NOTÍCIAS

Prevenção 17:32, 27 out 2016 Educação oferece a servidoras exames de rotina na mobilização Outubro Rosa

Educação oferece exames básicos e orientações sobre prevenção Educação oferece exames básicos e orientações sobre prevenção Educação oferece exames básicos e orientações sobre prevenção Educação oferece exames básicos e orientações sobre prevenção Educação oferece exames básicos e orientações sobre prevenção
Foto: Josélia de Lima / Seduc Tocantins

A informação é a maior aliada do ser humano quando se refere à prevenção de todos os tipos de câncer

Josélia de Lima / Governo do Tocantins 

A informação é a maior aliada do ser humano quando se refere à prevenção de todos os tipos de câncer. Neste Outubro Rosa, em que diversas instituições estão fazendo mobilizações para a prevenção do câncer de mana, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) foi mais além, trouxe para a Sede, profissionais de saúde e ofereceu às servidoras orientações sobre o autoexame das mamas, aferição de pressão e medição da glicose. 

A secretária, professora Wanessa Sechim, explicou que na rotina do dia a dia as pessoas se esquecem de fazer os exames necessários. “Esse momento está sendo importante, porque a maioria dos servidores da Pasta é mulher. Achamos que o câncer de mama está distante, acontece com o nosso vizinho, e não conosco, mas é preciso ficarmos em alerta. Recomendo às servidoras que ainda não fizerem o exame de prevenção de câncer de mama, neste ano, que façam”.

Wanessa Sechim esclareceu que neste ano a mobilização do Outubro Rosa na Seduc tem como foco principal compartilhar informação. “As mulheres têm que se conhecer, saber identificar se estão ou não em grupos de risco e procurar orientação médica”, frisou.

Na Mobilização do Outubro Rosa, a Seduc promoveu uma palestra com Nayane Sousa Silva Santos, professora do magistério superior da Universidade Federal do Tocantins (UFT), e com a estudante do curso de Enfermagem da UFT, Hanayla Sousa Santos, aluna do 7º período. Elas compartilharam informações relevantes para a prevenção do câncer de mana.

Hanayla disse que gostou muito de estudar sobre a saúde da mulher e fez algumas considerações. “Nós nos preocupamos muito com a pele do rosto, com a estética e nos esquecemos de olhar o nosso corpo por inteiro, observar as alterações e nos cuidarmos mais”, ressaltou.

O câncer em números

Conforme os dados apresentados pela estudante Hanayla, no mundo, são notificados, a cada ano, um milhão e 50 mil novos casos e, desses, 450 mil levam à morte. No Brasil, são 57 mil e 960 novos casos identificados a cada ano.

Alguns fatores devem ser observados pelas mulheres como o uso do álcool, a nuliparidade (mulheres que não tiveram filhos), obesidade, idade, uso de contraceptivos, histórico familiar e reposição hormonal. “São itens que podem interferir no aparecimento da doença”, explicou a professora Nayane.

Outro fator importante que as mulheres devem prestar atenção e não exagerar com a realização de exames de raio-X. “A radiação presente nesses exames também contribui para o aumento dos casos de câncer”, alertou Nayane.

Mulheres atentas

As servidoras Luciene Siqueira Freitas e Elizete Gomes aproveitaram a ocasião para se informar mais sobre o assunto. “Essas ações são importantes, porque estamos tão envolvidos em nossas tarefas do dia a dia que deixamos de cuidar de nós mesmas”, comentou Elizete. “E também quanto mais cedo se descobre o câncer de mana, mais chance terá de cura”, lembrou Luciene.

A mobilização Outubro Rosa tem o objetivo de chamar a atenção para a realidade dos casos de câncer de mama e para a importância da prevenção.

Parceria universidade e Educação

A professora Teresinha Monteiro Neto Ribeiro, supervisora de estágio de Enfermagem da Faculdade Objetivo, comentou sobre a participação dos alunos na Secretaria da Educação, Juventude e Esportes. “Hoje os estudantes estão realizando esses procedimentos na Seduc e depois, em sala de aula, vamos realizar estudos de caso. Importante ressaltar que para termos saúde é necessário investir na educação”, disse Teresinha.



Tags: TO Seduc TO Prevenção Wanessa Sechim Outubro Rosa Cancer de Mama