NOTÍCIAS

Santa Catarina 14:29, 2 abr 2018 Dia da Família na escola em Santa Catarina propõe apoio ao estudante para pensar projeto de vida

A proposta da criação do Dia da Família na Escola, que chega a seu segundo ano, surgiu da Campanha Pais pela Educação, lançada pelo Movimento SC pela Educação em 2014. “O estímulo ao estudante, ao ver seus pais presentes no ambiente escolar, reforça a importância que os mesmos dão para a educação", destacou Eduardo Deschamps
Foto: Divulgação

Celebrada em abril, a data convida familiares a participarem da vida escolar dos estudantes e auxiliá-los na escolha profissional

No Brasil, 46% dos pais e responsáveis por crianças em idade escolar dizem não dedicar tempo suficiente com a educação dos filhos. É isso o que mostra uma pesquisa da ONG global de educação Varkey Foundation feita em parceria com o Instituto Ipsos com 27 mil pais de estudantes de 4 a 18 anos em 29 países. Um dos estímulos para que essa realidade mude gradativamente vem por meio da lei proposta pelo Movimento Santa Catarina pela Educação que estabelece o Dia da Família na Escola. Este ano, ele será no próximo dia 7 de abril e vai propor uma reflexão sobre a importância do apoio da família na construção do projeto de vida pelos estudantes, ainda mais considerando os desafios do mundo do trabalho em constante transformação.

Todas as escolas municipais e estaduais, além da rede escolar da FIESC (SESI e SENAI), FECOMÉRCIO (SESC e SENAI), FAESC (SENAR) e FETRANCESC (SEST e SENAT), estão mobilizadas para promover ações educativas e recreativas alusivas ao tema. Entre as atividades que serão promovidas estão palestras com especialistas sobre projeto de vida e escolha profissional, ações de estímulo à leitura e oficinas de brincadeiras tradicionais.

“O comprometimento familiar é fundamental para o desenvolvimento do aluno. Pais mais próximos dos filhos e da escola influenciam o seu desempenho e ajudam-nos a viver com autonomia para traçar o próprio caminho. Os pais precisam estar preparados para auxiliar os filhos nas suas escolhas profissionais. Por isso, é essencial fortalecer o vínculo entre família e escola”, afirma o presidente da FIESC, Glauco José Côrte. Na indústria, ações promovidas pela FIESC sensibilizarão os trabalhadores a participar das atividades no dia 7.

O secretário de educação Eduardo Deschamps destaca que diversos estudos internacionais apontam a presença das famílias na escola como fator importante na garantia de sucesso do processo educacional de uma unidade escolar. “O estímulo ao estudante, ao ver seus pais presentes no ambiente escolar, reforça a importância que os mesmos dão para a educação. Ao mesmo tempo em que a equipe gestora da escola pode apresentar e receber um retorno direto dos pais sobre a evolução da aprendizagem de seus filhos. O dia da família na escola é um importante instrumento de incentivo para a participação dos pais no cotidiano escolar, não apenas neste dia, mas em todos os demais dias do ano”, comenta.

Para o presidente da Fecomércio, Bruno Breithaupt, o Dia da Família na Escola é uma iniciativa simples e que gera um ganho imensurável à comunidade escolar. “A ação fortalece o tripé escola - família - sociedade, base para um ensino de qualidade, que busca dialogar com os atores envolvidos no processo. É dessa forma, com uma educação de estrutura sólida e que mobiliza por um propósito maior, que almejamos oportunizar caminhos para que crianças e jovens possam construir seu futuro promissor”, salienta.

O presidente do Sistema FAESC, José Zeferino Pedrozo, considera que o evento vem reforçar a importância da presença da família na escola, seja no meio rural ou urbano. “Contar com o apoio e incentivo da família é fundamental para que o processo educacional ocorra de maneira exitosa. Além disso, a presença dos pais ajuda na melhoria do desempenho dos alunos, formando-os cidadãos conscientes de seu papel tanto na família como na sociedade. É fundamental também no meio rural, ampliando a qualificação dos produtores a fim de reforçar a importância da permanência no campo”, afirma.

“Em um período em que desejamos uma mudança comportamental, sobretudo na política brasileira, valorizar a educação de base é prospectar um País melhor. Quando formamos crianças com princípios sólidos, desde os ensinamentos de casa até os da escola, projetamos cidadãos de bem, capazes de proporcionar grandes transformações”, afirma o presidente da Fetrancesc, Ari Rabaiolli.

“A presença da família na vida escolar dos alunos deve ser constante. É uma das principais formas de garantir o aprendizado das crianças e adolescentes, pois a escola sozinha terá mais dificuldade de garantir a educação integral que todo estudante deve receber. O Dia Estadual da Família da Escola é importante para incentivar a comunidade fortalecer os laços entre os pais, alunos, professores e gestão da unidade educacional”, salienta o presidente da Undime-SC, Roque Mattei.

Dia da Família na Escola - A proposta da criação do Dia da Família na Escola, que chega a seu segundo ano, surgiu da Campanha Pais pela Educação, lançada pelo Movimento SC pela Educação em 2014. Um dos estímulos é uma pesquisa do Instituto Ayrton Senna, em parceria com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo a qual os estudantes que recebem apoio e atenção dos pais na sua vida escolar estão, em média, quatro meses à frente no aprendizado em comparação com os que não recebem essa atenção. O objetivo da iniciativa é estimular a participação dos pais na vida escolar dos filhos.

O Movimento SC pela Educação - Criado em 2012 como uma iniciativa da indústria, com o apoio das federações dos trabalhadores, o Movimento ganhou a adesão do comércio (Fecomércio-SC), da agricultura (FAESC) e dos transportes (Fetrancesc) e passou a se chamar em 2016 Movimento Santa Catarina pela Educação. A iniciativa tem apoio ainda de instituições públicas, como a Secretaria de Estado da Educação e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-SC). Seus principais desafios são proporcionar a todos os trabalhadores catarinenses a escolaridade básica completa até 2024 e formação profissional e tecnológica compatível com a função, com foco na educação para o mundo do trabalho e na articulação e influência social na educação de Santa Catarina. 


Tags: Eduardo Deschamps Santa Catarina SC Família