NOTÍCIAS

Paraná 12:27, 21 dez 2015 Sebrae e Secretaria vão levar educação empreendedora a escolas

Diretor do Sebrae-PR, Edson Campagnolo e secretária da Educação, professora Ana Seres.
Foto: Luis Felipe Miretzki/Eficaz

Parceria inédita entre o Sebrae/PR e a Secretaria de Estado da Educação (Seed) vai levar educação empreendedora a alunos do Ensino Fundamental II e Médio de escolas públicas do Estado, a partir de 2016. O convênio foi firmado na manhã desta segunda-feira, dia 14, pela secretária estadual de Educação, Ana Seres, pelo presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/PR, Edson Campagnolo, e pelo diretor-superintendente da entidade, Vitor Roberto Tioqueta. O objetivo do projeto-piloto é capacitar 320 professores de 64 escolas (duas de cada Núcleo Regional de Ensino), que trabalharão os conteúdos com 3,5 mil alunos do contraturno escolar, a chamada jornada ampliada, ao longo do próximo ano. A ideia é que o projeto seja estendido aos 399 municípios, nos anos seguintes.

Criada em 2013, a linha estratégica Educação Empreendedora, uma das seis trabalhadas pelo Sebrae/PR, já contemplava projetos em instituições de Educação Infantil, Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) e Superior. "O Fundamental, fase 2, que engloba do 6º ao 9º ano, e o Ensino Médio eram o elo da corrente que nos faltava. Foi aí que surgiu essa proposta de trabalho em conjunto com o governo do Estado para 2016. Será um ano de desafios e menos recursos para todos, mas prevaleceu a vontade das duas partes para avançarmos", destaca Vitor Roberto Tioqueta.

De acordo com a secretária de estado da Educação, Ana Seres, a intenção do projeto é dar continuidade ao trabalho de educação empreendedora iniciado com os estudantes na rede municipal. Por isso, as escolas estaduais selecionadas neste primeiro momento estão em 109 municípios que já implantam o projeto do Sebrae na Educação Infantil e no ciclo 1 do Ensino Fundamental (níveis de responsabilidade das prefeituras). "Já tive a oportunidade de fazer um trabalho em parceria com o Sebrae quando fui secretária municipal de educação, há 18 anos, em Pato Branco, sudoeste paranaense. Agora, vamos para o macro, inserindo a educação empreendedora como um dos carros-chefes dos nossos projetos de educação ampliada", situa Ana Seres.

Além da existência dos projetos de educação empreendedora do Sebrae na educação municipal, outro critério para a seleção de escolas estaduais para o piloto foi a participação no Programa Família Paranaense, que contempla regiões de menores Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). "Acreditamos que o empreendedorismo pode alavancar o desenvolvimento na região. Outro ganho é a formação continuada dos nossos professores e a oferta de material didático por parte do Sebrae", ressalta o chefe do departamento de educação básica da Seed, Cassiano Ogliari.

Gestora da linha Educação Empreendedora do Sebrae/PR, Rosângela Angonese recorda que o comportamento empreendedor deve ser estimulado em todas as fases do ensino, uma vez que se trata de um saber essencial para a inserção no mercado de trabalho. Segundo ela, mais de 100 mil crianças paranaenses já foram alcançadas pelo projeto, nos 109 municípios que contam com parcerias com a entidade. "Nesses dois anos de atividades, temos depoimentos de pais e professores atestando que a criança mudou o comportamento em casa e na escola, se tornou mais independente e responsável a partir das aulas de empreendedorismo."

Rosângela explica que o papel do Sebrae/PR será capacitar os 320 professores no mês de março e fornecer o material didático próprio para cada série. Ao longo de 2016, os alunos do 6º ao 9º ano terão duas aulas semanais, com 2 horas de duração cada. No Ensino Médio, os estudantes receberão conteúdos de educação empreendedora durante 84 horas do contraturno escolar.

Cada escola comporá três turmas para trabalhar os conteúdos: uma formada por alunos do 6º e 7º ano, outra por alunos do 8º e 9º ano e a última pelos estudantes dos três anos do Ensino Médio.

Tags: Paraná Parcerias Sebrae PR Empreendedorismo