NOTÍCIAS

Alagoas 14:12, 20 dez 2019 Projeto criado por estudantes da rede estadual é aprovado por Câmara de Vereadores

Projeto criado por estudantes da rede estadual é aprovado por Câmara de Vereadores

Plano para construção de um aterro sanitário dos alunos da Escola Luiz Augusto Azevedo de Menezes, da cidade de Delmiro Gouveia, foi outorgada pelos vereadores da cidade

A preocupação com a comunidade, o meio ambiente e a cidade onde vivem instigou os estudantes do ensino integral da Escola Estadual Luiz Augusto Azevedo, de Delmiro Gouveia, alto sertão alagoano, a desenvolverem um projeto de Saneamento Básico. A concepção visa a construção de um aterro sanitário na cidade. Desenvolvido em sala de aula, o projeto surgiu no Projeto Integrador (PI), e foi entregue junto a um abaixo-assinado à Câmara de Vereadores que votou e aprovou a inclusão do projeto no plano de saneamento básico do município.

O grupo de 43 alunos, da 1ª série “A” do ensino médio, discutiram sobre a importância da ação cidadã e como isso contribuiria na construção um meio saudável. A iniciativa contou com a participação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, onde eles apresentaram o plano de saneamento básico com o projeto de construção do aterro sanitário, onde os alunos apresentaram a necessidade construção para o solo e meio ambiente.

Por meio de cartazes alunos buscaram conscirenizar a população sobre o descarte correto do lixo Fotos Cortesia Escola Luiz Augusto

Atrelado aos interesses dos estudantes e da comunidade, intervindo de forma positiva no território, os estudantes foram coordenados pela professora Wanubya Maria Menezes da Silva e fizeram um levantamento sobre as problemáticas que os alunos mais se preocupavam na cidade. Uma delas foi os canais de esgoto a céu aberto que existem no município, gerando debates relacionados ao meio ambiente, saúde e cidadania.

Alunos da Escola Estadual Luiz Augusto apresentaram proposta de criação de aterro sanitário da cidade Fotos Cortesia Escola Luiz Augusto

Para a professora Wanúbia Maria, o projeto foi relevante tanto para o aprendizado, quanto para a prática da cidadania. “Depois da entrega do abaixo-assinado os vereadores colocaram o projeto em pauta e felizmente foi aprovado. A prática cidadã vai muito além do voto, mas que esse se realiza no dia a dia. É também uma grande conquista realizar uma intervenção positiva na comunidade, pois é justamente a população mais pobre que geralmente fica próxima aos lixões, sendo as mais afetadas pelas doenças que o acúmulo de lixo provoca, o que meus alunos também aprenderam. Esperamos agora que o projeto aprovado seja executado”, conclui a professora.

Alunos da Escola Estadual Luiz Augusto apresentaram proposta de criação de aterro sanitário da cidade 3 Fotos Ascom Câmara de Vereadores de Deilmiro

Para o estudante Wilker Lima da Souza, que participou das ações, o projeto focou em beneficiar a população do município com ações voltadas à preservação ao meio ambiente. “Nós pesquisamos e chegamos ao dado de que cada pessoa do município gera um quilo de lixo por dia. Delmiro Gouveia conta com aproximadamente 50 mil habitantes. Então, são 50 mil quilos de lixo por dia. Se esses resíduos não tiverem a destinação correta causarão uma série de problemas como a produção de chorume, que afetará os lençóis freáticos e o solo que ficaria inviabilizado para a produção agrícola”, explica o estudante.

O estudante ainda conta que o lixo da cidade é levado para outro município, o que um custo elevado. Havendo um aterro na cidade, municípios vizinhos também poderia fazer o descarte do lixo no local, gerando economia na locomoção do lixo. Por meio de cartas na cidade, buscaram conscientizar as pessoas sobre o descarte correto do lixo. O projeto foi entregue no mês passado ao presidente da câmara, Ezequiel de Carvalho Costa, que parabenizou a iniciativa elaborada pelos alunos.


Tags: Educação Integral Alagoas AL Rede Pública Estadual Integração meio ambiente Escola para a comunidade