NOTÍCIAS

Pernambuco 15:17, 14 mai 2018 EREM Marechal Floriano Peixoto recebe projeto TVPE Escola

Foto:

A unidade de ensino é uma das três contempladas pela primeira edição do projeto

A Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Marechal Floriano Peixoto, em Olinda, recebeu, nesta sexta-feira (11), a terceira oficina do projeto TVPE Escola, uma parceria entre a TV Pernambuco e a Secretaria de Educação do Estado (SEE) que consiste em formações e consultorias gratuitas de audiovisual para estudantes de escolas públicas estaduais. Durante a tarde, os estudantes que participam da iniciativa assistiram aos filmes Recife Frio e Resistência Cultural do Alto José do Pinho e promoveram uma roda de diálogos.

As EREMs Beberibe e Nelson Barbalho também participaram do projeto. As três unidades de ensino vão receber encontros semanais durante dois meses. Neles, os 15 estudantes selecionados de cada escola receberão formações com diversos temas sobre o audiovisual, como técnicas de produção, filosofia da comunicação pública e conteúdo de TV pública. Ao final das oficinas, eles vão produzir, com seus respectivos dispositivos móveis, curtas que posteriormente serão divulgados nas redes sociais e veiculadas na TVPE.

Até o momento, os estudantes aprenderam técnicas de fotografia, como enquadramento, planos e composições, além de já terem produzido vídeos com técnicas de cinema. “Os alunos estão bastante receptivos ao projeto, que está sendo um sucesso nas escolas. E isso é fruto de um trabalho de inovação em educação, pois produzimos as aulas com uma linguagem que eles usam costumeiramente na vida fora dos muros da escola. Já está rolando materiais bacanas e estamos muito contentes com isso”, declarou Raphael França, educomunicador do projeto.

Micaele Thais, do primeiro ano do ensino médio da EREM, sempre sonhou em fazer cinema. Ao ser comunicada da participação da escola no projeto, ela foi uma das primeiras a se inscrever. “Eu fiquei muito animada, pois é o primeiro contato com o cinema de verdade que eu tenho. É uma oportunidade, também, de decidir se é isso que eu quero para a minha vida. O projeto pode abrir muitas portas fora da escola e eu estou muito entusiasmada”, disse.

Já Maria Clara Zírpoli, também do primeiro ano, quer aproveitar a sua espontaneidade e facilidade de comunicação na sétima arte. “Desde pequena eu sempre me identifiquei com o audiovisual. Sou muito comunicativa, expressiva e, a princípio, achei que me identificaria com o teatro, mas quando amadureci minhas ideias, percebi que tenho facilidade com filmagem, roteiro e direção. Oficinas como essas vão abrir muito meus horizontes”, acrescentou. 


Tags: Pernambuco PE Rede Estadual PE Educação Pernambuco TVPE Escola