NOTÍCIAS

Tocantins 14:54, 3 mar 2020 Parceria para projeto de segurança no uso de energia elétrica é discutida em reunião com Energisa

A titular da Seduc, Adriana Aguiar, discutiu com representantes da Energisa a implementação de temas ligados à segurança no programa Pátria Amada Mirim
Foto: Elias Oliveira/Governo do Tocantins

A iniciativa visa sensibilizar os estudantes para a importância da adoção de medidas de segurança a fim de evitar acidentes envolvendo o uso da energia elétrica

Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

A parceria para a implementação de atividades nas escolas sobre a segurança no uso de energia elétrica foi discutida na segunda-feira, 2, em reunião entre a titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, e representantes do Grupo Energisa. A proposta é integrar a iniciativa às ações do Programa Pátria Amada Mirim (PAM).

De acordo com Adriana Aguiar, os estudantes possuem um papel importante na sensibilização de toda a comunidade. “Além de prepararmos as crianças e jovens para serem cidadãos mais conscientes, nós sabemos que eles não guardam o conhecimento apenas para si, mas influenciam os pais na mudança de comportamento, por isso a importância do trabalho com essas temáticas”, ponderou.  

O Programa Pátria Amada Mirim (PAM) iniciou no ano passado com um projeto-piloto, na Escola Estadual Entre Rios, onde foram atendidos 50 estudantes, com o objetivo de capacitar crianças e adolescentes para os desafios da sustentabilidade por meio da educação ambiental com aulas práticas e teóricas.

O diretor técnico comercial da Energisa, Alexandre Brum, explicou a proposta da parceria. “O nosso objetivo é trabalhar junto com o Governo do Estado, no Pátria Amada Mirim, aspectos relacionados à segurança, seja com energia elétrica, seja segurança como um valor no dia a dia dos estudantes para que eles tenham uma conduta mais segura”, ressaltou. 

A ideia é que ao mesmo tempo em que o estudante tenha a preocupação com as questões ambientes, adotando ações sustentáveis, tenha consciência da importância da adoção de medidas de segurança como forma de garantia de vida.  Com a parceria, serão elaborados materiais específicos para serem trabalhados nas unidades de ensino. 

O titular da Semarh, Renato Jayme, destacou a importância da participação da iniciativa privada no programa Pátria Amada Mirim e em programas de educação de ambiental e que promovam o bem-estar social. "A Energisa é uma empresa modelo, com mais essa iniciativa de apoio ao programa, já que desde o ano passado tem sido amiga do PAM com o repasse de recursos para o Fundo Pátria Amada", ressaltou.

PAM

Neste ano, o PAM terá suas atividades expandidas para 40 municípios, beneficiando 5.500 crianças e adolescentes. A execução do Pátria Amada Mirim é realizada pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), com demais parcerias do Governo, além de investimentos privados, como o Fundo Pátria Amada. Até 2022, o projeto visa atender 25 mil alunos em todos os 139 municípios do Tocantins.


Tags: Tocantins TO SeducTO