NOTÍCIAS

Programa Tutoria Pedagógica 17:22, 8 mar 2018 Educação faz balanço do Programa Tutoria Pedagógica e expande suas ações no Tocantins

Foto:

Abrão de Sousa / Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc)  reuniu-se, na tarde desta quinta-feira, 8, em Palmas, para fazer um balanço das ações desenvolvidas pelo Programa Tutoria Pedagógica e apresentar proposta para sua ampliação no Tocantins.

A formação do programa Tutoria Pedagógica é intermediado pelo Consórcio de Governadores Brasil Central, em parceria com a Fundação Itaú Social. O objetivo é promover a formação em serviço de gestores escolares para melhorar os processos de ensino e aprendizagem.

Na reunião, foram apresentados os avanços alcançados pelo programa em 2017, além de recomendações de trabalho para 2018. Entres os avanços, destacam-se a apropriação, por parte da equipe de tutoras, da compreensão das estratégias de tutoria de facilitação e diretiva; investimento no aprimoramento das tutoras e apoio para que o grupo consiga de forma autônoma e sustentável desenvolver as formações em perspectiva de rede colaborativa; ampliação e aprofundamento metodológico que proporcionam uma aproximação com as habilidades de tutor e formador; e investimento e apoio à equipe na atuação como formadoras de formadores, visando a capilaridade do programa na rede.

Já as recomendações para este ano são a consolidação de um plano de formação, além de continuar investindo naquilo que foi considerado avanço durante as ações desenvolvidas nos anos anteriores.

Conforme Wanessa Zavarese Sechim, secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, “o Programa Tutoria Pedagógica atende as expectativas em relação ao foco da Proposta Pedagógica definida para a rede estadual do Tocantins: o ensino e a aprendizagem. O trabalho realizado, primeiramente nas diretorias de Miracema, Porto Nacional e Paraíso, foi produtivo. Vamos expandi-lo para Palmas. Assim podemos apoiar mais efetivamente nossos professores, para acompanhar, orientar e garantir o sucesso dos nossos alunos”.

De acordo com Roselene Souza, coordenadora do programa no Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds), o trabalho deve ser em rede de colaboração. “A formação continuada do gestor escolar deve servir para que ele possa expandir aos demais profissionais na escola. Tudo isso deve servir para que o gestor saiba gerenciar melhor pedagogicamente a unidade escolar”, afirmou.

Mônica Rocha, coordenadora do programa no Estado, destacou que os resultados influenciam de forma positiva. “Estou feliz com a extensão do programa para mais escolas. Ele influencia tanto na vida profissional quanto na pessoal dos técnicos, dos diretores e dos envolvidos nas unidades escolares, refletindo na aprendizagem do aluno”, comemorou.

Atualmente, 13 escolas fazem parte do Tutoria Pedagógica. Para este ano, a previsão é de que o programa seja estendido para outras 14 unidades de ensino, sendo oito em Palmas.

O trabalho de tutoria pedagógica deve utilizar todos os espaços existentes na escola como meio para a aprendizagem. No ano de 2017, foram atendidos pelo programa 3.448 alunos distribuídos nas diretorias regionais de educação, sendo de Paraíso, 1.751; em Porto Nacional, 1.181 e Miracema, 516.

Tutoria Pedagógica e suas dimensões

O programa Tutoria Pedagógica é uma parceria da Seduc com o Consórcio Brasil Central/Fundação Itaú Social e utiliza uma metodologia de formação para o diretor de unidade escolar no cotidiano da escola, fazendo com que o diretor reflita sua prática, no exercício da sua função. A previsão é realizar quatro formações ainda neste primeiro semestre.


Tags: Tocantins TO Programa Tutoria Pedagógica