NOTÍCIAS

Leitura Educacional 15:50, 11 mai 2016 Projeto desperta gosto pela leitura em estudantes

Projeto desperta gosto pela leitura em estudantes
Foto: Seduc-MT

O projeto “É Hora de Leitura”, desenvolvido pela Escola Estadual Alexandre Quirino de Souza, em Porto Alegre do Norte, tem despertado nos alunos do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) o gosto por ler e a imersão no universo da literatura. O objetivo é encantar o espaço escolar, tornando a leitura uma prática prazerosa, indispensável ao desenvolvimento do pensamento crítico, autônomo e criativo das crianças.

Iniciado em 2014, o projeto beneficia cerca de 250 estudantes e inclui várias atividades. As professoras pedagogas, caracterizadas de bonecas de pano, Eveliny de Lima Julião, idealizadora do projeto (boneca Amália), e Marlúcia de Oliveira Ferreira (boneca Amélia) protagonizam as ações e levam para as salas de aulas o “Carrinho de Leitura”, repleto de livros de literatura infantil. “Durante as visitas realizamos ainda brincadeiras, cantigas de roda, narrativas de histórias, danças, dramatização, dando dimensionamento da leitura com muita diversão”, explica a Marlúcia, que também é uma das coordenadoras pedagógicas da escola.

Na oportunidade, as professoras dramatizam poesias. Em abril, elas escolheram o poema “A Caixa Mágica de Surpresa” de Elias José. “Pretendemos que, além de participar das leituras selecionadas, as crianças se sintam motivadas cada vez mais e tenham a iniciativa de buscar outras leituras”, afirma Eveliny, destacando que o projeto possibilita momentos lúdicos, a apreciação, o contato e a manipulação de obras literárias, por meio de uma prática pedagógica eficiente que contribua para a formação de leitores.

A diretora da escola, Maria Rosalina Ferreira Paços, diz que a atividade traz emoções múltiplas. De acordo com ela, a escola busca conhecer e desenvolver na criança as competências da leitura e da escrita e como a literatura infantil pode influenciar de maneira positiva neste processo. “A intensão é inovar a cada ação do projeto, para que possamos desenvolver o interesse e o hábito pela leitura, que é um processo constante, que começa muito cedo em casa, e aperfeiçoa-se na escola e continua pela vida inteira”, observa.

O projeto conta com apoio da gestão da escola que investe recursos, tanto nos utensílios pedagógicos, como também na aquisição de novas coleções de livros de literatura e de gibis, entre outros, ampliando o acervo de livros da Biblioteca da escola.

Incentivo

Para contribuir com o processo de desenvolvimento do hábito de leitura é importante que as escolas utilizem alguns procedimentos pedagógicos, como o convívio contínuo com histórias, livros e leitores; valorização do momento da leitura; disponibilidade de um acervo variado; tempo para ler, sem interrupções; espaço físico agradável e estimulante; oportunidades para que expressem, registrem e compartilhem interpretações e emoções vividas nas experiências de leitura.

Neste contexto, o secretário adjunto de Política Educacional da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Gilberto Fraga de Melo, enumera pontos importantes como o acesso à orientação qualificada sobre porquê, o quê, como e quando ler. “Nessa perspectiva, vale ressaltar a relevância do contato permanente das crianças com os livros, para que elas possam conviver com suas histórias desde cedo”.

​Ele lembra ainda que a preocupação com a leitura não deve se restringir somente aos professores de português, mas a todos, de todas as áreas. “Devemos nos voltar para a construção de futuros leitores competentes, trabalhando a interdisciplinaridade e estimulando o aluno a ser sujeito do seu próprio aprendizado”, finaliza.​

Viviane Saggin
Assessoria Seduc-MT


Tags: MT seducmt Leitura Educacional