NOTÍCIAS

Piaui 14:35, 23 jan 2018 ENEM: Alunos de escolas públicas do Piauí alcançam até 980 pontos na redação

Foto:

Com a divulgação das primeiras notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017, que estão disponíveis individualmente aos candidatos, começam a surgir notícias de ótimos resultados vindos da escola pública. Um deles é da estudante Thamara Ranielly, do Centro de Educação de Tempo Integral (CETI) Pedro Sá, de Oeiras, que conseguiu 980 pontos na redação.

Em 2017, apenas 53 alunos tiraram nota mil na redação do Exame, de acordo com o Ministério da Educação, que divulgou o resultado na manhã desta quinta-feira (18). O número representa uma queda no total, já que no ano anterior foram 77 notas máximas obtidas na prova. Neste ano, os candidatos escreveram sobre o tema "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

Durante todo ano de 2017, a Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc) trabalhou por uma boa educação, como também para preparar os alunos para o Enem. Foram feitas revisões com os melhores professores na capital e no interior, realizadas aulas pelo Canal Educação, correção online de redações produzidas pelos estudantes pelo aplicativo Pré-Enem, garantido o deslocamento dos alunos até o local de realização das provas, através do Passe Livre, entre outras iniciativas que garantiu ao Piauí a maior assiduidade dentre os estados brasileiros.

Thamara Ranielly fala da felicidade de alcançar 980 pontos na redação."Eu fico feliz em saber que todo o esforço valeu a pena. Sou muito grata ao apoio da minha família e de todo grupo gestor do Ceti Pedro Sá que contribuiu para essa nota, em especial, o diretor Edgar Sousa e a exímia professora de redação Ioneide Ferreira, que dedicou seu tempo a corrigir dezenas de redações em prol do sucesso dos seus alunos", comemora.

Os resultados desse trabalho intenso estão surgindo. Elaícy Granjeiro atribuiu sua conquista a qualidade do ensino ofertado em sua escola. A aluna pensa em cursar Direito.

"Amei estudar no Didácio Silva, essa escola foi o mais importante, pois se não fosse ela não teria conseguido esse desempenho. Apenas coloquei em prática o que aprendi lá nas revisões e aulas extras", confessa a aluna. Mais sete colegas de escola dela conseguiram acima de 900 pontos.

Outros bons resultados vêm do CETI José Alves Bezerra, de Monsenhor Hipólito. A Jovem Senadora do Piauí, Ana Letícia, conseguiu 900 pontos na redação e a aluna Sandy Bernarda conseguiu 920.

"Estou muito feliz pela conquista, tendo em vista ter sido algo pelo qual me esforcei muito. Acredito que irá me ajudar a realizar meu sonho que é cursar Letras Português. Estou imensamente agradecida a minha escola, meus pais e professores", destaca Sandy Bernarda.

A diretora do CETI José Alves Bezerra, Josefa Ilza, revela o temor dos alunos pela complexidade do tema da redação em 2017, mas segundo ela, o resultado foi muito positivo. "Conseguimos manter a nossa média de 2016, apesar da dificuldade desse último Enem. Então, esse resultado só comprova que o nosso trabalho está evoluindo e melhorando. O esforço e investimento no resultado no Enem deu certo", comemora.

Outro exemplo que o esforço para conseguir uma boa educação vale à pena vem do CETI Cícero Portela. Lá uma das maiores notas foi comemorada por uma estudante que reside em outro município e saia todos os dias as quatro da manhã de casa e percorria 30 KM.

"Um de nossos alunos que conseguiu a melhor nota na redação do ENEM foi a jovem Dayse Viana. Seus 860 pontos são ainda mais impressionantes pelas dificuldades que ela enfrentava para chegar a escola. Residindo no município de Nazária ela saia diariamente as quatro da madrugada de sua casa para não chegar atrasada. É uma das nossas dezenas de vitoriosas e vitoriosos", explica o diretor da Escola, Carlos Fortes.

"Disponibilizamos um aplicativo para o qual os alunos enviavam suas redações, que depois eram corrigidas pela nossa excelente equipe de professores, e enviadas de volta aos alunos em até 72 horas para que pudessem analisar quais seus pontos fracos e onde deveriam melhorar. Corrigimos cerca de cinco mil redações em 2017, que foi um ano experimental, e vamos trabalhar para fazer muito mais em 2018", afirma a secretária da Educação, Rejane Dias.

Seduc aguarda aprovações no Ensino Superior

Em 2017, equipes da Secretaria de Estado da Educação percorreram as 21 Gerências Regionais de Educação com revisões de auditório na capital e interior. "A Seduc vem disponibilizando aos nossos alunos os melhores professores, através do Pré-Enem Seduc que tem sido um sucesso em todo o Estado, com simulados, correções online de redação via aplicativo, chegando a 100 mil alunos atendidos pelo programa, se contarmos com os estudantes que assistiram as aulas transmitidas pelo Canal Educação, TV aberta e rádio. Garantimos o transporte dos estudantes nos dias do exame. Tudo isso para que os alunos tivessem condições de realizar uma boa prova", destaca secretária , Rejane Dias.

A secretária acredita que a tendência é que o número de aprovados no Enem 2017 aumente. "Nos últimos anos o Pré-Enem Seduc cresceu e com ele, cresceu também o número aprovados. Ano passado tivemos mais de 8 mil alunos da rede públicas aprovados no vestibular e isso nos orgulha muito. O sonho destes estudantes é ingressar na universidade e enquanto secretaria de educação estamos criando todas as condições para que este sonho se torne uma realidade".

A abertura das inscrições do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) foi antecipada. O prazo para que os participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tentem uma vaga à instituição pública de ensino superior de seu interesse será de 23 a 26 de janeiro.


Tags: PI Piaui ENEM Redação regiao nordeste