NOTÍCIAS

Amapá 17:06, 25 jan 2018 Governo concede bolsas para professores e pedagogos das Escolas do Novo Saber

Governo concede bolsas para professores e pedagogos das Escolas do Novo Saber

A partir deste mês, o Governo do Amapá vai conceder a 98 professores e pedagogos das Escolas do Novo Saber (Tempo Integral), bolsas de incentivo no valor de R$ 500

Por Caroline Mesquita/Ascom/Seed

A partir deste mês, o Governo do Amapá vai conceder a 98 professores e pedagogos das Escolas do Novo Saber, bolsas de incentivo no valor de R$ 500. O benefício – com efeitos financeiros a contar de 1º de setembro de 2017 – é exclusivo aos profissionais que atuam nas turmas de ensino médio de tempo integral e está garantido na Lei n° 2.278/2017.

De acordo com a legislação, somente farão jus à bolsa os servidores efetivos e servidores federais à disposição do Estado, que estejam em exercício de suas atividades nas Escolas do Novo Saber, com carga horária de 40 horas semanais.

A bolsa não se estenderá para os casos de profissionais em férias, licenças ou qualquer outro tipo de afastamento. O benefício não possui natureza salarial, não incidindo sobre ela contribuições previdenciárias e impostos legais.

Escolas do Novo Saber

Desde abril de 2017, estudantes do ensino médio de oito escolas estaduais experimentam um ensino transformardor Uma metodologia que garante mais dinamismo às aulas e busca a formação integral do aluno, voltada para a construção de seus projetos de vida e formação nos aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais.

O ensino integral foi implantado no Colégio Amapaense, José Firmo do Nascimento, Maria do Carmo Viana dos Anjos, Raimunda Virgolino e Tiradentes, em Macapá; e Alberto Santos Dumont, Augusto Antunes e Elizabeth Picanço Esteves, em Santana. Os alunos possuem uma jornada escolar ampliada, de 7h até 17h, incluindo três refeições diárias.

Além de estudar disciplinas da Base Nacional Comum, que são as matérias como português e matemática, os estudantes contam com uma parte diversificada, que inclui disciplinas eletivas, projeto de vida, protagonismo, estudo orientado, práticas experimentais, entre outros.

Recentemente, o método de ensino foi fortalecido com a publicação da Lei n°2.283/2017 que institui o Programa de Escolas do Novo Saber. Com a nova legislação, esse modelo de ensino torna-se uma política pública do Amapá, garantindo a permanência, criação e a implementação de uma rede de escolas de tempo integral no Estado.


Tags: Amapá AP Valorização Escola em Tempo Integral Bolsa