NOTÍCIAS

Paraná 13:07, 8 mar 2016 Escolas voltam às aulas com foco na qualidade do ensino

Alunos verificam ensalamento no primeiro dia de aulas do Instituto de Educação Erasmo Pilotto, em Curitiba. No Colégio Estadual São Paulo Apóstolo, no bairro Uberaba, em Curitiba, o desejo dos alunos é que o ano letivo ocorra sem interferências. “Ficamos na expectativa de reencontrar os alunos que já estudam aqui e acolher os novos que estão chegando” - pedagoga Solange Terezinha Zeni.
Foto: Hedeson Alves/SEED-PR

Um milhão de estudantes voltaram às salas de aula na semana passada, dia 29, nas 2,1 mil escolas estaduais, para o início do ano letivo de 2016. O primeiro dia de aula é um momento especial para estudantes, professores e gestores e marca o início de um novo desafio.

“Pensamos o ano escolar de 2016 com foco nos nossos estudantes e no fortalecimento da gestão democrática nas escolas”, diz a secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres.

A volta às aulas representa uma fase especial para os estudantes do terceiro ano do ensino médio, que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares.

No Colégio Estadual São Paulo Apóstolo, no bairro Uberaba, em Curitiba, o desejo dos alunos é que o ano letivo ocorra sem interferências. Em 2015, o calendário escolar sofreu alterações devido às greves dos professores.

“Espero que 2016 seja melhor, porque o ano passado foi bem corrido. Começando sem nenhum imprevisto acredito que teremos uma boa preparação para os vestibulares”, disse a aluna Aline Sgarioni, 16 anos, do 3° ano.

Para o aluno Max Alexandre Lourenço, 16 anos, também do 3° ano, as aulas nesta última fase do ensino médio são fundamentais para o futuro. “Esse será o nosso último ano na escola e precisamos nos preparar bem para ter um bom desempenho no Enem e nos vestibulares”, lembrou Max, que estuda na escola há 11 anos.

Para a pedagoga Solange Terezinha Zeni, que trabalha na escola há 38 anos, o primeiro dia de aula é um momento especial. “Ficamos na expectativa de reencontrar os alunos que já estudam aqui e acolher os novos que estão chegando”, disse a funcionária.

PLANEJAMENTO – Mais de 100 mil profissionais da educação participaram, na semana passada, da Semana Pedagógica. Em três dias, gestores, professores, funcionários, pais e alunos discutiram o planejamento administrativo e pedagógico para o ano de 2016. As discussões tiveram como base o tema A Escola que Temos e a Escola que Queremos. Como Podemos Contribuir?.

Também houve espaço para os profissionais debaterem o planejamento pedagógico para o novo ano. “O foco da nossa discussão foi na qualidade de ensino. Discutimos os pontos em que podemos avançar para obtermos melhores resultados no processo de ensino e aprendizagem”, contou a pedagoga Lenice Amanda Kshesek, também do colégio São Paulo Apóstolo.

ESTRUTURA - As escolas estaduais começaram a receber, já na semana passada, a primeira remessa de alimentos para a merenda. São aproximadamente duas toneladas de alimentos não perecíveis que inclui itens como açúcar, arroz, cereais, biscoito, chá, ervilha, milho verde, feijão, macarrão. Nesta segunda-feira (29) foi feita a primeira entrega de carnes de frango, bovina, suína e filé de peixe.

Para o transporte escolar o investimento será de R$ 104 milhões, já incluída a cota extra de R$ 9 milhões para custear o transporte durante o período de reposição. O recurso é repassado pela Secretaria de Estado da Educação direto para as prefeituras que administram o transporte escolar.

As duas cotas extras para 2015 e 2016 (cada uma no valor de R$ 9 milhões), autorizadas pelo Governo do Estado, foram solicitadas no ano passado pelos prefeitos, para fazer frente às despesas extras geradas com as mudanças no calendário de aulas.

Tags: Paraná PR Volta às aulas