NOTÍCIAS

Secretaria de Educação do Rio de Janeiro 19:21, 8 mai 2018 Programa social beneficiará alunos da rede pública estadual de ensino

Marcia Costa
Foto: Marcia Costa

Em 419 escolas serão desenvolvidas atividades complementares ligadas a arte, cultura, esporte, lazer, comunicação e cultura digital e tecnologias

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) do Rio de Janeiro desenvolverá um programa social voltado a alunos de 419 escolas públicas na Região Metropolitana e no interior do estado. Por meio da iniciativa, serão realizadas atividades complementares de acompanhamento pedagógico e relacionadas a diferentes áreas, tais como: arte, cultura, esporte, lazer, comunicação e cultura digital e tecnologias. As ações devem começar este mês e acontecerão até o final deste ano.

As oficinas, que acontecerão no contraturno, serão: coral; dança de rua; grafite; teatro; artesanato; rádio; jornal; fotografia; atletismo; futebol; basquete; capoeira; skate; entre outras. As atividades contarão com monitores, que poderão ser alunos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática; que se destacaram em outras olimpíadas do conhecimento ou estudantes que possuem bom desempenho nas disciplinas de Português e de Matemática. Graduandos de Licenciatura também poderão ser selecionados.

– Uma das ideias é fortalecer esse vínculo social e envolver toda a comunidade para melhorar a qualidade de ensino da rede pública no Rio de Janeiro – diz o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

O secretário também explica que as atividades fazem parte do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro e os recursos foram disponibilizados pelo Governo Federal, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

– Conforme foi anunciado no final do ano passado, o Ministério da Educação liberou cerca de R$ 18 milhões para a rede estadual de ensino. Parte dos recursos está sendo utilizada pelos diretores para pequenos reparos nas unidades de ensino e a outra parte será destinada para a realização e o pagamento das oficinas – esclarece.



Tags: RJ Secretaria de Educação do Rio de Janeiro