NOTÍCIAS

Rio Grande do Sul 10:45, 7 mar 2016 Programa possibilita que empresas e pessoas físicas contribuam para melhorias nas escolas estaduais gaúchas

Escola São Francisco de Assis, de Porto Alegre, recebeu de uma empresa do ramo de certificação digital a doação de netbooks e a instalação de wi-fi em todo o prédio. Programa Escola Melhor: Sociedade Melhor permite que empresas e pessoas físicas firmem parcerias com as escolas estaduais do Rio Grande do Sul.
Foto: Evandro Oliveira, Secretaria da Educação do RS.

Implementado em dezembro de 2015, o Escola Melhor: Sociedade Melhor alcançou em menos de três meses a adesão de 80 estabelecimentos de ensino

Um programa implementado em dezembro de 2015 no Rio Grande do Sul já rende frutos no início do ano letivo de 2016. Trata-se do Escola Melhor: Sociedade Melhor, que permite que empresas e pessoas físicas firmem parcerias com as 2,5 mil escolas estaduais, proporcionando a doação de equipamentos, materiais, serviços e até mesmo recursos financeiros, sempre de forma transparente e com o aval da comunidade.

O Escola Melhor foi instituído pela Lei Nº 14.734. Para participar, o estabelecimento de ensino deve apresentar a ideia aos professores, pais e alunos, através do Conselho Escolar. Aprovada a proposta, a direção preenche o Termo de Adesão e o encaminha para a Secretaria Estadual da Educação, acompanhado da ata da reunião do Conselho.

Em menos de três meses foram 80 adesões de escolas, número que a coordenadora do programa, Camila Paim, considera satisfatório, pois o lançamento ocorreu durante o processo de eleição de diretores e, posteriormente, recesso escolar.

“A gente só consegue avançar quando acontece este envolvimento da escola com a sua comunidade, atuando em conjunto com quem está ao seu redor”, opina o secretário de Educação do Rio Grande do Sul, Vieira da Cunha, que acrescenta que o objetivo principal foi criar um processo de adesão totalmente desburocratizado.

Escola iniciou o ano letivo com netbooks doados através do Programa

A Escola São Francisco de Assis, de Porto Alegre, começa o ano letivo de 2016 com internet wi-fi em todo o prédio e cem netbooks educacionais à disposição dos quase 200 alunos. A instalação do sistema e metade dos computadores foi doada pela empresa Safeweb, que atua no ramo de certificação digital. O restante dos equipamentos foi adquirido pelo Governo do Estado.

A entrega simbólica ocorreu recentemente, com a presença do secretário Vieira e do presidente da empresa, Luiz Carlos Zancanella.

“O Luiz acredita na Educação e desenvolveu uma ferramenta de leitura digital, para ajudar os alunos no desenvolvimento. Em seguida, nos procurou para implementar o projeto aqui na escola. Tivemos capacitação (fornecida pela própria empresa) inclusive nas férias, e algumas professoras já têm várias aulas prontas no sistema”, conta a diretora Denise Feijó Leal.

De acordo com Denise, nos próximos anos o corpo docente da escola irá avaliar a evolução no aprendizado dos alunos.

Outro caso que está em estágio avançado é o da Escola Alvarenga Peixoto, na Ilha Grande dos Marinheiros, também em Porto Alegre. A direção firmou parceria com a empresa do ramo petroquímico Braskem, que está custeando a elaboração do projeto arquitetônico de um CIEP Verde, já em fase conclusiva.

A nova escola terá a arquitetura e o projeto pedagógico voltado para as questões de sustentabilidade ambiental, já que fica dentro do Parque Estadual Delta do Jacuí, às margens do Rio Guaíba.

Como a escola pode participar?

Primeiro, a direção deve apresentar a ideia aos professores, pais e alunos, através do Conselho Escolar. Aprovada a proposta, a Direção deve preencher o Termo de Adesão. Por fim, basta enviar o termo preenchido e assinado, acompanhado da cópia da ata da reunião do Conselho Escolar, para o e-mail escolamelhor@seduc.rs.gov.br.

Como as empresas podem participar?

Basta procurar diretamente a escola que pretende ajudar. No site www.educacao.rs.gov.br/escolamelhor, há uma lista com os estabelecimentos participantes do programa.

Pessoas físicas também podem participar?

Sim. Os passos a serem seguidos são os mesmos das empresas.

Que tipo de doação pode ser feita?

A participação da comunidade poderá acontecer de diversas formas: doação de recursos materiais às escolas, assim como livros e equipamentos; patrocínio para a manutenção, conservação, reforma e ampliação da infraestrutura física; disponibilização de banda larga, equipamentos de informática, entre outras doações.

Como será feita a divulgação da parceria?

Os participantes poderão divulgar em suas campanhas publicitárias as ações praticadas através do Programa.

Para as escolas, a Secretaria da Educação também disponibiliza um modelo padrão de placa, ou pintura em muro, onde poderão constar os nomes e/ou logomarcas das empresas parceiras. Nestes casos, o material deverá ser custeado pelo parceiro.

Além disso, a empresa ou pessoa física receberá um certificado emitido pelo Governador do Estado e pelo Secretário da Educação, em razão do importante gesto de colaboração para o ensino público no Rio Grande do Sul.  


Outras informações através do telefone (51)3288-4729, ou no e-mail escolamelhor@seduc.rs.gov.br.


Tags: Consed Gestão Escolar Portal Gestão da Educação Parcerias Rio Grande do Sul RS Sociedade civil Escolas