NOTÍCIAS

Tocantins 17:27, 26 out 2015 Embaixadora dos EUA visita Seduc e conhece projeto de Proficiência em Língua Inglesa

A embaixadora americana, Liliana Ayalde, ao lado do secretário Adão Francisco de Oliveira Embaixadora americana visita Secretaria de Estado da Educação do Tocantins Secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira Embaixadora dos Estados Unidos, Liliana Ayalde Indígenas participam da reunião com embaixadora dos EUA Secretário Adão Francisco de Oliveira Secretário entrega lembrança do Tocantins à embaixadora Secretário entrega lembrança do Tocantins à embaixadora Adão Francisco recebeu medalha do governo dos EUA
Foto: Elias Oliveira - Seduc Tocantins

Durante a visita, Liliana Ayalde conheceu projetos e ouviu experiências de alunos participantes do program Jovens Embaixadores

Depois de participar de reunião com o governador Marcelo Miranda, a embaixadora dos Estados Unidos, Liliana Ayalde esteve na sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Durante o encontro realizado com o secretário Adão Francisco de Oliveira e demais técnicos da Pasta, a embaixadora tomou conhecimento de como está sendo desenvolvido o projeto de Proficiência em Língua Inglesa, voltado para professores da rede estadual de ensino do Tocantins.

A reunião foi aberta com apresentação cultural realizada por alunos do Colégio Estadual Dom Alano e contou com a presença de representantes das etnias Xerente e Karajá, que estão participando dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas. Além disso, na sala de reuniões da Seduc, ex-alunos que participaram do programa Jovem Embaixador acompanharam o encontro e relataram suas experiências.

Na ocasião, o secretário apresentou à representante do governo norte-americano um panorama da Educação tocantinense. Em sua explanação, Adão Francisco destacou o estudo realizado que resultou na elaboração do Índice das Desigualdades Socioeducacionais (Idsed) do Tocantins. “É, para nós, uma imensa satisfação termos a embaixadora aqui conosco, discutindo a educação no Estado do Tocantins. Nós fizemos uma pesquisa científica que nos apontou que no Estado existe uma grande desigualdade socioeducacional”, disse.

Atualmente, o Tocantins conta com 526 escolas da rede estadual, nas quais estudam mais de 180 mil alunos de diversas origens e situações sociais. Neste contexto, Adão Francisco ressaltou a importância de se elaborar políticas públicas territoriais, nas quais a educação se torna uma importante ferramenta de superação de dificuldades. “A partir da elaboração de um conjunto de políticas públicas que levem em consideração as diferenças socioeconômicas e culturais de cada região do Estado, a educação passa a ter este papel de colaborar na superação de todas as dificuldades”, completou.

Para a embaixadora americana, ter a possibilidade de conhecer um pouco da realidade tocantinense possibilita ao governo de Barack Obama traçar estratégias de parcerias que possibilitem uma melhoria local, assim como o projeto de Proficiência em Língua Inglesa. “É muito importante para o embaixador conhecer toda a riqueza e diversidade cultural do Tocantins. Concordo que a educação é uma ferramenta muito importante de desenvolvimento social e ter essas parcerias para fortalecer técnicas de ensino da Língua Inglesa é muito importante”, destacou.

Proficiência

O curso de Proficiência em Língua Inglesa refere-se à formação continuada de professores, no que compreende a educação integral e humanizada. O objetivo é desenvolver juntamente com o corpo docente um estudo sobre o Letramento Crítico e elaborar atividades práticas e inovadoras para a sala de aula.

Os encontros de Estudos de Língua Inglesa são coordenados pela gerente de Desenvolvimento de Ensino Médio, Maristélia Alves dos Santos, pela assessora de Currículo de Língua Inglesa, Ana Cláudia Batista, e ministrados pela professora da Embaixada Americana Michele Gordon.

A primeira etapa do curso teve início em fevereiro de 2015 em Palmas, tendo a segunda etapa estendida para as Diretorias Regionais de Educação de Paraiso e Miracema, a partir de setembro. As aulas semanais são ministradas por meio de oficinas periódicas, com carga horária de 80 horas. Destas, 64 horas são presenciais e 16 horas ministradas na modalidade Educação à Distância (EAD).


Tags: Tocantins TO Seduc Adão Francisco de Oliveira