NOTÍCIAS

Santa Catarina 15:53, 2 mar 2018 Secretaria da Educação de Santa Catarina lança programa Mais Saber SC

Foto: Thiago Marthendal

Manter os estudantes mais tempo na escola realizando diferentes atividades e melhorando o seu desempenho escolar é o foco do novo Mais Saber SC, ofertado pela Secretaria de Estado da Educação. O programa irá atender as escolas que ofertavam o Programa Mais Educação do MEC no ano passado.

Em 2017, 354 escolas estavam no programa em Santa Catarina. Porém, para este ano, o MEC selecionou 67 escolas para continuar no projeto, sendo apenas 28 ofertantes em 2017 e 39 novas escolas para 2018. Dentre estas 67 escolas selecionadas nos padrões do MEC, 44 fizeram adesão e terão o Programa. As demais escolas, que não foram selecionadas pelo Ministério da Educação, foram convidadas a migrar para o Programa Estadual Novas Oportunidades de Aprendizagem (PENOA), sendo que 201 escolas delas aderiram. Elas irão atender os alunos 3 vezes por semana com leitura, escrita, cálculo e esporte.

Para as outras escolas, a Secretaria de Estado da Educação está lançando o Programa Mais Saber SC no mesmo modelo do Mais Educação/MEC, ou seja, com 15h semanais igual a 20 aulas, que serão 4 vezes por semana no contraturno. As aulas de leitura, escrita, cálculo, esporte e arte serão ministradas por professores habilitados.

“Desta forma estamos dando oportunidade para as escolas, que participavam de um programa federal, continuarem com suas práticas pedagógicas, porém em um programa estadual. As escolas foram convidadas a participar e tem livre escolha em aderir ou não”, destaca a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene Pacheco.

Segundo o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, o Governo do Estado irá investir cerca de R$ 10 milhões no novo programa. “Queremos dar continuidade as ações que já eram realizadas nas escolas estaduais. Nossos alunos e nossas escolas merecem, pois a educação em tempo integral tem melhorado o desempenho e o aprendizado dos estudantes”, destaca.

Atualmente, a Secretaria de Estado da Educação conta com 689 escolas no Programa Estadual de Educação em Tempo Integral, ou seja, que ofertam atividades também no contraturno. São diferentes programas tanto para alunos do Ensino Fundamental como para os alunos do Ensino Médio. O  Programa Estadual Novas Oportunidades de Aprendizagem (PENOA), por exemplo, está presente em 320 escolas e o Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI) em 30 escolas.

“Temos cerca de 16% dos nossos estudantes tendo aulas e atividades diferenciadas no contraturno. A meta do Plano Estadual de Educação (PEE/SC)  é alcançar 40% em 2024. Porém, se levarmos em consideração no número de escolas já ultrapassamos a meta estimada”, explica Deschamps.

Tags: Santa Catarina Educação Integral Mais educação SC