NOTÍCIAS

Tocantins 15:01, 2 out 2017 Educação anuncia nomes dos tocantinenses semifinalistas para o Jovem Embaixador 2018

A professora Wanessa destacou o incentivo da Seduc à participação de estudantes em programas desta natureza Roberta Kelly falou sobre a experiência na Jornada Parlamentar Guilherme Gandara é o representante do Tocantins no Jovem Embaixador Brasileiro de 2017 A aluna tocantinense defendeu, na tribuna da Câmara dos Deputados, o projeto de lei sobre a formação de professores
Foto: Elias Oliveira / Governo do Tocantins

Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, anunciou, nesta segunda-feira, 2, os nomes dos quatro estudantes semifinalistas do Programa Jovem Embaixador (PJB) 2018. Um deles será escolhido para representar o Tocantins em intercâmbio nos Estados Unidos, de 13 de janeiro a 3 de fevereiro de 2018. Os outros três alunos participarão do Curso de Imersão da Língua Inglesa, em Brasília. Neste ano, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) registrou mais de 200 inscritos no processo seletivo do Jovem Embaixador.

Os candidatos do Tocantins que irão disputar a vaga no PJB 2018 são: César Sousa Silva, aluno do Colégio Estadual Adolfo Bezerra, de Araguaína; Eros Silvian Borges Coelho Teixeira, da Escola Estadual Dr. Joaquim Pereira Costa, de Gurupi; Gabriel Gomes Neves, do CEM Oquerlina Torres, de Guaraí; Maria Carolina Azevedo, do Instituto Presbiteriano Vale do Tocantins, Paraíso.

A professora Wanessa destacou a atuação da Seduc no incentivo à participação dos estudantes tocantinenses em iniciativas como o Jovem Embaixador e o Parlamento Jovem Brasileiro.  “Temos trabalhado muito no sentido de estimular a participação dos nossos alunos em programa como esses, que valorizam o comprometimento com os estudos, o protagonismo juvenil e o voluntariado. A Seduc é parceira do PJB e do Jovem Embaixador e de tantos outros projetos, porque eles valorizam o potencial dos alunos da rede pública e a relevância desses projetos é imensa para o crescimento dos nossos estudantes”, enfatizou.

Jovem Embaixador

Na oportunidade, o estudante Guilherme Gandara da Fonseca, o Jovem Embaixador do Tocantins em 2017, falou de sua experiência no programa. “Por três semanas, conhecemos a cultura americana e levamos um pouco da nossa para eles. Ter sido selecionado foi indescritível, ainda mais sendo aluno de escola pública de uma cidade pequena. Poder chegar aos Estados Unidos pelo meu mérito estudantil e atuação como voluntário é muito gratificante. Agradeço imensamente aos meus professores e minha escola que me incentivaram e acreditaram que eu era capaz”.  Na época da seleção, em 2016, ele era aluno do Colégio Estadual Lavandeira, do município de Lavandeira, localizado na região Sudeste do Estado.

O programa, idealizado pela Embaixada Americana e desenvolvido no Brasil em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), é destinado aos alunos da rede pública, com excelente desempenho escolar, domínio da língua inglesa e experiência em voluntariado.  O intercâmbio do PJB proporciona aos alunos conhecerem a capital dos EUA, Whashington e outras cidades, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Eles participam de reuniões com autoridades do governo Americano e líderes comunitários, visitarão escolas e projetos sociais, além de participar de atividades voluntárias. Por onde passarem, os estudantes brasileiros farão uma apresentação relatando diversos aspectos do Brasil. No retorno, os jovens embaixadores apresentarão planos de ação na área de voluntariado e terão a missão de implementar as ações nas comunidades onde vivem, ao longo do ano de 2018.

Parlamento Jovem Brasileiro

Na ocasião, a Deputada Jovem do Tocantins, Roberta Kelly de Jesus Macêdo, que retornou da jornada do Parlamento Jovem Brasileiro 2017, neste fim de semana, também contou aos servidores da Seduc sobre sua atuação, no período de 25 a 29 de setembro, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Ela é aluna do Colégio Estadual Professora Ranulfa, de Aurora do Tocantins.

“Esses foram dias de um incrível aprendizado. Ao conhecer de perto como funciona o trabalho dos deputados federais, passei por um processo de autoconhecimento e descobri um gosto pela política que eu desconhecia. Foi uma experiência enriquecedora saber que posso colaborar muito na mudança que eu busco para a minha cidade, para o meu Estado e meu país”, revelou.

A iniciativa da Câmara dos Deputados é apoiada, no Tocantins, pela Seduc e tem como objetivo oportunizar aos selecionados a vivenciarem numa Jornada Parlamentar, durante uma semana, em Brasília, com todas as despesas custeadas pelo programa. Para participar, os interessados elaboraram projetos de lei, sobre a realidade brasileira, observando problemas que precisam de solução, propondo possíveis alternativas em formato de proposição legislativa.

O projeto de lei da tocantinense tem como foco garantir a formação continuada para os professores das escolas públicas de todo o País. “O objetivo é oferecer atualização constante aos docentes. Com esse projeto, podemos melhorar o aprendizado e, consequentemente, os desempenhos dos alunos em provas como o Enem. Agradeço muitíssimo pelo apoio de todos que me incentivaram a participar deste projeto”, ressaltou.


Tags: Tocantins TO Jovem Embaixador