NOTÍCIAS

Bahia 16:59, 12 nov 2019 Estudantes da rede estadual participam ativamente do Festival Literário Nacional (FLIN) em Cajazeiras

Estudantes da rede estadual participam ativamente  do Festival Literário Nacional (FLIN) em Cajazeiras

Mais de dois mil estudantes de 21 escolas da rede estadual de ensino devem participar das atividades do I Festival Literário Nacional (FLIN), iniciado nesta terça-feira (12) e que segue até sexta (15), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, localizado no maior bairro populacional da América Latina, Cajazeiras, em Salvador. O evento, que tem como tema “Diversas leituras e novos caminhos”, visa promover ações de incentivo à leitura, formações de leitores e acesso ao conhecimento da esfera do livro e da leitura. O FLIN foi aberto com uma apresentação da fanfarra do Colégio Estadual Ana Bernardes. Até sexta, os estudantes da rede irão participar das atividades e protagonizar recital de poesias, lançamentos de livros e exposição literária.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, participou da abertura e destacou a importância do festival para o fomento à leitura e enriquecimento cultural. “O tamanho de Cajazeiras exige da gente um evento do tamanho dela, que é uma comunidade importante, cultural e rica como uma cidade dentro de Salvador. Para nós, da Educação, aqui virou uma grande sala de aula, com o envolvimento de 21 escolas durante esses dias todos, tendo aula, estimulando a leitura, além da dança e da música. Aqui, também, está se consolidando uma parceria com a SECULT e a Fundação Pedro Calmon, em uma articulação estadual das nossas feiras literárias. Nós já temos quase 40 feiras articuladas, pois nos reunimos para montar um plano e um calendário para que toda a Bahia possa se beneficiar de um grande espaço cultural como este”, destacou.

A secretária da Cultura, Arany Santana, falou sobre a implicação do FLIN para a juventude de Cajazeiras. “É um grande festival literário nacional e o que estamos fazendo aqui foi uma recomendação do governador Rui Costa, que é focar na juventude. Então, neste evento, cultura e educação estão de mãos dadas. Estão envolvidas associações de bairro e instituições culturais e, ao longo de três meses, mobilizamos esta população, fazendo prévias, cursos, capacitações e oficinas”.

A programação conta com diversas atividades, como saraus, contação de histórias, rodas de conversa, intervenções culturais, apresentações musicais, palestras, encontro com escritores, feira, lançamento de livros e demais ações de fomento à leitura. A abertura do evento contou com as participações especiais do ator e escritor Lázaro Ramos e da cantora e compositora Luedji Luna, que falaram sobre as leituras que influenciaram suas carreiras, durante a atividade “O violão e a palavra”, realizado na tenda cultural.

O professor de Língua Portuguesa, Eduardo Santos, que atua no Colégio Estadual Oliveira Brito, no bairro de Boca da Mata, fez questão de levar 44 estudantes para o FLIN para vivenciarem a experiência. “Todo o desenvolvimento escolar passa pela leitura e, por conta disso, é essencial que os estudantes participem de eventos de estímulo à leitura como este. Quando o aluno tem contato com livros, se desenvolve mais rápido e, com isso, amplia seus horizontes”, afirmou o educador.

Seu aluno Altair Renan Santos, 12, 6º ano, disse que ficou encantado com os espaços do evento. “É a primeira vez que participo de um festival literário e estou achando incrível, pois eu adoro livros”, disse o estudante. Railane de Couto, 15, 8º ano, do Colégio Estadual Ana Bernardes, localizado no bairro de Cajazeiras VI, também ficou entusiasmada com o FLIN. “Quero participar de todas as atividades, como contação de histórias, rodas de conversa e apresentações culturais, porque é a primeira vez que venho a uma festa literária e o mais legal é que está acontecendo no bairro onde moro. Vou aproveitar bastante”, disse.

O FLIN é organizado pela Fundação Pedro Calmon, órgão da Secretaria de Cultura do Estado, e conta com a parceria de diversas secretarias e órgãos estaduais. A abertura do evento também contou com as participações dos secretários estaduais de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Adélia Pinheiro; da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins; e de Política para as Mulheres (SPM), Julieta Palmeira; além do diretor da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo, e do diretor da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB), Vicente Neto, entre outras autoridades.


Tags: Bahia BA Portal da Educação flin