NOTÍCIAS

Mês do professor 16:10, 7 out 2015 Professora Lourdes Bernardete, da Bahia, tem 70 anos de idade e 52 profissão

Foto:

Há mais de meio século atuando na educação e prestes a se aposentar, a professora de Geografia, Lourdes Bernadete Maria de Deus, é reconhecida, entre seus colegas, pela paixão com que exerce a profissão. O vigor em dar aulas, esconde os quase 70 anos de idade da pró Lourdes. São 52 anos no magistério, que justificam a experiência e o amor à educação. “Eu não estou professora, eu sou professora. A sala de aula é a minha vida, se Deus concedesse, eu morreria na sala de aula, porque esse foi o único dom que Ele me deu e eu procuro fazer o máximo para ser merecedora desse dom”, emociona-se.

A educadora deverá se aposentar no final do ano. Mas até lá, vai cumprindo seu ofício na Escola Estadual Castro Alves, no bairro da Calçada, em Salvador, onde leciona há dez anos. “Chega um momento que a pessoa vai embora, a vida é assim: tem inicio, meio e fim”, reconhece pró Lourdes. Durante os anos de magistério, ela acredita que sua contribuição para a educação é estar presente na vida do aluno de forma significativa. “O que vou deixar de legado é o próprio testemunho, porque a gente vem todo dia, se preocupa, quer que os alunos progridam, esse é o dever, também, do professor”, destaca.

Sem filhos biológicos, pró Lourdes destina todo o seu amor aos alunos do 6º e 7º anos. O carinho é recíproco, como declara o estudante Thiago Santos, 12 anos. “Eu gosto muito das aulas dela, pelo jeito dela ensinar, pelo jeito de se comunicar com os alunos, um jeito lúdico, descontraído, mas, ao mesmo tempo, sério. Seu carinho faz muita diferença e isso aumenta o interesse da gente, de gostar e aprender sua matéria”. Sua colega, Luana Gonçalves, 13, reafirma o carinho da turma à pró Lourdes. “Ela é uma ótima professora, vai fazer falta com seu jeito único”.

O trabalho da professora Lourdes Bernadete é reconhecido, também, pelos seus colegas e pela direção da escola. Para eles, a pró Lourdes é um exemplo de educadora. “Ela representa o que é ser professor. Consegue ser orientadora e mãe dos alunos, eles a adoram. Pró Lourdes tem um amor pela profissão que a gente não vê com tanta frequência. Isso dá vontade de continuar trabalhando e fazer com que a escola continue funcionando da melhor forma possível, para que o profissional dê seguimento ao seu trabalho em sala de aula”, finalizou.
 

Tags: Bahia BA Portal da Educação Mês do professor homenagem dia do professor