NOTÍCIAS

investimento 10:03, 11 ago 2020 Região do Marajó no PA vai receber oito escolas revitalizadas

Região do Marajó no PA vai receber oito escolas revitalizadas

Secretaria de Educação do Pará (Seduc) quer alavancar os indicadores do ensino público no arquipélago por meio do Programa Alfaletra Marajó

A educação tem sido uma das prioridades do atual governo como forma de oferecer aos jovens a oportunidade de um futuro melhor. Entre as medidas priorizadas, está a recuperação estrutural das unidades de ensino. No Marajó, região com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Pará, a comunidade escolar vai receber em breve oito escolas estaduais revitalizadas. 

No arquipélago marajoara, as reconstruções estão adiantadas, com obras de reforma e ampliação. Em Salvaterra, a Escola de Ensino Médio Prof. Ademar Nunes Vasconcelos encontra-se com 97% da reforma concluída. Localizada na sede do município, a escola vai garantir aos 463 alunos um novo espaço de ensino e aprendizagem com mais salas de aulas e espaços de vivência.

“A expectativa é enorme, sobretudo quando os alunos andam em toda a escola, e veem que a escola passou por climatização nas salas”, comentou o diretor da escola Leopoldina Guerreiro, Pedro Coelho. 

Em Chaves, a Escola Magalhães Barata também está prestes a ser entregue, assim como em Afuá e Portel, onde as Escolas Leopodina Guerreiro e Nicias Ribeiro, respectivamente, devem ser concluídas ainda em 2020.

As três unidades são reformadas pela primeira vez. “Estamos ansiosos e curiosos para saber o que mudou, o que foi acrescentado, espaços que não tínhamos antes e agora foram contemplados como: sala do Atendimento de Educação Especializado, sala de leitura, sala de vídeo, sala multifuncional”, diz a diretora da escola Magalhães Barata, Marinilza Loureiro.

Nestas unidades e em outras duas (Escola Delgado Leão, em Cachoeira de Arari, e Escola Presidente Tancredo de Almeida Neves, em Melgaço) as obras têm o financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O Banco responde por cinco das oito obras que estão em andamento na região marajoara. 

Com recursos próprios e do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) o Governo do Estado também entregará nos próximos meses a Escola Estadual Gasparino Batista da Silva, em Soure, e a Escola de Ensino Fundamental e Médio Umarizal, em Cachoeira do Arari.

As obras estão com cerca de 80% concluídas, assim como a Escola de Ensino Técnico de Breves, que terá capacidade para receber 1.440 alunos. Os cursos ofertados, inicialmente, serão escolhidos de forma que atendam a demanda socioeconômica de cada município.

Secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga frisou o compromisso do governo estadual com a qualidade da educação no arqupélago. "Estamos projetando esses investimentos no Marajó, não só na recuperação estrutural das escolas, mas também no reforço pedagógico, através do Programa Alfaletra Marajó para alavancar os indicadores da educação nessa região”. 


Tags: Educação PA Escolas investimento