NOTÍCIAS

Formação Continuada 16:26, 19 jan 2018 Formações continuadas qualificam e valorizam os profissionais da educação

Formações continuadas qualificam e valorizam os profissionais da educação

A Secretaria de Estado de Educação, por meio da Coordenadoria de Formação Continuada (CFOR/SED), com base na metodologia do Educar pela Pesquisa e no Protagonismo Estudantil, e sob a consultoria do Prof. Dr. Pedro Demo, realizou em 2017 diferentes formações continuadas, visando o fortalecimento da aprendizagem na Rede Estadual de Ensino.

Para Renato Gonçalves, que atua na equipe de ensino médio em tempo integral na SED, as atividades desenvolvidas durante a formação possibilitam um diagnóstico da gestão, assim como as possibilidades de melhoria nos processos internos. “É bem interessante poder abordar e analisar nossos desafios, além de promover a integração dos envolvidos no ensino médio, pensando no impacto que causará no nosso resultado, que é o estudante da Rede Estadual de Ensino”, informou o professor.

Devido à ampliação do número de escolas de ensino fundamental e médio que integram o Programa de Educação em Tempo Integral - Escola da Autoria, a SED ofereceu formação continuada às 27 escolas estaduais de educação integral. Com o propósito de fortalecer essa metodologia, atendeu aproximadamente 800 servidores das escolas e, paralelamente ao processo, houve acompanhamento das intervenções pedagógicas. A CFOR também esteve com 130 professores formadores das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) e 110 professores da SED.

Para incentivar os docentes, à reflexão e ao diálogo, a fim de colocar em prática ideias, estratégias e procedimentos, que promovam a pesquisa e a experiência de aprendizagem com autonomia e autoria, tanto dos estudantes como dos professores, a SED promoveu o curso de Matemática: Repensando a Aprendizagem nos Espaços Escolares, realizado com 45 professores de diversas escolas de Campo Grande.

Maior formação do ano, a “Teia da Educação” atendeu em 2017 mais de 10 mil profissionais da Rede Estadual de Ensino. Nesta terceira edição, a secretária de Estado de Educação Maria Cecilia Amendola da Motta apresentou os avanços conquistados pela educação de Mato Grosso do Sul nos últimos dois anos; o consultor da SED, Pedro Demo, professor emérito da Universidade de Brasília (UnB), abordou as propostas e as possibilidades de trabalho no educar pela pesquisa; e o professor José Gomes Pereira relatou sua experiência na EE Waldemir Barros da Silva, a primeira Escola da Autoria.

De acordo com a coordenadora Regional de Educação de Paranaíba, Maria Aparecida Eufrasia da Silva, é preciso sair da zona de conforto e acompanhar a mudança pela qual os estudantes passaram nos últimos anos. “O professor precisa que o estudante seja pesquisador, seja protagonista e busque o conhecimento e nós temos que nos atualizar, o educador é um eterno estudante. Aqui na Coordenadoria, buscamos dar suporte para as formações aos professores da rede”, explicou.

Cursos de Pós-Graduação

A SED, visando o aprimoramento constante dos professores efetivos da Rede Estadual de Ensino, formou este ano um convênio com a Universidade Estadual de Mato Grosso Sul (Uems) para a oferta de curso de Pós-Graduação lato sensu, nas unidades universitárias de Campo Grande, Coxim, Dourados e Paranaíba. No total, foram ofertadas 590 vagas, distribuídas entre os cursos de Linguística: a Ciência da Língua; Educação Especial: deficiência auditiva-surdez; Currículo e Diversidade: Gênero, Raça e Etnia; Multiletramentos e Processos Autorais na Educação Básica; Linguagem, Questões: Étnico-raciais e de Gênero; Educação Científica; Educação Especial: Deficiência Intelectual.


Tags: Formação Continuada Mato Grosso do Sul MS