NOTÍCIAS

Prêmio 11:42, 10 abr 2019 Estudantes do Amapá são premiados na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Estudantes do Amapá são premiados na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Escolas José do Patrocínio (Macapá) e Elias Trajano (Porto Grande) ganharam 2º lugar – Prêmio Mentalidade Marítima, e Projeto Destaque da Unidade Federativa.

Por: Caroline Mesquita

O Amapá foi bem representado na 17ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace).  Os dois projetos de engenharia desenvolvidos por estudantes das escolas estaduais José do Patrocínio, da Fazendinha, e Elias Trajano, de Porto Grande, foram premiados na maior mostra de projetos de ciências do País. A feira ocorreu entre os dias 19 e 21 de março, na Cidade Universitária, em São Paulo.

Os alunos e professores-orientadores foram recebidos nesta segunda-feira, 25, pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação (Seed), momento em que foram barabenizados, apresentaram os projetos e foram convidados a se tornarem incentivadores de pesquisa e iniciação científica nas escolas da rede estadual.

“Vamos montar uma estratégia para incentivar, cada vez mais, as escolas a desenvolverem pesquisas e projetos de iniciação científica. Temos estudantes e professores que estão fazendo a diferença não só na escola, mas na comunidade e no meio ambiente. São projetos inovadores e formidáveis. Isso é algo que deve ser replicado em toda a rede educacional”, frisou a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa.

Premiações

Os estudantes Leonardo dos Santos e Geferson Costa ganharam o 2º lugar – Prêmio Mentalidade Marítima, com o projeto Veículo Controlado Remotamente. O trabalho visa ajudar na manutenção de médias e pequenas embarcações e na busca por vítimas de acidentes em rios e lagos. Os alunos foram orientados pela professora Dayse Nascimento e coorientados pelo professor Marlon Pereira, da escola José do Patrocínio.

“Foi um trabalho muito gratificante e que vai ajudar muito as embarcações e salvamento na nossa região. Fomos bem avaliados e isso nos dá ânimo para estudar mais e melhorar o projeto”, disse Leonardo de Melo sobre a importância do trabalho que representou a escola José do Patrocínio, na Febrace.

Já os estudantes Lucas Souza Feitosa e Caio Souza Feitosa, da escola Elias Trajano, conseguiram o prêmio Projeto Destaque da Unidade Federativa com o trabalho “Compósito fabricado com resíduo de papel como aplicação em design de produtos”. Os meninos trabalham há mais de ano com esse projeto de sustentabilidade. Eles foram orientados pela professora Juzileide Raimunda Sena da Silva e já foram premiados em outras duas feiras de ciências.

“Com os resíduos de papéis conseguimos fazer vasos de plantas, revestimento de paredes, pisos táteis, entre outros designs de produtos. Nosso objetivo é fazer parcerias com empresas de construção civil, pois é um produto que é bom e logo poderá ser utilizado nas construções”, pontuou o estudante Caio Feitosa

Febrace

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo (USP) uma grande mostra de projetos.

Este ano, a mostra contou com 332 projetos de Ciências e Engenharia desenvolvidos por 751 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de todo o País. A 17º edição da Febrace envolveu mais de 72 mil estudantes de 27 unidades da federação, que desenvolveram projetos de pesquisa científica e tecnológica durante um ano inteiro e os submeteram à Febrace, diretamente ou por meio de uma das 116 feiras afiliadas.


Tags: Estudantes Amapá Prêmio AP febrace