NOTÍCIAS

Secretaria de Estado da Educação do ES 16:21, 12 abr 2019 Pessoas com deficiência visual contam com atendimento especializado na Rede Estadual

Pessoas com deficiência visual contam com atendimento especializado na Rede Estadual

No Centro de Apoio para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP) são realizados atendimentos especializados e individuais.

Na semana em que se comemora o Dia Nacional do Sistema Braille, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) destaca um importante trabalho voltado às pessoas que utilizam essa ferramenta. Trata-se do Centro de Apoio para Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual (CAP), onde são realizados atendimentos especializados e individuais.

O trabalho no CAP é realizado por professores e é voltado para a pedagogia escolar e melhoria da qualidade de vida dos cegos. Para a professora de Braille, Edilse Bittencourt, a leitura é uma forma de libertação. “A leitura nos permite viajar, é muito libertador. E os deficientes visuais precisam, também, dessa oportunidade. O Braille veio para isso”, disse.

Durante o atendimento, os deficientes contam com aulas de leitura e escrita em braille, música, canto, orientação, mobilidade e estimulação. Leoneida Ladeira, professora de Orientação e Mobilidade, contou sobre os atendimentos. “Nós vamos adaptando conforme a necessidade de cada pessoa que nos procura. Isso depende muito da segurança, equilíbrio e confiança do deficiente que está sendo atendido”, disse.

Para participar dos atendimentos basta procurar o apoio, que funciona na Escola Estadual Desembargador Carlos Xavier Paes Barreto, em Vitória, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h. O serviço é gratuito e destinado a pessoas com deficiência visual, sendo cegas ou com baixa visão.

Evelyn de Araújo Penha, de 10 anos, é uma das crianças atendidas. A mãe, Antônia Soares, relata que com no CAP, a filha se tornou muito mais independente. “A Evelyn é muito evoluída, não só na mobilidade, mas também na escrita e na fala. Em casa ela anda por tudo sozinha e sabe se virar muito bem”, contou Antônia, que leva a filha ao CAP toda quinta-feira há mais de dois anos.

O diretor da unidade escolar, Marco Aurélio Villela, falou sobre o trabalho. “O CAP é um instrumento muito poderoso, como forma de política pública. Além disso, é acessível a todos, seja aluno da rede estadual ou não. Temos aqui um trabalho completo”, expôs o diretor.

Serviço

Centro de Apoio Pedagógico para Pessoas com Deficiência Visual (CAP)

Local: Escola Desembargador Carlos Xavier Paes Barreto - Avenida Leitão da Silva, s/n, Praia do Suá, Vitória

Telefone: (27) 3137-3589

Texto: Soraia Camata


Tags: ES Secretaria de Estado da Educação do ES Sedu