretaria da Educação espera concluir o documento com todas as contribuições dos professores baianos. Na oportunidade, também estará disponível um documento desenvolvido por 116 educadores de Instituições de Ensino Superior e Educação Básica de todo o país, selecionados pelo MEC, que indicará um documento preliminar nacional.

Compartilhar

Outras Notícias