NOTÍCIAS

Santa Catarina 12:38, 28 mar 2017 Núcleos de Políticas das Diversidades de Santa Catarina reiniciam as atividades

Formalizados na SED, os Núcleos pedagógicos propõem políticas públicas afirmativas que visam a igualdade de oportunidades entre os diferentes, combinado com uma educação multidisciplinar e intersetori Este primeiro dia de encontros dos Núcleos serviu para organizar o calendário de metas, atividades e reuniões dos grupos.
Foto: Osvaldo Nocetti

Dando continuidade ao importante trabalho de subsidio para as escolas de Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Educação (SED) deu a largada nesta segunda-feira, 27, para mais um ano de atividades dos Núcleos de Políticas das Diversidades.

Formalizados na SED, os Núcleos pedagógicos propõem políticas públicas afirmativas que visam a igualdade de oportunidades entre os diferentes, combinado com uma educação multidisciplinar e intersetorial. Os documentos debatidos e propostos pelos Núcleos oferecem suporte às escolas e estão fundamentados na Proposta Curricular de Santa Catarina, no Plano Estadual de Educação e em toda a legislação que define as políticas de cada temática.

Este primeiro dia de encontros dos Núcleos de Educação Ambiental (NEA), de Educação Indígena (NEI), de Educação e Prevenção (NEPRE), de Estudos Afrodescendentes (NEAD), de Políticas Educacionais do Campo (NEC), de Educação Quilombola (NEQUI) e de Educação Especial (NEESP) serviu para organizar o calendário de metas, atividades e reuniões dos grupos. Além disso foram definidos a participação e divulgação de cursos oferecidos pela SED e por parceiros da rede, propostos materiais de estudo e apresentados os novos membros participantes das discussões dos grupos.

Cumprimentando todos os participantes por mais esta etapa de reformulação e atualização dos Núcleos e Cadernos de Políticas das Diversidades esteve a gerente de Políticas e Programas da Educação Básica e Profissional Júlia Siqueira da Rocha. Segundo ela a maior riqueza nacional está na diversidade, e a educação tem o desafio de entender e contribuir com a vida de todos os jovens. “Ninguém aprende sendo excluído”, destacou.

As reuniões dos grupos de estudo retornam agora a serem realizadas semanalmente no espaço da Secretaria, contando com participantes da SED, da comunidade e representantes de organizações governamentais e não governamentais que atuam direta e indiretamente com as temáticas abrangidas. 


Tags: Santa Catarina SC