14:29, 1 mar 2016
Formação Continuada

Programa de Formação de Professores beneficiará educadores com intercâmbio na Finlândia

Foto: Adilvan Nogueira / Governo do Tocantins

A proposta da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) é formar 100 professores da Educação Básica, efetivos na Rede Estadual de Ensino, em nível de pós-graduação Lato Sensu em Educação a

Thaís Ramalho/Governo do Tocantins

Através de Termo de Cooperação Técnica do Programa de Formação Continuada de Educadores do Tocantins-Professor Coach: a arte de potencializar habilidades em sala de aula, assinado na manhã desta terça-feira, 1º, no Palácio Araguaia, entre o Governo do Estado e o embaixador de Finlândia, Markku Virri, professores do Tocantins terão a oportunidade de capacitar-se e concorrerem a bolsas de intercâmbio na Finlândia.

A proposta da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) é formar 100 professores da Educação Básica, efetivos na Rede Estadual de Ensino, em nível de pós-graduação Lato Sensu em Educação a Distância (EaD).

O curso terá duração de 18 meses e disponibilizará duas turmas de 50 professores, cada uma, e, ao final, professores serão selecionados, via edital, para intercâmbio na Finlândia a fim de fazer imersão na educação finlandesa.  Nesse período a Embaixada da Finlândia fará a articulação com as escolas e as universidades finlandesas para proporcionar o melhor aprendizado durante o intercâmbio.

Atualmente a Finlândia lidera os melhores rankings de educação, considerada uma das melhores do mundo. Para o embaixador Markku Virri, a assinatura do Termo é só o começo de uma parceria, de longa duração entre o País e o Governo do Estado. “Os professores tocantinenses poderão levar para a Finlândia ideias interessantes na área da educação. Estamos esperando os docentes para termos experiências inesquecíveis. Sejam bem-vindos”, afirmou.

Ele agradeceu a confiança da Seduc para a parceria. “Nós da embaixada temos muita honra e orgulho de fazer parte desse capítulo. Agradeço a Seduc por acreditar em nós. Temos certeza que estamos no início de muitas coisas que estarão por vir”, disse.

De acordo com o secretário da Educação, Juventude e Esportes, Adão Francisco de Oliveira, a Finlândia sempre acreditou que o que deve ser formado, no processo de escolarização, é o ser humano e não a mão de obra e lembrou que a política de Educação Integral e Humanizada implica na formação do ser humano na sua multilateralidade. “O que tem sentido e o que precisa acreditar é nas potencialidades que o ser humano tem, que precisam desenvolver-se para que o território, onde esse ser humano ocupa, possa construir sentidos desejados pela sociedade. Por isso, hoje, essa parceria torna-se um momento histórico para o Tocantins”, ressaltou.

Após assinatura do Termo, no Palácio Araguaia, foi feita uma apresentação, na sede da Seduc, sobre o que será o curso. A capacitação será ofertada pela Superintendência de Tecnologia e Inovação e executada através da Gerência de Ensino a Distância. A previsão é de que o edital seja publicado no dia 7 de março.

Segundo o superintendente de Tecnologia e Inovação da Seduc, Maurício Reis, a parceria com a embaixada finlandesa abre possibilidades para outras propostas, como por exemplo, um mestrado profissionalizante.  “A realização desse projeto-piloto nos dá também a possibilidade de pensarmos em uma expansão”, finalizou.


Compartilhar

Outras Notícias