NOTÍCIAS

Alagoas 13:01, 2 dez 2019 Festival estudantil de música revela o talento dos estudantes da rede estadual

Festival estudantil de música revela o talento dos estudantes da rede estadual

Apresentações artísticas fizeram parte da programação do IV Encontro Estudantil e aconteceram no Cepa

Guitarra, teclado, bateria, violino, triângulo. Do rock ao forró, os estudantes da rede pública estadual deram um show e apresentaram, por meio de vários ritmos, o seu talento durante o IV Festival Estudantil de Música de Alagoas, realizado nesta quinta-feira (28), no terceiro dia da quarta edição do Encontro Estudantil de Rede Estadual de Ensino de Alagoas. As apresentações aconteceram na quadra da Escola Estadual José Correia da Silva Titara, no Cepa.

A mostra contou com a participação de alunos de todo o estado, Em grupos ou solo, 52 apresentações que animaram a plateia no último dia de atividades o Encontro Estudantil, que teve como tema “A integração da escola com o território para a construção de cidades educadoras”. O tema inspirou os estudantes que compuseram e produziram músicas que abordam as suas escolas, comunidades, cidades e, também, o Estado de Alagoas.

Mistura de ritmos -  Por meio do Rap, um grupo de alunos da Escola Estadual Rocha Cavalcanti, de União dos Palmares, apresentou-se e encantou ao público com história da cidade e de Zumbi com a canção “Liberdade ou Preconceito”. “É a minha primeira vez no Encontro Estudantil e é uma experiência nova. Estou bastante empolgada e achando tudo incrível. A música que trouxemos é autoral e surgiu após uma conversa que tivemos quando o tema do encontro foi lançado. Nós pensamos em falar da história da nossa cidade. Estou muito feliz em ver que os alunos têm muito potencial e esses momentos servem para os alunos poderem se expressar e demostrar seus talentos. É muito bom saber que várias escolas de todo o estado estão participando”, conta a estudante Ilzane Passos, uma das integrantes.

 As gêmeas Wiliane e Ilzane da Escola Rocha Cavcanti fotos Valdir Rocha

O Rock também teve seu lugar no festival, em apresentação solo com violão, a estudante Amanda Teles, da Escola Estadual de Ensino Médio Nezinho Pereira, de Inhapi, abriu a segunda rodada de apresentações do dia. Com a música Geração Student, a estudante, falou um pouco da vida dos estudantes. “Foi incrível poder cantar aqui, a música é vida e o rock está na veia. As apresentações com os vários outros ritmos estão muito boas, mas ainda prefiro o meu rock”, brinca da estudante.

Amanda Teles Inhapi E E Nezinho Pereira foto Milton Guedes9

Identidade - De Palmeira dos Índios, os estudantes José Alfredo e João Rayrã, da Escola Estadual Indígena Cacique Alfredo Celestino trouxeram um pouco sua cultura na música “Nossa Escola, Nosso Corpo, Nosso Espirito”. “É minha primeira vez aqui no encontro estou gostando bastante, apesar de estar nervoso. Nossa música veio trazer e apresentar um pouco da nossa cultura, a luta do nosso povo e falar da importância da educação, não só para o povo indígena, mas para todos”, explica José Alfredo.

 José Alfredo levou cultura indígena para o evento fotos Milton Guedes

A mistura de triângulo e guitarra ajudou a estudante Ana Júlia e os seus colegas da Escola Estadual Maria de Lourdes Santos Da Silva, de Batalha, a contar a história da cidade. Com a música “Versos Batalhenses”. “É uma experiência maravilhosa. Estou emocionada e um pouco nervosa. É uma experiência que vai ficar marcada em nossas vidas. Nossa música surgiu após a leitura de um livro que conta a história da nossa cidade. Estou muito feliz por ver o empenho de todos”, comemora a estudante que, vestida de Maria Bonita, levou o forró para o palco do festival.

 Ana Júlia e alunos da Escola Maria de Lourdes Batalha fotos Milton Guedes

De Pariconha, os alunos da Escola Estadual de Pariconha também participam pela primeira vez do encontro trazendo uma homenagem para cidade, por meio da canção “Cidade Bela”. “Escolhemos falar da nossa cidade porque foi nela que crescemos, é nela que moramos e é ela que amamos”, conta a estudante Maine Queiroz, que cantou ao lado dos colegas coberta pela bandeira do município.

Maine de Queiroz de Pariconha da Escola Estadual de Pariconha fotos Milton Guedes 1


Tags: Alagoas AL Rede Pública Estadual Música encontro estudantil Protagonismo