NOTÍCIAS

SNCT 12:25, 16 mai 2016 Estudante de Guiratinga vence concurso para logomarca da SNCT

Estudante de Guiratinga vence concurso para logomarca da SNCT
Foto: Seduc-MT

O estudante Guilherme Mateus do Nascimento, de Guiratinga, venceu o concurso de desenho que vai inspirar a logomarca da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2016), promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O jovem de 15 anos, aluno da Escola Estadual Maria de Lourdes Ribeiro Fragelli foi o único representante de Mato Grosso no certame.

Com o tema “Ciência alimentando o Brasil”, a disputa para definir a identidade visual da SNCT recebeu mais de 500 trabalhos, desenvolvidos por estudantes de diversas regiões do país. Computando 48,7% dos 17.671 votos totalizados, ou seja, 9.611 deles, o desenho vencedor traz o mapa do Brasil como terra fértil para uma planta em crescimento dentro de um balão volumétrico, que representa o suporte da ciência à produção alimentícia.

Guilherme conta que a sua mãe contribuiu com algumas sugestões durante a criação da obra. “Eu pensei em usar as cores do Brasil, pintar o mapa de verde e amarelo, mas ela disse que em se tratando de terra fértil talvez fosse melhor eu usar o marrom e segui sua orientação”, confidenciou o estudante, que pretende ser arquiteto ou engenheiro civil no futuro.

A logomarca será utilizada em materiais impressos e eletrônicos como cartazes, folders, placas, outdoors, sítios eletrônicos e outros, além de materiais promocionais como canetas, camisetas, bonés e brindes em geral, confeccionados pelo MCTI ou por qualquer outra instituição parceira, em todo o território nacional.

Reconhecimento

Além de um notebook e certificado oferecido pela empresa realizadora do certame, Guilherme recebeu o carinho e o reconhecimento da comunidade escolar. “Teve uma cerimônia de honra ao mérito aqui na escola – que é a única que oferece o Ensino Médio na cidade. Essa premiação é inédita por aqui, nunca teve algo parecido”, resumiu o garoto, ao admitir que já estava muito feliz por ter ficado entre os seis finalistas, mas vencer os concorrentes seria desafiador.

De acordo com ele, era grande a ansiedade para o resultado final, mesmo não acreditando que seria possível vencer - já que haviam concorrentes fortes e de cidades grandes, populosas, enquanto que Guiratinga é pequena, com cerca de 14 mil habitantes. “Aprendi que as boas ideias podem estar em qualquer lugar, é só dar espaço para elas. Sou criativo e gosto de desenhar”, frisou o estudante.

Finalistas

Em segundo lugar no concurso ficou a estudante Vitória Aparecida Amaral Silva, 13 anos, da Escola Municipal Machado de Assis, de Contagem (MG), com 4.356 votos, 22,1% do total. Ela desenhou uma árvore ladeada por um átomo e uma roda mecânica, que representam a ciência e a tecnologia, respectivamente.

Em terceiro lugar ficou Amanda da Silva Rodrigues, também com 13 anos, do Centro Educacional do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), de Brasília, que ilustrou o trabalho conjunto de um chefe de cozinha e um cientista, com uma estrutura de DNA projetada a partir de um prato de macarrão. A proposta recebeu 4.033 votos (20,4%).

Os outros três finalistas foram Gabriela Barbosa Rêgo, de Betim (MG), com 1.534 votos (7,8%); Lara da Silva Guzzo, de Cariacica (ES), com 143 (0,7%); e Vitor Emanuel Honorio Silva, de Vitória (ES), com 62 (0,2%).

A comissão de avaliação formada por professores e profissionais de comunicação seguiu os critérios estabelecidos no edital, como originalidade, criatividade, impacto visual, coerência com o tema, qualidade e apresentação, para selecionar os trabalhos. Os finalistas receberão certificados e um kit de conteúdo científico.

O evento

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e realizada nacionalmente desde 2004. A edição 2016 da SNCT ocorre entre os dias 17 e 23 de outubro.

O principal objetivo do evento é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia, valorizando a criatividade, a atitude científica e a inovação. Conta com a colaboração de ministérios, universidades, institutos de pesquisa, fundações de apoio à pesquisa, instituições de ensino, museus e centros de ciência, instituições privadas, além de secretarias estaduais e municipais, em especial de Ciência e Tecnologia e de Educação

Saiba mais sobre a SNCT​

Eliana Bess
Assessoria Seduc-MT


Tags: MT seducmt SNCT