NOTÍCIAS

Roraima 11:48, 11 jun 2019 Escolas estaduais de Roraima contam com merenda de qualidade com entrega regular

Escolas estaduais de Roraima contam com merenda de qualidade com entrega regular

Mais de R$ 2,3 milhões em merenda foram distribuídos nas escolas indígenas e não indígenas do Estado

Por Edumar Junior 

Fotos: Ederson Brito

O Governo de Roraima abasteceu todas as escolas estaduais com merenda escolar de qualidade. Mais de R$ 2,3 milhões em merenda foram distribuídos nas escolas indígenas e não indígenas. Os alimentos são adquiridos do comércio local - a maioria da agricultura familiar -, o que garante uma merenda de qualidade e a valorização do produtor rural de Roraima.

O governador Antonio Denarium visitou, as instalações do DAE (Departamento de Apoio ao Educando) para fiscalizar o armazenamento e a distribuição dos alimentos para as escolas. Denarium explicou que garantir uma merenda escolar de qualidade é um compromisso do Governo.

“Desde 2005 a merenda escolar não era entregue nas escolas de forma regular. Em 2019, desde o primeiro dia de aula, as escolas foram abastecidas com arroz, feijão, macarrão, carnes, frango e peixes. além das frutas e verduras vindas da agricultura familiar”, disse.

Momento Histórico- O diretor do DAE, Naycon Rodrigues, explicou que todas as escolas da capital e do interior, indígenas e não indígenas, foram abastecidas e que essa entrega de alimentos entrou para a história de Roraima.

“Quem está atendendo no primeiro momento é a agricultura familiar. Temos o peixe, que pela primeira vez foi introduzido na merenda escolar e o frango desfiado. Essa é a primeira vez que o município do Uiramutã recebe produtos da agricultura familiar, um fato histórico para o Estado”, enfatizou. O Uiramutã fica à 315 km de distância da Capital Boa Vista, sendo um dos municípios mais distantes e com estradas de difícil acesso.

Em visita à Coophorta (Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros de Roraima), Denarium avaliou a qualidade das frutas e verduras que foram à região sul do Estado. Três caminhões carregados com os produtos da cooperativa foram complementar a merenda das escolas de outros municípios como São Luís, Rorainópolis, São João da Baliza e Caroebe.

“São 600 famílias de produtores que fazem parte dessa cooperativa. Todos os pagamentos em relação à parceria com o Governo do Estado estão em dia. Isso garante a entrega da mercadoria e o desenvolvimento da agricultura familiar”, explicou.

O produtor rural Crezival Neres, conhecido como Goiano do Taiano, disse que sem essa parceria com o Governo do Estado a agricultura familiar correria risco de acabar e que os produtores, que não têm outra fonte de renda, ficariam desempregados.

“Nosso mercado não consome toda a produção da agricultura familiar. Sem ter para quem vender, a nossa mercadoria iria estragar ainda na lavoura. Essas famílias que não teriam renda, iriam se mudar para as cidades em busca de emprego. Mas graças ao trabalho do Governo, a gente está produzindo e recebendo em dia, para investir na próxima produção”, comemorou.

Encerrando a fiscalização sobre a qualidade da merenda escolar, Denarium foi até a Escola Mario David Andreazza, no bairro Caimbé. O governador comeu junto com os alunos e pôde comprovar a qualidade da comida.

Gás garantido- Outra grande novidade para 2019 é a entrega de botijas de gás para as escolas. Há mais de três anos que o governo não fornecia o gás de cozinha para as unidades de ensino. A Vanuza Rodrigues, cozinheira da Escola Mario David Andreazza, lembrou que nos anos anteriores os funcionários faziam “vaquinha” para comprar o gás.

“Antes, o gestor comprava o gás. Quando não tinha, a gente pedia dos funcionários uma colaboração e tirava do próprio bolso, porque não podíamos deixar os alunos sem merenda. Hoje, a gente recebe o gás e, quando está acabando, basta solicitar que é entregue na mesma hora”, complementou.


Tags: Roraima RR