NOTÍCIAS

Ensino Técnico 11:57, 15 fev 2017 Estudantes do Instituto de Educação do Pará concluem formação técnica

Mais de 100 alunos do Instituto de Educação Estadual do Pará (IEEP) participaram da Cerimônia de Formatura de Cursos Técnicos. "A alimentação é fundamental para a vida e para o aprendizado”, afirmou Isa Mago, 24, concluinte do curso de Alimentação Escolar e Oradora da turma. David Rodrigues, 28, que concluiu o curso Segurança Escolar, tem consciência de que o mercado para este profissional ainda está em expansão, mas está confiante em seu futuro profissional. Os estudantes receberam formação nos cursos de Multimeios Didáticos, Alimentação Escolar, Biblioteca Escolar, Segurança do Trabalho e Secretaria Escolar,
Foto: Agência Pará

Mais de 100 alunos do Instituto de Educação Estadual do Pará (IEEP) participaram, na última sexta-feira (10), no auditório David Mufarrej, Universidade da Amazônia (Unama), da cerimônia de formatura dos cursos técnicos de Multimeios Didáticos, Alimentação Escolar, Biblioteca Escolar, Segurança do Trabalho e Secretaria Escolar, na última sexta-feira (10). A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) tem 20 escolas técnicas, oito em Belém e 12 no Interior.

A cerimônia teve a participação de um diácono da igreja católica e um pastor evangélico, que celebraram culto ecumênico em homenagem aos formandos. Isa dos Santos Magno, 24, concluiu o curso Alimentação Escolar e lembrou, no discurso como oradora da turma, as dificuldades que enfrentou. “Foram nas visitas aos mercados que descobrimos o valor de cada alimento e a responsabilidade que estamos assumindo. A alimentação é fundamental para a vida e para o aprendizado”, disse.

O curso Alimentação Escolar ensina como preparar a alimentação dos estudantes, conforme o cardápio definido por nutricionista, e a organizar e executar os fluxos de aquisição e armazenamento de alimentos e insumos necessários. Também mostra como controlar os ambientes de preparo e de fornecimento da alimentação aos estudantes e o processo de higienização dos alimentos, de preparo e do fornecimento das refeições. O profissional da área atua como educador alimentar na escola, sob supervisão de nutricionista.

David Rodrigues, 28 anos, que concluiu o curso Segurança Escolar, tem consciência que o mercado para este profissional ainda está em expansão, mas está confiante no futuro como profissional. “Estamos entrando neste mercado para suprir a necessidade de profissionais na área, que está em expansão”, declarou. A mãe de David, a dona de casa Zeneide Rodrigues, 54 anos, afirmou que estava realizando um sonho ao ver o filho colar grau. “Estou muito feliz. É uma vitória que ele está conquistando”.

A rede de escolas técnicas estaduais atende mais de 15 mil estudantes, distribuídos nos cursos técnicos, nas seguintes formas de oferta: ensino médio Integrado à educação profissional; ensino médio integrado à educação profissional em tempo integral; ensino médio integrado à educação profissional de jovens e adultos, e subsequente (pós-médio).

Texto:Márcio Flexa

Fotos:Rai Pontes


Tags: Pará PA Ensino Técnico Educação de Qualidade