NOTÍCIAS

Distrito Federal 15:43, 12 fev 2020 Gestores das escolas públicas são diplomados

Gestores das escolas públicas são diplomados

Os 1.292 gestores, de 646 unidades escolares da rede pública do DF, foram eleitos em novembro

Os diretores e os vice-diretores das escolas públicas do Distrito Federal foram diplomados nesta terça-feira (11/2). A solenidade contou com a presença do vice-governador Paco Britto e do secretário de Educação, João Pedro Ferraz. Os 1.292 gestores, de 646 unidades escolares da rede pública do DF, foram eleitos em novembro e cumprem mandato até o fim de 2021.

“As eleições para diretores foram um exemplo da gestão democrática em nossa rede. Esses mestres, vestidos de gestores, são responsáveis para conduzir os destinos da educação. Cabe a eles cuidar dos maiores tesouros da sociedade, que são as crianças, adolescentes e jovens”, afirmou Ferraz.

Paco Britto destacou as ações em prol da educação pública no DF, entre elas, o projeto de Gestão Compartilhada com a Segurança, o Cartão Material Escolar, destinado aos alunos de famílias de baixa renda, e o Cartão Pequenos Reparos, que será entregue aos gestores para contratação de serviços de manutenção nas escolas. “No último ano, foram investidos mais de R$ 5 bilhões na educação do DF”, pontuou o vice-governador.

As eleições, realizadas em novembro, contaram com a participação de 1.560 candidatos, muitos deles em busca do primeiro mandato como gestor. Foi o caso de Lucélia Linhares Sales, eleita na Escola Classe 415 Norte, após trabalhar na unidade como secretária e professora. “Estou muito animada com esse novo desafio. Acredito que o foco deva ser a inclusão, trabalhar para que a criança vivencie o aprendizado. Para isso, quero resgatar a participação dos pais e contar com a colaboração dos colegas”, prevê a nova gestora.

Mas há também quem aposte na experiência para dar continuidade ao trabalho realizado. Após 10 anos como vice-diretor, Danilo Mendonça foi aprovado para o segundo mandato como diretor do Centro Educacional Osório Bacchin, em Planaltina, e dá dicas de como fortalecer o ensino. “É preciso ser proativo. Buscar sempre parcerias e novidades, pois as expectativas dos jovens são altas e devemos ir atrás para atendê-los. Esse trabalho diário pela melhoria é o que faz diferença”, defende o educador.

Outras 37 escolas contam com gestores nomeados pela Secretaria de Educação e realizarão eleições ainda neste primeiro semestre. São casos de unidades de ensino onde não houve candidatos ou nas quais as chapas não foram referendadas.

João Gabriel Amador, Ascom/SEEDF

Tags: DF Distrito Federal #DF