NOTÍCIAS

Distrito Federal 16:20, 1 nov 2019 Saeb: secretário de Educação pede apoio a diretores

Saeb: secretário de Educação pede apoio a diretores

Mais de 83 mil estudantes da rede pública devem fazer as provas

O secretário de Educação do Distrito Federal, João Pedro Ferraz, recebeu gestores escolares do Ensino Médio e coordenadores regionais de ensino para falar sobre a importância da participação nas provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que serão realizadas de 4 a 8 de novembro. Na edição de 2017, apenas 11% das 92 escolas desta etapa tiveram suas notas divulgadas, por não cumprirem os critérios de quórum.

“A avaliação é um instrumento que nos possibilita disponibilizarmos os melhores meios  de entregarmos à sociedade uma educação de excelência, porque viabiliza o planejamento das ações. Peço que todos façam um esforço no sentido de incentivar os estudantes a realizarem as provas do Saeb. Tenho certeza de que o que mais interessa a todos é que tenhamos uma educação de excelência e temos condições de realizar muito, com vontade política e a união em torno desse objetivo”, disse o secretário.

No Distrito Federal, farão provas de Língua Portuguesa e de Matemática 32 mil estudantes do 5º ano, 30,3 mil do 9º ano e 20,6 mil do 3º ano do Ensino Médio da rede pública. Na rede privada, as mesmas provas serão realizadas por uma amostragem de estudantes, não divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do governo federal responsável pelo exame.

Nas coordenações regionais de ensino, foi feita uma sensibilização junto às escolas. Em Ceilândia, todas as unidades foram visitadas todas as unidades. “Conversamos com os professores, coordenadores pedagógicos e diretores para falar dos resultados das edições anteriores, dos desafios que as escolas enfrentavam e da importância de termos este mapa da educação”, pontuou o coordenador regional de Ceilândia, Marcos Antônio de Sousa.

No CED 01 do Guará, onde 160 estudantes do 3º ano farão as provas, o vice-diretor, Wellington Alves Cardoso, contou que foi feita uma grande mobilização junto aos estudantes. “Buscamos orientar para que façam as provas dando seu melhor, porque o retorno para a escola e a própria comunidade é muito significativo, no sentido das ações que vão ser desenvolvidas a partir do diagnóstico”, disse o gestor.

O Saeb é realizado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do MEC, a cada dois anos, nas redes municipais e estaduais de educação. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), esta edição é a maior da história do exame, com previsão de mais de 7 milhões de participantes em todo o País, nas áreas urbana e rural.

Também serão aplicadas por amostra, nas redes pública e privada, provas de Ciências da Natureza e de Ciências Humanas para o 9º ano, e de Língua Portuguesa e de Matemática para o 2º ano do Ensino Fundamental. Ainda por amostragem, serão avaliadas as condições de oferta da Educação Infantil (creche e pré-escola) pública ou conveniada, mas por meio de questionários para o secretário de educação, diretores e professores.

Málcia Afonso, Ascom/SEEDF

Tags: DF Distrito Federal #DF