NOTÍCIAS

Alagoas 10:58, 14 set 2019 Estudantes da rede estadual encantam público com teatro ao ar livre

Estudantes da rede estadual encantam público com teatro ao ar livre

Grupo da Escola Estadual Tabuleiro do Pinto, de Rio Largo, apresentou-se na Praça Deodoro como parte do 23º Festival Estudantil de Teatro Alagoano

Texto de José Arnaldo

Patrimônio arquitetônico, cultural e histórico dos maceioenses, a Praça Deodoro, no Centro da capital, viveu uma tarde diferente nessa terça-feira (10). Na ocasião, alunos e ex-alunos da Escola Estadual Tabuleiro do Pinto, de Rio Largo, encenaram ao ar livre a peça “Retratos do Brasil”. A apresentação fez parte do 23° Festival Estudantil de Teatro Alagoano (FETA) e teve como público estudantes das redes estadual, municipal e populares que passavam pelo local.

O evento é realizado pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos de Diversões do Estado de Alagoas (Sated/AL), com o apoio da Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal). “O festival insere os alunos no ambiente do teatro, tendo conhecimento do que é a arte cênica, uma produção, o funcionamento de um teatro. O empenho dos jovens é fundamental; eles são os maiores beneficiados", explica o diretor artístico do FETA, Dudu Nogueira.

Dudu Nogueira diretor artístico do FETA 1 foto Thiago Henrique

As crianças, jovens e adultos que acompanharam a apresentação, interagiram com os artistas. Um dos que brincou com o público foi o ex-estudante Isaías Fernandes, que interpretou um bobo da corte.

“Eu sonho em ser ator profissional. Há três anos, eu participo do FETA, pois gosto muito de atuar. Queremos, por meio do teatro, apresentar, de forma leve e engraçada, a nossa realidade. Já apresentamos a peça há três anos e ela continua sendo atual”, afirma Isaías, que concluiu o ensino médio no ano passado, mas continua fazendo parte do grupo teatral.

Estudantes da rede pública prestigiaram espetáculo Fotos Thiago Henrique 56

O começo - A ideia do grupo teatral surgiu de uma parceria entre o gestor da escola, na época, Sérgio Rocha, - atual gerente da 12º Gerência Regional de Educação (Gere) - e sua adjunta, professora Abilene Teixeira, hoje gestora da Escola Tabuleiro do Pinto. Abilene se diz emocionada e honrada com a apresentação dos alunos.

Apresentação do Grupo Teatral da Escola Tabuleiro do Pinto Fotos Thiago Henrique 50

“É um sonho realizado, um momento mágico que estamos vivenciando, eles se doam para dar o seu melhor e envolver a todos com a magia do teatro. Eu tenho muito orgulho de fazer parte dessa família que chamamos, carinhosamente, de ruralzinho”, conclui a gestora.

Abilene Teixeira gestoda da E. E. Tabuleiro do Pinto 2

O gerente Sérgio Rocha, um dos que atuaram na criação do grupo, conta que a arte cênica propiciou a melhoria da leitura e da dicção dos estudantes por meio dos textos e das apresentações. “A escola deve ultrapassar barreiras e o teatro ser salva vidas, ajudando crianças e adolescentes. Esse grupo foi criado na escola, e, desde então, tem conquistado prêmios”, explica.

Sérgio Rocha ex gestor da escola e gerente da 12 gere foto Thiago Henrique 1

Jennifer Maria, estudante da 1ª série do ensino médio, é uma das integrantes do grupo. Para ele, participar do teatro e levar a apresentação para o público é gratificante. “Participar do teatro é muito bom para os jovens, pois nos afasta de influências negativas e ajuda a desenvolver nosso potencial. Não pretendo seguir a carreira de atriz, mas gosto muito do que faço”, conta a estudante.

Jennifer Maria estudante da 1 série do ensino médio foto Thiago Henrique


Tags: Alagoas AL Arte e cultura Teatro