NOTÍCIAS

Prestação de contas 16:24, 7 nov 2019 Gestores escolares recebem orientações sobre prestação de contas

Gestores escolares recebem orientações sobre prestação de contas


Com o objetivo de aprimorar o desempenho nas prestações de contas dos recursos recebidos pela escola, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizou nesta semana o ciclo de formação de 147 gestores escolares dos 12 polos da Unidade Regional de Educação (URE) de São Luís.

A formação trabalhou temas como: recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e, encerrando o ciclo, o Fundo Estadual de Educação (FEE).

O responsável pela prestação de contas da alimentação escolar, Josivan Sousa, ressaltou a importância da formação para os gestores e afirmou que as prestações de contas devem ser feitas de maneira adequada para garantir os recursos para o próximo ano.

“Tratamos sobre a prestação de contas da alimentação escolar para que possamos garantir o recurso do PNAE para o ano de 2020. Esses momentos são de suma importância para que os gestores não incorram em erros e suas prestações de conta sejam posteriormente reprovadas”, revelou.

“Essa formação é fundamental, porque passa a mediar o nosso trabalho junto à escola para utilizar melhor os recursos. Então, trabalhar baseado no que a Lei e as orientações da Seduc passam nos dá uma garantia de que o recurso está sendo aplicado de forma correta. O desconhecimento nos faz errar e a informação nos faz acertar”, declarou o diretor geral do Centro de Ensino Liceu Maranhense, Deurivan Rodrigues Sampaio.

Teresinha Nogueira, gestora do CE Paulo Freire, localizado no bairro do Turu, em São Luís, revelou que não basta receber os recursos e usá-los, é necessário prestar contas e mostrar como foram utilizados.

“O recurso público é destinado para uma determinada atividade e terá que ser aplicada naquela ação, e a prestação de contas vai provar que nós recebemos os recursos e executamos como deveria ser. Nós sempre temos uma dúvida e é necessário a gente se atualizar, pois tem uma resolução nova, uma portaria e é importante que estejamos informados para melhor fazer”, explicou a gestora.

“Prestar contas não é tão simples e é nosso dever, como administração pública, capacitar o quadro funcional, continuamente, para oferecer melhores condições no atendimento nas escolas”, explicou a gestora da URE de São Luís, Adelaide Diniz.


Tags: Maranhão MA Prestação de contas