NOTÍCIAS

Maranhão 14:37, 18 mai 2020 Número de detentos que estudam no Maranhão cresceu quase 600%, nos últimos dois anos

Número de detentos que estudam no Maranhão cresceu quase 600%, nos últimos dois anos

Dados do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) mostram que a rede prisional maranhense aumentou em quase sete vezes o número de detentos envolvidos em atividades educacionais nos últimos dois anos. Entre 2017 e 2019, o número saltou de 1.004 para 6.895, uma expansão de 587%. Esses dados colocam o Maranhão em destaque no cenário nacional entre os estados com o maior número de detentos envolvidos em atividades relacionadas à educação.

“É um dado muito importante e que nos enche de orgulho e esperança. A rede prisional maranhense parou de produzir notícias sobre barbáries que ocorriam lá, para demonstrar como investimentos e olhar humano para aquelas pessoas podem mudar o rumo das coisas. Somente em dois anos, aumentamos em sete vezes o número de internos que estudam, passando a ser o Estado com a maior taxa de presos estudando”, comemorou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

O secretário ainda destacou a preocupação do Governo do Estado na luta para proporcionar mais dignidade às pessoas privadas de liberdade, ofertando meios para que elas possam encontrar caminhos que promovam a transformação social.

“Tudo isso representa o compromisso do governador Flávio Dino em transformar e dar dignidade ao sistema prisional do Maranhão, oportunizando meios para que as pessoas respondam por seus atos, mas também tenham a possibilidade de mudar de vida, de encontrar um caminho novo para seguir”, finalizou Camarão.

O aumento de detentos estudando é motivo de orgulho para o Maranhão e o Governo do Estado tem procurado desempenhar um papel importante nesse processo, buscando alternativas para dar as condições necessárias ao processo de ressocialização, por meio de políticas mais humanas.

Equipamentos educacionais revitalizados dentro do Presídio

Os dados representam o trabalho de fortalecimento da educação, executado pelo Governo do Maranhão dentro dos presídios maranhenses. Em Pedrinhas, em agosto de 2019 foram entregues completamente reformados dois importantes equipamentos educacionais, localizados no presídio: Centro de Ensino João Sobreira de Lima e o Farol do Saber Caminho da Liberdade.

As obras foram realizadas com mão de obra carcerária, que representam uma outra vertente do trabalho que está sendo executado dentro dos presídios: a oferta de trabalho, como forma de ressocialização. Diversos já foram os equipamentos educacionais que foram revitalizados com mão de obra carcerária, entre escolas, faróis do saber, quadras, entre outros espaços.


Tags: Maranhão MA EDUCACAO MA